Nesta edição, 123 instituições de ensino superior foram selecionadas

O Ranking de Universidades Empreendedoras 2019, divulgado na última semana, classificou como empreendedoras 123 universidades de todos os estados brasileiros. Realizado pela Brasil Júnior - Confederação das Empresas Juniores Brasileiras que representa quase mil empresas juniores e mais de 20 mil estudantes, deu o primeiro lugar para a Universidade de São Paulo (USP), com nota 7,36. Em seguida, vêm a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

 

De acordo com Renan Nishimoto, presidente da Brasil Júnior, o ranking busca analisar pontos que estão ligados ao estímulo de habilidades que serão necessárias para profissionais e cidadãos do futuro. “O estudo é uma oportunidade para que os estudantes tenham voz para expressar preocupações, objetivos e suas percepções sobre o ambiente educacional, a partir de aspectos ligados ao empreendedorismo”, pontua.

Além disso, Nishimoto também falou sobre a importância das Universidades Empreendedora extrapolar os muros da instituição e aplicar os conhecimentos adquiridos na sala de aula para toda a sociedade. “O empreendedorismo nas universidades incentiva a proatividade para resolver problemas, assumir riscos e aproveitar oportunidades. As instituições que estimulam essas competências permitem aos alunos explorar habilidades, conhecimentos e atitudes essenciais a uma cultura empreendedora”, conclui.

O índice enumera as universidades mais empreendedoras do país e busca compreender quais práticas incentivam a inovação nas instituições de ensino superior. Para isso, os requisitos utilizados na classificação são: inovação, extensão, cultura empreendedora, capital financeiro, infraestrutura e internacionalização.

Confira o ranking abaixo:

  • Universidade de São Paulo (USP) - 7,36
  • Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) - 6,71
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) - 5,83
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) - 5,47
  • Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) - 5,41
  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) - 5,19
  • Universidade Estadual Paulista (Unesp) - 5,14
  • Universidade de Brasília (UnB) - 5,05
  • Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) - 4,98 / Universidade Federal de Viçosa - 4,98

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Flexibilização do ano letivo: MP é prorrogada pela Alcolumbre

O presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) publicou ato no Diário Oficial da União (DOU) que prorroga por 60 dias a

Ano letivo não será cancelado, garantiu Governador da Bahia

Em conversa com imprensa do recôncavo baiano e região baixo sul, nesta quinta-feira, 28, o governador Rui Costa afirmou que o ano letivo dos

Há necessidade de recursos para educação alertam secretários

Consed manifesta preocupação com redução do gasto público Em nota técnica, o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) alerta

Alimentação escolar: Agricultura Familiar é tema de seminário

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) foi tema do último dia do seminário virtual “Parceria mais forte, juntos para alimentar”,

Covid-19: MEC suspende pagamento de parcelas do Fies

Medida vale enquanto durar o estado de calamidade pública O Comitê Gestor do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) autorizou a suspensão das

Último dia para fazer as inscrições para o Enem é nesta quarta

MEC estendeu o prazo previsto no edital até o dia 27. Estudantes devem acessar a Página do Participante e tem até quinta (28) para pagar taxa O

Inadimplência cresce em instituições de ensino superior

Dados mostram que 26,3% estão com mensalidades atrasadas A taxa de inadimplência nas instituições privadas de ensino superior ficou em 26,3%

SISU 2020.2: MEC inclui oferta de vagas para cursos a distância

As alterações passam a valer já para o processo seletivo do segundo semestre O Ministério da Educação (MEC) publicou uma portaria alterando as

Sisu oferecerá vagas em cursos de ensino a distância

As vagas são oferecidas com base nas notas do Enem O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ofertará, a partir do segundo semestre, vagas para

Enem 2020: plataformas on-line e gratuitas liberam conteúdos

Conteúdos auxiliam os estudantes em diversas disciplinas Com o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, sem novas

Nossos Apoiadores: