Estágio terá carga horária diária de seis horas

O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) lançou hoje (24) um programa voltado para a capacitação e oferta de estágio para estudantes do ensino médio. Levantamento realizado no banco de cadastro do CIEE, aponta a existência de cerca de 524 mil jovens no ensino médio e técnico elegíveis para o programa. De acordo com a instituição, a expectativa é que sejam realizados 500 contratos mensais no programa, batizado de Jovem Talento CIEE.

“A iniciativa representa a oferta direta de mais oportunidades para os jovens - faixa etária mais afetada pelo desemprego - e também combate a evasão escolar, já que para participar do programa será necessário estar matriculado em uma instituição de ensino”, disse o CIEE.

O programa é válido para os estados da Região Norte, Nordeste (exceto Pernambuco), Centro-Oeste e São Paulo. As empresas interessadas em ofertar vagas nesta modalidade podem fazer contato diretamente com um consultor do CIEE nestes locais.

O estágio dos estudantes terá carga horária diária de seis horas, das quais uma será reservada para capacitação à distância (EAD) na própria empresa.

O CIEE informou que os cursos online serão divididos em Administração, Comércio e Varejo, Contabilidade e Finanças e Tecnologia, que poderão ser personalizadas de acordo com a necessidade das empresas parceiras. Todas contam com carga horária de 480 horas e visam desenvolver habilidades técnicas, comportamentais e valores humanos.

“A evolução de cada estagiário será acompanhada por um gestor da empresa, e um tutor do CIEE estará disponível para auxiliar com dúvidas. Por sua vez, o estagiário também terá a possibilidade de avaliar o conteúdo dos cursos e de sua experiência na empresa”, disse o CIEE.

As empresas podem tirar dúvidas a respeito de vagas e como aderir ao programa por meio do número 3003-2433, ligação local, sem necessidade do DDD.

Segundo o diretor presidente do CIEE, Humberto Casagrande, a iniciativa auxiliará jovens vulneráveis, grupo que tem sofrido de maneira severa os efeitos da crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

“Capacitação e oportunidades no mundo do trabalho são fatores que assombram há muitos anos os jovens brasileiros. Essa iniciativa é uma maneira de minimizar números de desalentados no nosso país, e, não só isso, será possível também combater a evasão escolar”, disse.

Fonte: Agência Brasil

MEC discute novas formas de avaliar ensino superior

Indicadores foram divulgados hoje pelo Inep O Ministério da Educação (MEC) discute novas formas de avaliar o ensino superior, e pretende

'Aglomerações em comícios impediram o retorno das aulas' diz

O governador Rui Costa (PT) afirmou, em live em uma rede social na noite desta terça-feira, 20, que a retomada das aulas foi adiada por conta das

MEC troca coordenação-geral de implantação das escolas

Tenente-coronel Marcos Aurelio Zeni deixa o cargo. Freibergue Rubem do Nascimento, coronel do Exército que já foi secretário interino de

Decreto que proíbe aulas e eventos na Bahia é prorrogado

O decreto estadual que determina a proibição das aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada e eventos com mais de 100 pessoas,

Inscrições para vagas remanescentes do Fies estão suspensas

Novo cronograma será divulgado em edital específico O Ministério da Educação (MEC) vai prorrogar o prazo para inscrições em vagas

MEC reconhece 27 cursos de graduação

Vagas são em instituições públicas e privadas O Ministério da Educação (MEC) reconheceu hoje (8), por meio de portaria, 27 cursos

Enem: estudantes terão dia 08/10 para inserir foto no sistema

Candidatos tiveram problema para inserir foto no sistema e agora terão até 8 de outubro para atualizar o perfil O Instituto Nacional de Estudos

Maioria das universidades federais retoma aulas remotas

Universidades têm autonomia para avaliar as melhores decisões Após um período com a maior parte das aulas suspensas por conta da pandemia do

Governo propõe retirar R$ 1,4 bi da Educação

Educação terá a maior perda entre os ministérios, se proposta for aprovada. Texto libera cerca de R$ 3,2 bilhões para obras federais em estados

Redes públicas de ensino registram 36,1 milhões matrículas

Dados são do Censo Escolar da Educação Básica 2020 O Ministério da Educação (MEC) divulgou hoje (1º) os dados preliminares do Censo

Nossos Apoiadores: