O estudo, divulgado pela entidade Campanha Nacional pelo Direito à Educação, prevê que desigualdade social pode crescer nos próximos anos se gastos públicos na área educacional forem reduzidos.

Um estudo que analisou investimentos públicos na educação brasileira entre 2001 e 2015 indica que os recursos aplicados na área contribuíram para distribuir renda no país e diminuir desigualdade social.

Em valores não corrigidos pela inflação atual, o investimento por estudante na educação básica passou de R$ 899 em 2000 para R$ 7.273 em 2015, enquanto o da educação superior foi de R$ 8.849 para R$ 23.215.

Os pesquisadores examinaram os impactos desses investimentos públicos na área ao analisar medidores de desigualdade do período, como o índice de Gini. O estudo diz que os aportes destinados à melhoria da educação brasileira são um dos fatores (que incluem também programas sociais) para redução da desigualdade, problema apontado como característico da sociedade brasileira.

O levantamento foi produzido pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação, pelo Centro de Defesa da Criança e do Adolescente do Ceará e o Centro de Estudos sobre Desigualdade e Desenvolvimento da Universidade Federal Fluminense em parceria com a ONG Oxfam Brasil e a Campanha Latino-Americana pelo Direito à Educação.

Apesar de a pesquisa ir até o ano de 2015, os autores expressam preocupação sobre a diminuição de recursos para a área educacional.

Usando dados do sistema de informações sobre orçamento público federal, eles apontam queda de 8,8% nos recursos destinados ao Ministério da Educação nos últimos cinco anos. A conclusão é de que o enxugamento de recursos se refletirá em aumento da desigualdade de renda.

Fonte: G1

Plataformas de educação preparam estudantes para o Enem 2021

Pesquisa apurou que entre 10 candidatos do Enem sete não se sentem preparados para participar do exame Uma das principais portas de entrada do

Músicos compartilham ensinamentos através da arte

Professor recorreu à ludicidade com música e literatura para chamar a atenção dos alunos O amor pela educação e pela música despertou no

Enem 2021: termina nesta sexta (18) prazo para pedir recurso contra

Hoje (18) é o último dia para estudantes solicitarem recurso contra o indeferimento da isenção da taxa de inscrição no Exame Nacional do Ensino

Universidade de Orlando oferece curso gratuito em português para

Mais de 50 horas de conteúdo estão sendo disponibilizadas A Full Sail University, universidade norte-americana localizada em Orlando, está

Inscrições para o Enem 2021 iniciam em 30 de junho

Saiba o que é solicitado e como realizar a sua inscrição para o exame O início das inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

Pesquisa aponta que mais estudantes pensam em desistir dos estudos

Brasileiros com idades entre 15 e 29 anos somam 43% dos estudantes que já pensaram em abandonar as aulas Divulgada nesta semana, a pesquisa

Evento virtual celebra os 38 anos da UNEB

A Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) realizouo um ato virtual na manhã desta quinta-feira, 10, para celebrar o aniversário de 38 anos da

Enem Digital 2021 terá recursos de acessibilidade

Ao todo, serão 101.100 vagas, diz Inep A versão digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 terá recursos de acessibilidade

Encerra amanhã (11) o prazo para inscrições no Revalida 2021

A aplicação da primeira prova será no dia 5 de setembro, em oito cidades brasileiras Profissionais interessados em se submeter ao Exame Nacional

Superação marca trajetórias de enfermeiros formados com bolsas de

Políticas de inclusão educacional foram a injeção de ânimo de muitos profissionais de sucesso Muito tem se falado nos heróis da pandemia,

Nossos Apoiadores: