Apresentadora da TV Bahia disse acreditar na recuperação das pessoas, mas que 'ele deve voltar a trabalhar, mas não como ídolo'

A jornalista baiana Jéssica Senra, apresentadora da TV Bahia, se posicionou contra a posssível contratação do goleiro Bruno pelo time Fluminense de Feira e deu o que falar na web (assista posicionamento abaixo). Durante o Bahia Meio Dia desta segunda-feira (6), a jornalista levantou um debate sobre moral e convocou os ouvintes à reflexão. Sua fala foi compartilhada no Instagram e acabou viralizando nas redes sociais, gerando discussão.

"Desejamos e precisamos que pessoas que cometem crimes tenham a possibilidade de refazer suas vidas, mas diante de um crime tão bárbaro, tão cruel, poderíamos tolerar que o feminicida Bruno voltasse à posição de ídolo? Que mensagem mandaríamos à sociedade? Atletas são referências. Contratar para um time de futebol um assassino, um homem que mandou matar a mãe do seu filho, esquartejar, dar o corpo para os cachorros comerem é um desrespeito. É um desrespeito a nós mulheres", disse a apresentadora. Ela também compartilhou um texto junto com a postagem. Leia na íntegra.

Por que sou contra a contratação de um feminicida no esporte:

Eu acredito na recuperação do ser humano. Acredito que a maioria das pessoas merece outras chances depois que comete erros, porque errar é da essência humana. O perdão é um dos sentimentos mais belos que podemos cultivar. Mas perdoar alguém não significa esquecer o que esse alguém fez nem permitir que esse alguém continue em nossa vida. Perdoar e dar uma nova chance não apaga o que foi feito, não se pode fingir que nada aconteceu. Embora juridicamente o cumprimento de uma pena libera o condenado para seguir sua vida normalmente, é socialmente que precisamos pensar no que toleramos ou não. Nem tudo é apenas questão de lei. Há comportamentos legais que são imorais. Um condenado pode e deve ser ressocializado. Deve merecer uma segunda chance. Mas penso que, depois de um crime tão perverso, voltar a ser ídolo, a estar numa posição que lhe confere status de ídolo, é bastante questionável. Penso que o feminicida deve voltar ao trabalho, mas não no futebol, não como ídolo. Defendo sua ressocialização, mas longe de qualquer torcida. E isso não é a lei que vai decidir. É a sociedade. E se ele tivesse estuprado um bebê? O que os “fãs” diriam? Lembro que há pouco mais de dois anos, jogadores foram flagrados num vídeo masturbando uns aos outros no vestiário de um clube gaúcho. Os quatro jogadores foram dispensados. Seus nomes, inclusive, foram poupados para evitar que eles fossem banidos do futebol. E é bom que fique bem claro: eles não cometeram crime algum, não fizeram nada contra a vontade de ninguém! Mas, absurdamente, a homossexualidade ainda é intolerável no futebol. Ser feminicida é aceitável? O que você pensa disso? #NãoAoFeminicídio

 A opinião de Jéssica dividiu a opinião dos seguidores. O usuário Marcos Alvin foi contrário ao pensamento da jornalista. "Todos merecem uma segunda chance. Sei que é difícil em concordar com o absurdo feito por Bruno. Porém só quem pode nos julgar é Deus", escreveu.

Já a seguidora Nalva Novais se sentiu representada com as palavras ditas pela jornalista baiana, que em 2020 estará na escala de rodízio do Jornal Nacional. "Excelente texto, belas palavras. Chega! vamos dar um basta nesse machismo e feminicídio. Juntas somos mais fortes", disse ela.

Aos 35 anos, o arqueiro, condenado, em 2013, a 22 anos e três meses de prisão por envolvimento na morte da modelo Eliza Samúdio, negocia com o Fluminense de Feira de Santana para a disputa do Campeonato Baiano em 2020.

Fonte: Correio24h


Dennys “A Máquina” vence e garante cinturão do meio-pesado para

Teixeira de Freitas: O teixeirense, Cláudio “Dennys a Máquina”, é a nova estrela brasileira do MMA. O lutador venceu na noite deste sábado,

Mega-Sena acumula e prêmio chega a R$120 milhões

Acumulou. Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.233 da Mega-Sena, sorteadas na noite desta quarta-feira, 12, em São Paulo (SP). Com isso,

Flamengo responde o apresentador Faustão após críticas

A diretoria do Flamengo se manifestou após críticas do apresentador Fausto Silva, o Faustão, durante o programa "Domingão", da TV Globo,

Pré-olímpico: Brasil volta a vacilar no quadrangular final

O Brasil voltou a tropeçar no quadrangular final do Pré-olímpico de futebol masculino e não passou de um empate em 1 a 1 com o Uruguai na noite

Em jogo de golaços, Vitória e Sport empatam na Arena de Pernambuco

Em uma partida movimentada e marcada por golaços, o Vitória empatou com o Sport em 1 a 1 na tarde deste sábado (1º), na Arena de Pernambuco,

Ministério Público do Trabalho ajuíza ação civil contra o Bahia

Após o Bahia emitir posicionamento se defendo das denúncias do Ministério Público do Trabalho (MPT), o órgão divulgou uma nota na tarde desta

Tenista brasileiro é banido do esporte por manipulação de

Tenista brasileiro também foi multado em cerca de R$ 830 mil O tenista brasileiro João Souza, conhecido como Feijão, que chegou a ser 69º do

Último pentacampeão em atividade, Lúcio anuncia aposentadoria

O zagueiro Lúcio, de 41 anos, pentacampeão com a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2002, anunciou nesta quarta-feira, 29, a sua

Em campanha contra a homofobia, Bahia usará camisa com número 24

Manifestação ocorrerá na partida contra o Imperatriz, nesta terça-feira (28) O duelo entre Bahia e Imperatriz-MA, nesta terça-feira (28), às

Contra o Imperatriz, Bahia vai em busca do 1º triunfo no Nordestão

Apenas um dia de treino, viagem de Recife para Salvador, pouco tempo de recuperação e pressão pelo primeiro triunfo na Copa do Nordeste. Essa é

Nossos Apoiadores: