Candidatos devem acessar sistema do Fies para acompanhar a pré-seleção

Todos os candidatos que se inscreveram no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e não foram selecionados, constam na lista de espera em ordem de colocação, e ainda podem ser convocados. A chamada é válida apenas para a modalidade Fies.

O período de convocação vai até 31 de março. O acompanhamento pode ser feito por meio do sistema do Fies. A plataforma é utilizada para notificar a convocação dos candidatos. São diversas chamadas ao longo do período de pouco mais de um mês.

De acordo com O Ministério da Educação, os participantes aprovados na lista de espera devem complementar as informações no sistema em até três dias úteis, contados do dia seguinte ao da divulgação da seleção. “O candidato deve informar valor a ser financiado e dados bancários, do curso, do fiador e do seguro para pagamento de dívida em caso de morte”.

As informações prestadas no sistema devem ser validadas, em até cinco dias, na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento da instituição de ensino na qual o candidato fará o curso. Podem ser solicitados mais documentos ou, em caso de tudo estar correto, o candidato recebe o Documento de Regularidade de Inscrição (DRI), que serve para formalizar a contratação do financiamento.

Com o documento em mãos, o próximo passo é ir, em até 10 dias — contados a partir da data de emissão do DRI —, à agência da Caixa Econômica Federal escolhida na hora da inscrição. A formalização do contrato de financiamento é feita nesse momento.

Pagamento

O estudante que contratou o Fies começa a pagar o financiamento estudantil a partir do primeiro mês após a conclusão do curso. Caso o estudante esteja empregado, a parcela é descontada em folha de pagamento. Se estudante não tem renda durante o pagamento da dívida, o financiamento será quitado em prestações mensais equivalentes ao pagamento mínimo, de acordo com regulamento do programa.

O financiamento respeitará a capacidade de pagamento do estudante. A estimativa é que a dívida seja quitada em um prazo de 14 anos. A taxa efetiva de juros do Fies para estudantes que se enquadrem na modalidade Fies será de juros zero.

Fies e P-Fies

O programa é dividido em duas modalidades. Fies a juros zero para quem mais precisa (renda familiar de até três salários mínimos por pessoa) e o Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies), para renda familiar per capita de até cinco salários mínimos. Não há lista de espera para o P-Fies.

A taxa efetiva de juros do Fies para estudantes que se enquadrem na modalidade Fies será de juros zero. Para alunos que se enquadrem no P-Fies, dependerá das taxas estipuladas pela instituição financeira — privada ou banco regional de desenvolvimento.

Fonte: Agência Brasil

Instituto Legado seleciona mulheres negras para bolsas em curso MBA

Edital está aberto; as vagas são para formação EAD Em parceria com a Universidade Positivo, o Instituto Legado selecionará três mulheres

Usuários do Fies podem pedir suspensão das parcelas 

Solicitação já pode ser feita por quem estava com os pagamentos em dia. Alunos com atraso devem aguardar. Autor do PL esclarece as principais

Cursos de qualificação profissional têm alta demanda na pandemia

Senai registrou mais de 1 milhão de matrículas em plataforma online A procura por cursos de educação a distância tem aumentado durante a

Escolas municipais do país podem perder até R$ 31bi do orçamento

A estimativa é do movimento Todos pela Educação e do Instituto Unibanco em razão da previsão de uma arrecadação de impostos menor por causa da

Parlamentares debatem Fundeb e desafios da educação no

Votação no Senado foi marcada para a semana do dia 18 Ao participar hoje (4|) de reunião da Comissão Mista do Congresso Nacional que acompanha

Resultado da segunda chamada do Prouni já está disponível

Estudantes devem acessar página do Prouni na internet O Ministério da Educação divulgou hoje (4) as listas dos estudantes pré-selecionados na

MEC prorroga normas para realizações de cursos técnicos em IFs

Em nova decisão, o Ministério da Educação (MEC) autorizou aulas a distância ou a suspensão temporária para atividades de instituições

Ensino Superior, Educação, Educação Superior, Curso à

Matrículas nessa modalidade cresceram 145% Flexibilidade para estudar quando e onde quiser, economia com material didático e transporte, e

Procura por graduação a distância aumenta na pandemia

O Mapa do Ensino Superior no Brasil 2020 apontou crescimento de 145% nas matrículas em cursos de graduação a distância, entre 2009 e 2018. O

Sesab abre processo seletivo com vagas em administração e direito

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) irá contratar 30 profissionais das áreas de ciências jurídicas (28) e administração (2)

Nossos Apoiadores: