Jornalistas brasileiros foram os que mais morreram em 2016

Os jornalistas brasileiros são o maior grupo entre os 115 jornalistas mortos durante o exercício da profissão no ano passado. De acordo com levantamento feito pelo International News Safety Institute (INSI), instituto sem fins lucrativos dedicado a estudos sobre a segurança de jornalistas no mundo, a contagem inclui os 20 profissionais de imprensa que morreram no acidente com o avião da Chapecoense. Com isso, ao todo, 23 jornalistas brasileiros foram mortos em atividade.

Além disso, a tragédia ainda fez a Colômbia, país onde o avião caiu, ser o local com o maior número de mortes ocorridas, seguido de México e Afeganistão (ambos com 12), Iraque (11) e Rússia (9).

Das 115 mortes contabilizadas, 60 ocorreram em países que não estão em guerra, como Guatemala, Índia e Brasil. Segundo a diretora da INSI, Hannah Storm, a maioria das vítimas não era de jornalistas internacionais. “Poucos tinham o apoio de grandes veículos de notícias e a maioria morreu depois de combater adversidades insuperáveis, ameaças diárias e pressões constantes”, disse.



AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.


Anuncie Aqui!

(73) 9972-7955 || (73) 3013-6687
liberdadenews@hotmail.com
Copyright © 2017 LiberdadeNews - A Força da Notícia. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0