Classificação foi confirmada após bater Ilhas Virgens na penúltima rodada das Eliminatórias das Américas

A seleção brasileira masculina de basquete estará no Mundial da China. Na quinta-feira (21), a equipe confirmou vaga na competição ao vencer Ilhas Virgens pela penúltima rodada das Eliminatórias das Américas. Mesmo atuando no UVI Sports and Fitness Center, em Saint Thomas, os comandados de Aleksandar Petrovic levaram a melhor por 104 a 80.

Com o resultado, o Brasil chegou à oitava vitória em 11 jogos no Grupo B, na terceira posição. Mesmo que perca para a República Dominicana segunda-feira (25), fora de casa, o país será ao menos o melhor quarto colocado entre as chaves. O desempenho garantiu a seleção em seu 18º Mundial, em 18 disputados, e serviu para apagar a péssima impressão deixada em 2014, quando a equipe só disputou a competição graças a um convite da Federação Internacional de Basquete (Fiba).

Em quadra, o Brasil levou um susto no primeiro quarto diante de uma atuação inspirada de Georgio Milligan, que comandava a pontuação do adversário. Com uma defesa perdida e um ataque estagnado, o prejuízo só não foi maior graças às boas atuações de Alex e Vitor Benite, que, juntos, marcaram 18 dos 20 primeiros pontos da seleção.

Depois de vencer por apenas dois pontos o primeiro período, o Brasil deslanchou no segundo. Benite assumiu a marcação de Milligan e o ofuscou. Sem outra alternativa ofensiva, o time de Ilhas Virgens cedia contragolpes fáceis ao adversário, que viu Leandrinho brilhar. A seleção disparou e foi para o intervalo com 14 pontos de vantagem.

A partir daí, foi só administrar. Depois de um breve cochilo no início do terceiro período, no qual a diferença foi reduzida, a seleção voltou a encaixar a defesa e distribuir bem a bola no ataque. Didi e Marquinhos apareceram na linha de três e a vantagem foi aumentando.

Com o confronto decidido, Marquinhos assumiu o protagonismo. Inspirado, o ala do Flamengo acabou com qualquer tentativa de reação de Ilhas Virgens, e o quarto período virou apenas questão protocolar. O fim do jogo trouxe a festa dos jogadores brasileiros e da comissão técnica.

O grande destaque da vitória brasileira foi mesmo Marquinhos, autor de 22 pontos e nove rebotes. Benite contribuiu com 20, enquanto Leandrinho marcou 19 e Didi, 15. O cestinha, porém, foi Milligan, autor de 25 pontos.

Fonte: Estadão Conteúdo


Vitória quita salários dos funcionários; atletas recebem 50%

Os funcionários do setor administrativo do Vitória tiveram seus salários referente ao mês de fevereiro quitados nesta quinta-feira (21), de

Tite testa novidades na Seleção em primeiro treino

Pela primeira vez com todo o grupo à disposição, na preparação para o amistoso contra o Panamá, o técnico Tite testou uma formação titular

Ferrer se despede do tênis e se emociona: 'Feliz de ser exemplo'

A carreira de David Ferrer no tênis está chegando ao fim. Na noite desta quarta-feira (madrugada de quinta no Brasil), o espanhol de 36 anos se

Tite anuncia Vinicius Junior entre os convocados da Seleção

O técnico Tite anunciou nesta quinta-feira, 28, a lista dos atletas convocados para os amistosos da Seleção Brasileira contra Panamá e

Time B do Bahia pega Jacuipense em busca da ponta do Baianão

Vindo de dois empates amargos fora de casa - 0 a 0 contra o Liverpool, do Uruguai, pela Sul-Americana e 2 a 2 com o Fortaleza pelo Nordestão - o

Vitória recebe Atlético para se manter na liderança do Baianão

Salvador já está em ritmo de festa há alguns dias, mas o ‘Bloco dos Rubro-Negros’ ainda tem um compromisso oficial antes de começar a

Judoca Mayra Aguiar fatura ouro e Brasil fica em 2º em Düsseldorf

O Brasil encerrou sua participação no Grand Slam de Düsseldorf em alta. Neste domingo, a judoca Mayra Aguiar conquistou a medalha de ouro na

Flamengo quer indenizar em dobro as famílias vítimas do incêndio

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, disse neste domingo, 24, que a intenção do clube de futebol é indenizar as famílias dos dez

Surfe: Jadson André bate Medina e fatura título no WQS de Noronha

Surfista passou por Medina nas quartas de final. Na decisão, encarou o também brasileiro Yago Dora e venceu numa virada emocionante no final O

Origem da vida: LUCA, o antepassado dos seres vivos da Terra

E se pudéssemos fazer a árvore genealógica de toda a vida na Terra? Imagine que essa árvore seja grande o suficiente para que consigamos

UAI Brasil
O teixeirão 2018
Connect Informática
Nossos Apoiadores: