O observador de aves Ivo Tomich Marcos conseguiu fotografar um uiraçu (Morphnus guianensis), uma ave de rapina considerada muito rara. O registro foi feito na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Estação Veracel, em Porto Seguro, no início da manhã do dia 19/03. Este é o segundo registro desta espécie de ave de rapina em uma área da Veracel Celulose. O outro ocorreu em 2012, em outra Área de Alto Valor de Conservação (AAVC) da empresa, no município de Belmonte, também no Sul da Bahia.

Ivo é observador de aves desde 2009 e já esteve na Estação Veracel em outras ocasiões. Essa foi a primeira vez que conseguiu o registro de uma ave tão rara. “Achei que era uma harpia, mas depois a equipe da RPPN esclareceu que era o uiraçu. Foi fantástico ver uma ave tão grande e rara”, comemorou o produtor rural. O uiraçu pode medir de 81 a 91 centímetros de comprimento.

O uiraçu é muito parecido com a harpia (Harpia harpyja), conhecida como gavião-real, que já foi várias vezes fotografada na RPPN. No ano passado, dois ninhos com filhote de harpia foram descobertos na reserva, que possui uma área de 6.069 hectares.

5º REGISTRO EM 200 ANOS - Segundo o ornitólogo Luciano Lima, o uiraçu é uma das aves de rapina mais raras do Brasil, mais até que a harpia. De acordo com o site WikeAves - plataforma colaborativa de observadores de aves, esta espécie de gavião é severamente ameaçada em vários estados no Brasil localizados na Mata Atlântica, sendo considerada “criticamente ameaçada” (CR) em São Paulo e Santa Catarina e “regionalmente extinta” (RE) no Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul.

O registro do dia 19/03 foi o 5º no Brasil nos últimos 200 anos. O primeiro foi reportado pelo naturalista e príncipe Wied-Neuwied por volta de 1817. A espécie voltou a ser registrada em 1974, em Porto Seguro; e, em 1995 e 2012, em Belmonte.

O uiraçu depende de grandes extensões de florestas preservadas para sobreviver. “Este registro demonstra que há uma população dessa espécie na região e reforça a importância estratégica das unidades de conservação que protegem as florestas de tabuleiro do sul da Bahia ”, disse Lima

CIÊNCIA CIDADÃ – Para o ornitólogo, o fato do registro ter sido feito por um observador de aves reforça o papel fundamental dessa atividade para o monitoramento das espécies ameaçadas no país.

Em abril, foi iniciado o projeto de Observatório de Aves da RPPN Estação Veracel. Ele visa estimular a pesquisa, desenvolver a ciência cidadã e a educação ambiental e conservar o meio ambiente. “O Observatório de Aves é um importante instrumento para o engajamento de pessoas, promovendo o conhecimento sobre aves na região e despertando o interesse de observadores de aves na comunidade”, conclui Lima.

Além de pesquisas e monitoramento de aves, o observatório promoverá cursos, oficinas, festivais, dentre outras atividades com o tema aves.

OUTRO REGISTRO RARO - A visita de uma juriti-vermelha (Geotrygon violácea) na RPPN foi registrada por uma das câmeras de monitoramento de fauna da reserva, no mês de fevereiro.  De acordo com o WikiAves, o último registro da juriti-vermelha foi em maio de 2012, no município de Belmonte.

A juriti-vermelha, também conhecida como juriti-da-mata, é uma ave muito procurada pelos observadores de aves. O maior número de aparecimentos da juriti-vermelha é na Mata Atlântica, em fragmentos florestais bem preservados. Os poucos registros, principalmente na Bahia, colocam a ave na lista de espécie ameaçadas de extinção.

De comportamento arisco e solitário, a forma mais fácil para ver a espécie é seguir seu canto.

CÂMERAS DE MONITORAMENTO – O monitoramento da fauna na RPPN Estação Veracel é feito por câmeras trap. O objetivo é registrar imagens de animais silvestres, com mínima interferência na rotina deles. As câmeras possuem sensores de movimentos e temperaturas que são acionados com a presença dos animais. As imagens capturadas pela ferramenta compõem um banco de dados sobre a população de animais silvestres que circulam pela reserva.


Parada LGBT reuniu 3 milhões na Paulista, segundo organização

Ao todo, 19 trios elétricos desfilaram por cerca de sete horas de apresentações. A 23ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, considerada a

Rita Lee lança livro infantil inspirado em história real

Aposentada dos palcos há anos, Rita Lee tornou a defesa dos animais prioridade em sua vida. E um caso, em especial, a tocou: a trajetória de

Huck confirma que filho sofreu acidente, foi operado e passa bem

Um dos filhos dos apresentadores Luciano Huck e Angélica, Benício, de 11 anos, sofreu um acidente enquanto praticava wakeboard, no sábado, 22,

Vídeo: Entusiasmo e muito forró na abertura do "Arraiá do

Teixeira de Freitas: A abertura do “Arraiá do Arrastapé” aconteceu nesta última sexta-feira, 21 de Junho, em frente ao Estádio Municipal,

Vídeo: Sucesso na abertura da terceira edição do "Arraíá Pra

Itamaraju: A abertura da 3ª Edição do "Arraíá Pra Cuidar e Viver" em Itamaraju aconteceu na última quinta-feira, 21 de Junho, na praça de

Novo affair de Luana Piovani é gay, diz colunista

Igor Marchesi apareceu em foto publicada ontem pela atriz, mas, segundo Leo Dias, ele tem namorado Luana Piovani não está "ficando", nem

Baco Exu do Blues desbanca Beyoncé e Jay-Z no prêmio em Cannes

Rapper baiano venceu o Gran Prix do festival Cannes Lions 2019 Baco Exu do Blues acaba de superar Beyoncé e Jay-Z, um dos casais mais influentes

Luiza Possi grávida e gripada: "Ninguém disse que ia ser fácil"

Cantora está com uma gripe forte Luiza Possi, que está no nono mês da gestação de seu primeiro filho, contou para os fãs que estava de cama,

Confira a programação do Arraiá do Arrasta pé de Teixeira

Teixeira Freitas: As bandeirolas já estão no espaço onde irá acontecer nos próximos dias 21, 22 e 23 de junho o Arraiá do Arrastapé em

Evangelização Carcerária completa 13 anos de serviços prestados

Teixeira de Freitas: A Evangelização Carcerária da Igreja Assembléia de Deus Nova Unção, comemora 13 anos de Evangelização na carceragem do

Nossos Apoiadores: