O torcedor do Vitória tem motivos de sobra para acordar feliz nessa manhã de sábado, 12. Além de ver o time vencer o Cuiabá, por 3 a 1, fora de casa, na noite desta sexta-feira, 11, ele ainda contou com tropeços dos rivais diretos na luta contra o rebaixamento. A combinação faz com que o Rubro-Negro termine a 28ª rodada com 32 pontos, na 15ª posição.

Jordy Caicedo, duas vezes, e Everton Sena, marcaram os gols que confirmaram o segundo triunfo seguido do time. O Leão agora se prepara para visitar o Criciúma, que ainda entra em campo neste sábado, e se vencer fica só um ponto atrás do Rubro-Negro.

Poucas ideias

Os jogadores do Vitória foram para o gramado da Arena Pantanal com o time na zona de rebaixamento. Isso porque o Vila Nova já tinha entrado em campo e empatado com o Atlético-GO. O resultado jogou uma pressão maior para o Rubro-Negro, que demorou para se encontrar na partida.

A primeira chance de gol foi do Cuiabá e aconteceu depois de um erro individual. Baraka foi desarmado quando tentava sair com a bola dominada no campo de defesa e permitiu que Felipe Marques fizesse o cruzamento rasteiro para Rodolfo. O camisa nove chutou de primeira e mandou por cima do gol.

O lance se repetiu ao 17 minutos. Mais uma vez Felipe Marques avançou pelo lado direito e cruzou rasteiro para Rodolfo. Agora o centroavante dominou, girou e chutou forte para uma boa defesa de Martín.

A primeira finalização rubro-negra só foi aconteceu aos 20 minutos, ainda assim, o chute de Léo Gomes não gerou perigo ao adversário. O Leão sentia falta de jogadores mais criativos na fase ofensiva e sofria para construir jogadas com o meio-campo repleto de volantes: Baraka, Léo Gomes, Lucas Cândido e Romisson.

O cenário ficou mais complicado quando o árbitro marcou pênalti de Baraka em Rodolfo. O Próprio camisa nove foi para cobrança e chutou forte, no alto, sem chances de defesa para Martín. Aos 26 minutos, estava aberto o placar na Arena Pantanal.

Na saída de bola o Leão se mandou para o ataque e por pouco não conseguiu o empate imediato. Victor Souza cortou mal o cruzamento de Carleto e a bola sobrou para Romisson. Ele dominou e chutou forte, mas acertou a rede pelo lado de fora.

O Rubro-Negro só voltou a levar perigo nos minutos finais. Aos 45 Carleto cobrou falta e o goleiro Victor Souza quase ‘engoliu um frango’ incrível. No lance seguinte o arqueiro se redimiu e fez uma linda defesa para evitar que a cabeçada de Ronaldo chegasse ao fundo das redes.

A virada

Geninho aproveitou o intervalo para deixar o time mais ofensivo e colheu os frutos da mudança já no primeiro minuto. Chiquinho, que entrou no lugar de Baraka, deu passe para Caicedo. O equatoriano invadiu a área e tocou na saída do goleiro para deixar tudo igual na Arena Pantanal.

O gol deu confiança para o Vitória. O time continuou no ataque e conseguiu a virada aos 14 minutos, em jogada de bola parada com Carleto. O lateral, famoso pelo chute forte, fingiu que iria mandar uma bomba, mas no último instante cruzou a bola na medida para Everton Sena cabecear e balançar as redes.

A mudança no cenário do jogo obrigou o Cuiabá a voltar ao ataque, setor do campo que o time tinha abandonado depois de abrir o placar, ainda no primeiro tempo. Os donos da casa foram para o abafa e exigiram boas defesas de Martín.

Ao partir com tudo na busca do empate o Cuiabá deixou espaços lá atrás e por pouco não sofreu o terceiro. Aos 33 Caicedo e Jonathan Bocão puxaram contra-ataque que terminou em finalização do lateral e defesa de Victor Souza.

Aos 42, no entanto, não teve jeito. Caicedo arrancou do campo de defesa, não foi parado por ninguém, marcou seu segundo gol na noite de ontem e colocou números finais na partida.

Fonte: Atarde

Porto Seguro divulga regras para reabertura de academias

A prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, assinou, na tarde de sexta-feira (29), o decreto 10.823/20, que mantém, até 14 de junho, a

Homens X mulheres: Lista mostra diferença de pagamentos no esporte

Osaka e Serena são as únicas mulheres entre 100 atletas mais bem pagos Apenas duas mulheres estão no privilegiado grupo dos 100 atletas mais

Governo autoriza treinos presenciais dos times a partir de segunda

Mesmo sendo o Estado nordestino com mais casos de Covid-19, com 37.821 casos e 2.733 mortes confirmadas, de acordo com a Secretaria de Saúde do

Força mental pode contar a favor do judô brasileiro na Olimpíada

Técnica da seleção masculina elogiou atitude de atletas na pandemia No comando da seleção brasileira masculina de judô desde 2018, a sensei

Conor Mcgregor aceita 'super luta' proposta por Anderson Silva

Uma das maiores lendas do MMA, o brasileiro Anderson Silva poderá realizar uma das lutas mais inesperadas da história. Apontado como o maior

Covid-19: grupo McLaren planeja demitir 1.200 funcionários

Desligamento atingirá cerca de 25% do total de trabalhadores Doze dias após perder o piloto de Fórmula 1 Carlos Sainz para a Ferrari que o

Basquete: Fiba propõe ações para retomada das ligas nacionais

Para federação, testes e orientações devem ser prioridades Uma série de orientações a serem seguidas para a retomada das ligas nacionais de

Vôlei: Fofão é eleita 3ª melhor estrangeira da Champions League

Ex-jogadora brasileira conquistou ouro olímpico Campeã nos Jogos de Pequim (2008) e bronze nos de Atlanta (1996) e Sydney (2000), a levantadora

Ex-técnico de Bahia e Vitória, Vadão morre aos 63 anos

Treinador lutava contra um câncer no fígado Técnico com passagens por Bahia, Vitória e seleção brasileira feminina, Oswaldo Fumeiro Alvarez,

Presidente do UFC planeja eventos em misteriosa 'Ilha da Luta'

Dana White diz que vai levar octógono para 'praia', em junho e julho Sem uma data prevista para liberação de eventos esportivos em Las Vegas,

Nossos Apoiadores: