Diretor exige US$ 68 milhões de indenização, alegando que a empresa não honrou contratos relativos a seus filmes. Imbróglio é fruto de acusações de abuso sexual envolvendo o cineasta

Woody Allen entrou com processo no valor de US$ 68 milhões contra a Amazon por quebra de contrato. O cineasta acusa a gigante do streaming de cancelar o acordo relativo a seus filmes por causa da alegação “sem fundamento”, de décadas atrás, de que ele abusou sexualmente da filha Dylan.
Por meio de seus advogados, o diretor argumenta que a Amazon tentou encerrar o negócio em junho. Desde então, recusou-se a pagar US$ 9 milhões para o financiamento de seu próximo filme, A rainy day In New York.

O longa é apenas uma das produções a serem viabilizadas pelo acordo acertado depois de Allen fazer o programa Crisis in six scenes para a Amazon, que, na época da negociação, surgia como promissora provedora de conteúdo.

O diretor exige, além dos US$ 9 milhões, garantias mínimas devidas a ele para outros longas. Isso totaliza cerca de US$ 68 milhões, segundo a queixa apresentada a um tribunal federal em Nova York, revelada pela agência de notícias AFP.

A defesa do cineasta alega que a Amazon considerou o acordo “impraticável” por causa de “eventos supervenientes, incluindo alegações renovadas contra Allen e seus próprios comentários controversos”.

De acordo com o documento, a Amazon citou que atores se recusam a trabalhar com Allen. Ex-parceiros do diretor, Colin Firth, Michael Caine e Greta Gerwig declararam que não voltariam a atuar em filmes dele.

TRAIÇÃO

Em 1992, Woody Allen foi acusado pela ex-mulher, a atriz Mia Farrow, de abusar da filha deles, Dylan. Meses antes, ele havia assumido o caso amoroso com Soon-Yi Previn, a jovem enteada de Mia. Em 1993, Woody foi absolvido.

Em 2014, em carta enviada ao The New York Times, Dylan afirmou que o pai de abusara dela. Ronan Farrow, filho do casal e jornalista da revista New Yorker, confirmou o depoimento da irmã. Em 2017, Ronan publicou os artigos sobre assédio sexual envolvendo Harvey Weinstein, chefão de Hollywood, fonte de inspiração para o movimento Me too.

Porém, Moses Farrow, primogênito de Mia e Allen, defendeu o cineasta, acusando a mãe pelo imbróglio por não suportar a traição do cineasta. Casados desde 1997, Allen e Soon-Yi têm dois filhos adotivos.

Fonte: Estadão Conteúdo


Cauã Reymond e Matheus Nachtergaele fazem sexo em cena de filme

Longa brasileiro 'Piedade' estreia neste sábado (23), no Festival de Cinema de Brasília O clima entre os Cauã Reymond e Matheus Nachtergaele

Unegro realiza Lavagem da estátua de Zumbi dos Palmares

A União de Negras e Negros Pela Igualdade (Unegro) vai promover nesta quarta-feira, 20, a 11º Lavagem da estátua de Zumbi dos Palmares, na

Ariana Grande cancela show e desabafa sobre saúde

Cantora afirmou que está com dores de garganta e de cabeça, desde sua última apresentação em Londres, há cerca de um mês Ariana Grande

Celulares pré-pagos desatualizados são bloqueados

As pessoas portadoras de telefones celulares pré-pagos que não atualizaram seus cadastros, após terem recebido notificação das operadoras,

Estudantes do Eraldo Tinoco de Posto da Mata visitam Lar dos Idosos e

Teixeira de Freitas: Alunos do Colégio Estadual Eraldo Tinoco de Posto da Mata fizeram uma visita ao Lar dos Idosos SSVP, no último dia 14 de

MP pode acabar com o registro profissional

Depois de consolidado o fim da obrigatoriedade do diploma de comunicólogo com habilitação para jornalista, agora não será preciso sequer o

Jornalista Ramiro Guedes publica encerramento do Almoço à

Teixeira de Freitas: O radialista e jornalista Ramiro Guedes, que apresenta semanalmente (aos sábados) o renomado Programa Almoço à Brasileira,

Baleia é encontrada morta em praia da cidade de Prado

Prado: Uma baleia foi encontrada morta nesta quinta-feira (14), em uma praia da cidade de Prado, no extremo sul da Bahia. De acordo com a

Conheça o sanduíche de fast food que não apodrece há 10 anos

Hjortur Smarason comprou um lanche do McDonald's em 2009, para ver quanto tempo ele levaria para se decompor Quando o McDonald's fechou todas suas

Marinha reforça limpeza de óleo no Nordeste com mais um navio

O navio de desembarque de carros de combate Almirante Sabóia, da Marinha, partiu na última segunda-feira (11), do Rio de Janeiro, em direção a

Nossos Apoiadores: