Composta por pessoas nascidas a partir de 2010, a Geração Alpha é primordialmente classificada por ser 100% nativa digital. Ou seja, os alphas já nascem praticamente sabendo, quase que institivamente, se virar muito bem com um celular. A nova realidade traz aspectos positivos e negativos no que se refere ao desenvolvimento dessa geração.

“Quanto aos aspectos positivos, pode-se citar o acesso rápido à informação, a facilidade em se comunicar com o que está longe, além da tecnologia poder ser usada em atividades pedagógicas e escolares”, comenta a professora do curso de Psicologia da FSG Centro Universitário, Joice Cadore Sonego. Para a profissional, se utilizadas de forma responsável, as ferramentas tecnológicas contribuem de maneira positiva para os processos de ensino-aprendizagem.

Também doutora em Psicologia pela UFRGS, Sonego alerta, no entanto, para a importância da interação “cara a cara” da criança com outras pessoas, pois as telas dificultam esse processo, além de não proporcionarem experiências fundamentais ao desenvolvimento emocional, como por exemplo, a possibilidade de se frustrar.

Assim como a geração conectada, as anteriores já vêm se adaptando cada vez mais ao mundo virtual. Em dados gerais, 215,2 milhões são mobile (utilizam smartphones), segundo a HootSuite.  Para que essa geração colha bons frutos, a principal dica é ter consciência do tempo de uso das tecnologias, tanto por parte dos filhos quanto por parte deles mesmos.

“Sabe-se que as crianças aprendem por imitação de modelos e, se a criança tem pais que não “desgrudam” do smartphone ou do tablet, como ela vai fazer diferente? Estamos todos imersos na tecnologia, mas os pais são os responsáveis por dosar esse uso por parte das crianças e oferecer às mesmas outras possibilidades de entretenimento e de convívio social”, conclui Joice Sonego,

Agência Educa Mais Brasil


Superação: conheça Levi, o psicólogo tetraplégico que

Um grave acidente tirou sua alegria de viver, mas a faculdade trouxe de volta o sentido da vida Algumas situações na vida são valiosos

Trabalho home office é medida preventiva contra o coronavírus

Órgãos de saúde recomendam que trabalhadores façam tarefas em casa Diante da pandemia do coronavírus, Covid-19, muitas pessoas começaram a

A escola CEO – Centro Educacional Onipotente implanta sistema de

Teixeira de Freitas: Em um mundo cada vez mais preocupado com a sustentabilidade e a preservação da natureza, evitar a poluição, economizar

Mulheres em vulnerabilidade social recebem capacitação profissional

O projeto faz parte de uma ação do Ministério da Educação em parceria com os Institutos Federais de Educação Profissional Institutos

Pandemia, epidemia e endemia: entenda a diferença

A OMS classificou o coronavírus (covid-19) como pandemia Até ontem (11), 118 mil casos do coronavírus, o covid-19, foram confirmados em 114

Top 10: confira as universidades brasileiras com mais mulheres na

Os dados foram extraídos a partir de análise holandesa É importante conhecer as universidades que incentivam e apoiam as mulheres na Ciência. Em

Governo defende que União participe com menos de 20% no Fundeb

Proposta da Câmara para novo fundo da educação básica prevê 20%. 'A gente precisa ir para a mesa de negociação', afirma secretário do Tesouro

Concursos abrem 15 mil vagas temporárias e efetivas na Bahia

Oportunidades contemplam diferentes níveis de escolaridade A semana começa repleta de oportunidades para quem deseja ingressar em cargos

OAB 2020: confira o calendário

Provas são aplicadas três vezes ao longo do ano Todos os anos, milhares de jovens fazem a prova da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB),

Confira aqui como se inscrever no concurso de desenho da Bandeira

Além de outros prêmios, os cinco melhores colocados irão ganhar um computador Estão abertas as inscrições para o 1º Concurso “Sua Arte no

Nossos Apoiadores: