Em confronto direto que valia uma aproximação do G-4, Vitória e Operário-PR ficaram no empate em 1 a 1, na noite desta sexta-feira, 2, no estádio Germano Krueger, em Ponta Grossa. O Leão levav o triunfo até os 46 minutos da etapa final, mas o Fantasma conseguiu surpreender nos acréscimos e igualar o placar. A partida foi válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B.

O tento do Rubro-Negro foi marcado pelo atacante Ewandro, enquanto Jefinho descontou para os donos da casa. Com o resultado, o Leão caiu uma posição e dorme na oitava colocação do certame, dois pontos de distância do grupo que dá acesso à elite do futebol nacional.

Sem tempo para se lamentar, o Vitória terá que retornar para Salvador e focar suas atenções no próximo compromisso, na terça, 6, às 19h15, diante do América-MG, no estádio Manoel Barradas. O duelo será novamente contra uma equipe que briga diretamente com o Leão por uma vaga no G-4.

O jogo

O confronto entre as equipes começou bastante movimentado. Logo aos 2 minutos, o Vitória conseguiu colocar uma bola na trave, após confusão na grande área e finalização de Fernando Neto. Passado o susto, a equipe de Ponta Grossa saiu para o ataque, tentou fazer valer o mando de campo e conseguiu três boas oportunidades em sequência.

Em falta distante da grande área, aos 12, Tomas Bastos encheu o pé e exigiu boa defesa do goleiro Ronaldo. No escanteio, o mesmo Tomas Bastos bateu fechado e Guilherme Rend apareceu bem posicionado para afastar. Em nova cobrança, Mazinho subiu mais que a defesa rubro-negra e mandou muito próximo à meta do Leão.

Após a blitz do Operário, o Vitória tentou segurar mais a bola e ficou trabalhando na faixa central de campo, característica que tem sido recorrente no time de Bruno Pivetti. Aos 19, a equipe achou espaço pela direita com Alisson Farias, mas mandou pra fora. A resposta paranaense veio dois minutos depois, em contra-ataque puxado pelo atacante Roger e conclusão de Lucas Batatinha que passou a esquerda do gol de Ronaldo.

O Operário seguia com as melhores chances, com Tomas Bastos sendo o fator chave na construção de oportunidades. Em nova cobrança de falta da intermediária, aos 29, o meia jogou a bola na área e encontrou Roger que completou para o fundo das redes. No entanto, o bandeirinha já havia sinalizado o impedimento.

Com dificuldade na progressão de jogadas, o Leão começava a arriscar em finalizações de fora da área. Aos 41, Fernando Neto resolveu experimentar, o chute desvio no meio do caminho e enganou o goleiro Thiago Braga, que apenas observou a bola passar raspando a trave esquerda e ir para a linha de fundo.

Sem converter as oportunidades construídas, as duas equipes foram para o intervalo iguais no placar, sabendo da necessidade de buscar o triunfo que aproximaria um dos times na luta por uma vaga entre as quatro primeiras equipes da competição.

Segundo tempo

Assim como no primeiro tempo, a etapa final começou com uma bola na trave a favor do Rubro-Negro. Com menos de um minuto, Marcelinho tabelou com Alisson Farias e jogou a bola na cabeça de Júnior Viçosa, que desviou e mandou no travessão.

Após ficar no "quase" em duas oportunidades, o Vitória conseguiu abrir o placar aos 8 minutos. Carleto cobrou escanteio na área, a zaga do Operário afastou, o lateral-esquerdo pegou novamente o rebote e cruzou para Ewandro, de cabeça, balançar as redes no estádio Germano Krueger.

O Fantasma foi pra cima e respondeu aos 13, após Batatinha receber passe de Jefinho e, cara-a-cara com Ronaldo, mandar para fora. Em cobrança de escanteio, aos 18, o zagueiro Bonfim cabeceou e Ronaldo fez boa defesa. No minuto seguinte, em nova bola na área, Marcelo apareceu para mandar de cabeça e o goleiro salvar o Leão mais uma vez.

Lucas Batatinha seguia sendo um dos jogadores mais agudos do ataque paranaense. Aos 29, o atacante aproveitou a sobra após cobrança de escanteio e, pela esquerda, mandou colocado por cima da meta. Cinco minutos depois, Julinho tentou de fora da área e também mandou pra fora.

Com as linhas mais recuadas, o Vitória trabalhava nos contra-ataques, aproveitando a velocidade pelos flancos. O treinador Bruno Pivetti até tentou experimentar um novo esquema com dois centroavantes, após saída de Ewandro para a entrada do equatoriano Jordy Caicedo. Aos 43, em boa trama rubro-negra, Viçosa conseguiu concluir para a defesa de Thiago Braga.

Quando a jogo parecia encaminhado para a vitória do Leão, o Operário conseguiu igualar o placar. Aos 47, Sávio mandou a bola na área e Jefinho cabeceou sem chances para o goleiro Ronaldo e deu números finais à partida.

Fonte: Atarde

Brasileiro: Fluminense fica no 0 a 0 com Bragantino

Tricolor entrou em campo muito desfalcado após surto de covid O Fluminense jogou muito mal nesta segunda-feira (30) e não passou de um

STJD suspende técnico Mano Menezes por quatro jogos

O técnico Mano Menezes foi julgado nesta segunda-feira, 30, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e pegou um gancho de quatro

Fonte Nova vai ganhar iluminação em homenagem a Maradona

A Arena Fonte Nova, localizada no bairro de Nazaré, em Salvador, vai ser iluminada de azul, em homenagem ao jogador argentino Diego Maradona, na

Após vitórias, seleção mantém 3ª posição do ranking da Fifa

Itália retorna ao top 10 depois de quatro anos A Fifa anunciou nesta sexta-feira (27) mais uma edição do seu ranking de equipes nacionais,

Corpo de Diego Maradona é enterrado em cemitério na Argentina

O corpo do lendário ex-craque Diego Maradona foi enterrado nesta quinta-feira, 26, em um cemitério particular, ao noroeste de Buenos Aires, na

Napoli vence partida emotiva um dia após a morte de Maradona

Argentino fez história pela equipe italiana O Napoli superou o Rijeka (Croácia) por 2 a 0 nesta quinta-feira (26), em sua primeira partida

Liga dos Campeões: Bayern vence e chega às oitavas de final

Time de Munique derrota Salzburg por 3 a 1 O atual campeão europeu Bayern de Munique não teve uma atuação de destaque, mas fez o

Diego Maradona morre na Argentina aos 60 anos

Maior jogador da história do futebol argentino sofreu parada cardiorrespiratória em casa, onde se recuperava de uma cirurgia no cérebro. Velório

Vôlei de Praia: fase principal do Circuito Brasileiro segue no Rio

Competição envolve 24 das melhores duplas do país A fase principal da quarta etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia Feminino

Fifa propõe licença-maternidade obrigatória para jogadoras

Atletas teriam direito a 14 semanas, com 2/3 do salário contratado A Fifa pretende adotar novos regulamentos para proteger os direitos das

Nossos Apoiadores: