Teixeira de Freitas está sendo contemplada com a implantação do mais importante órgão profissionalizante do país e um dos maiores programas de desenvolvimento social do mundo, que é o Serviço Social do Comércio – SESC. A instituição foi fundada no dia 13 de setembro de 1946 com o objetivo de atender as necessidades urgentes dos trabalhadores do comércio. Dessa forma, procura assegurar as potencialidades do indivíduo, contribuir para a formação e crescimento da cidadania e promover o bem-estar da sociedade. No total, são aproximadamente 50 milhões de brasileiros beneficiados a cada ano pelas ações do SESC.

A implantação do SESC é uma conquista do SINCOMÉRCIO – Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Teixeira de Freitas, CDL, ACE e SINDEC, e para sua chegada à cidade, foi preciso ocorrer o incentivo da Prefeitura Municipal que promoveu a doação de 50% do terreno e o empresário Tabajara Soares Marques que fez a concessão da outra metade da área. Já os atuais vereadores se esforçaram e votaram o projeto de doação em tempo recorde para que houvesse a sanção do Poder Executivo também no mais abreviado tempo possível, cuja escritura do espaço acabou de se oficializar nesta quarta-feira (08/08), e a previsão do início das obras do SESC Teixeira de Freitas é para janeiro de 2013, com investimento total na ordem de R$ 15 milhões.

Conforme informou o presidente do SINCOMÉRCIO, Flávio Guimarães, o local da construção do SESC, é de 26.511,88 metros quadrados e com 70% do seu tamanho construído, numa privilegiada área com uma belíssima vista para a foz do rio Itanhém, dentro do Loteamento Paraíso, na zona oeste da cidade de Teixeira de Freitas. Em um local propicio para a melhor morada da cidade em razão da proximidade com o verde, vista ampla, excelente ventilação e de frente para o Parque Florestal das Pedras. Uma localidade que pouca gente ainda conhece e está a menos de 10 minutos do centro da cidade. Trata-se de uma luxuosa descoberta ecológica no recém criado loteamento Paraíso, que até bem pouco tempo era uma propriedade particular e não possuía acesso popular.

O SESC Teixeira de Freitas terá infraestrutura completa, com equipamentos modernos e acesso facilitado, com Centros de Atividades, Restaurante, Teatro com 594 cadeiras, Biblioteca, Consultórios Odontológicos, Parque Aquático, Centro de Hospedagem, Auditório, Centro Educacional com 7 salas convencionais, Laboratórios de Informática, 2 Quadras Poliesportivas Cobertas, além das Unidades Móveis de Odontologia e Biblioteca, pelas quais serão desenvolvidas ações em trabalhos com grupos, ação comunitária, educação infantil e fundamental, educação complementar, cursos de valorização social, apresentações artísticas, desenvolvimento artístico-cultural, desenvolvimento físico-esportivo, recreação, turismo social, nutrição, odontologia e educação em saúde, dentre outras. A trajetória do SESC Bahia nestes 64 anos de atuação caracteriza-se pela solidez, eficiência e efetiva capacidade de adaptação ao contexto social e econômico do Estado e do País.


Segundo Flávio Guimarães, presidente do SINCOMÉRCIO, são mais de cinco mil unidades de prestação de serviços espalhadas pelo Brasil e cerca de 350 milhões de atendimentos efetuados, por ano, para garantir a melhoria da qualidade de vida dos comerciários, seus dependentes e, em caráter complementar, atender os segmentos sociais mais carentes e vulneráveis da sociedade. A diretriz básica é a de um trabalho eminentemente educativo, informativo e transformador e o SESC é reconhecido como Instituição Socialmente Responsável e tido como referência nacional pela qualidade dos serviços prestados.

Com uma vasta rede de centros de atividades, a entidade comerciária está presente em todo o território nacional, por meio de programas em Assistência, Cultura, Educação, Lazer e Saúde. A chegada do SESC e implantação do Campus de Saúde da UFSB - Universidade Federal do Sul da Bahia para a cidade de Teixeira de Freitas, foram motivadas pela grandeza econômica da região extremo sul, tendo em vista que Teixeira possui uma população estimada em 157 mil habitantes, dos quais 90 mil são eleitores, possui 59 bairros com 40.954 domicílios residenciais, cortada pelas Rodovias BR-101, BA-290 e margeada pela  BR-418, e é hoje, a 6ª maior cidade do interior da Bahia e se tornou o centro das atenções do extremo sul baiano, nordeste de Minas Gerais e extremo norte do Espírito Santo, por sediar o desenvolvimento socioeconômico de uma região que pensa em geração de emprego e renda, e onde o setor da construção civil cresce em igual proporção.

O SINCOMÉRCIO local fechou o dia 31 de julho de 2012, com 4.563 empresas ativas e, na Bahia, Teixeira de Freitas só perde para Vitória da Conquista, Feira de Santana e Salvador, são 17.211 pessoas trabalhando somente no comércio. São 13 municípios do extremo sul baiano, 10 do extremo norte capixaba e 12 do nordeste mineiro consumindo diariamente em Teixeira de Freitas, em razão de ter o terceiro maior polo comercial do interior da Bahia e possuir o maior centro de saúde pública da tríplice fronteira dos estados da Bahia, Minas e Espírito Santo. Embora tenha um dos menores territórios geográficos do extremo sul, com apenas 1.154 km² desmembrado dos municípios de Alcobaça (68%) e Caravelas (32%), em 9 de maio de 1985, mas ainda é do campo que o município mais arrecada com 51% da sua receita tributada.

Ao leste do município de Teixeira de Freitas estão os municípios litorâneos de Prado, Alcobaça, Caravelas, Nova Viçosa e Mucuri, que formam o terceiro maior polo turístico do nordeste brasileiro e a segunda maior produção de mamão do Brasil. Ao leste estão os municípios de Medeiros Neto, Itanhém, Lajedão, Ibirapuã e 48% do território de Caravelas, com a maior produção de leite da Bahia e com o maior polo de indústrias sucroalcooleiras da Bahia, com a UNIAL em Lajedão, a IBIRÁCOOL em Ibirapuã e a SANTA MARIA em Caravelas, que são usinas de álcool implantadas em um raio de  15 quilômetros uma da outra e juntas estimam produzir cerca de 240 milhões de litros/ano, gerando atualmente, 3,9 mil empregos diretos e 9,8 mil empregos indiretos para região.


Ao norte estão os municípios de Vereda, Jucuruçu e Itamaraju, com a segunda maior produção de cacau do Estado, com o maior rebanho bovino da Bahia, com a maior produção de café conilon do mundo, com a maior produção agrícola desta mesorregião e com o maior índice estadual de geração de empregos no campo da Bahia. Ao sul Teixeira de Freitas tem novamente terras dos territórios de Caravelas, Nova Viçosa e Mucuri, com o maior plantio de eucalipto para celulose do nordeste brasileiro, sediando o maior porto de navios e barcaças do Estado em Caravelas, com a maior indústria de madeira fina da Bahia em Posto da Mata, já no distrito de Itabatã em Mucuri, está sediada a “Suzano”, unidade de uma das três maiores fábricas de papel e celulose do Mundo.

Teixeira de Freitas é ainda beneficiada economicamente com a influência dos empreendimentos e fluxos do grupo que é o maior produtor de celulose do mundo (Veracel em Eunápolis e Fibria em Aracruz). Além da influência direta do turismo de Porto Seguro que é o terceiro maior polo turístico do país, considerando que o turismo é a maior indústria do mundo e no Brasil, o extenso litoral de Porto Seguro está atrás apenas dos atrativos do Rio de Janeiro e Salvador.

Mas a sua pujança na construção civil e os investimentos da iniciativa privada na região, são fatores causadores do grande crescimento de Teixeira de Freitas nos últimos anos. Nos últimos três anos que compreende o período de julho de 2009 até julho de 2012, Teixeira de Freitas ganhou na sua economia com a construção civil, somente pelo programa “Minha casa minha vida” um valor superior há R$ 200 milhões, sendo que deste total, R$ 69 milhões foram investidos na mão de obra local e o restante na aquisição de terrenos e materiais diversos para as construções.

Segundo uma pesquisa promovida pelo Shopping Jequitibá que está implantado uma unidade do Shopping Center na cidade, no bairro Estância Biquíni, na mesma região em que será construído o SESC, a cidade está numa micro região de 780 mil habitantes e Teixeira de Freitas está entre os 106 municípios brasileiros que mantém desde 2002, uma taxa de crescimento econômico igual ou superior à nacional, de 4% ao ano. Sua densidade demográfica é 102,59 habitantes por km², já são quase 41 mil residências estabelecidas e a taxa média de crescimento do teixeirense anual é de 2,6%, cuja renda média domiciliar mensal é de R$ 2.236,00. Em 31 de julho de 2012, a frota de veículos de Teixeira de Feitas, fechou em 35.932 veículos. Atualmente é um veículo para cada 4 pessoas. A classe-B na Bahia é de 14,4%, no extremo sul baiano é de 14,7%, já em Teixeira de Freitas, é de 18,2%, ou seja, o teixeirense melhora de vida mais do que a média da região e do estado.


Através do setor privado, a cidade ganhou um acréscimo de mais de R$ 70 milhões na sua economia com a construção de apartamentos. Em 2010, 2011 e primeiro semestre de 2012, foram vendidos em Teixeira de Freitas, cerca 150 apartamentos em edifícios estabelecidos em condomínios de médio e alto padrão. Só na infraestrutura das localidades, com a construção de esgotamento e pavimentação nos condomínios em Teixeira de Freitas, a iniciativa privada investiu um valor que supera os R$ 20 milhões. Somente em 2010 e 2011, a Prefeitura Municipal expediu alvarás para 2.695 unidades habitacionais, o que significa um crescimento de 1.000% no número de construções em relação aos anos anteriores. Tanto que a Revista VEJA em setembro de 2010 e em maio de 2012, numa reportagem sobre um estudo das cidades médias do Brasil, colocou Teixeira de Freitas como a 4ª cidade mais pujante comercialmente no estado da Bahia e a 12ª do país.

O presidente do SINCOMÉRCIO – Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Teixeira de Freitas, Flávio Guimarães de Pádua, disse que é notória a pujança da cidade e somente o programa “Minha Casa, Minha Vida”, já superou a construção de 2 mil novas moradias e representou um acréscimo de 173 milhões de reais na economia de Teixeira de Freitas que mostra para o Brasil seu potencial econômico adquirido com a cultura do eucalipto, do comércio, da cana de açúcar, do gado e da construção civil. Sendo que os recursos da construção civil aqueceram o mercado teixeirense, porque trata-se de um dinheiro que chega de fora, direto para mão do construtor, do engenheiro, do pedreiro, ajudante, auxiliar de serviços gerais, carpinteiro, eletricista, comerciante, carregador e muitos outros profissionais empregados diretos e indiretos.

Conforme o delegado regional do CRECI – Conselho Regional de Corretores de Imóveis da Bahia, Raimundo Bacelar, em apenas três anos, a cidade passou de duas imobiliárias para 10 instituições desta natureza, e passou de seis corretores para quase 100 corretores de imóveis credenciados. Segundo Bacelar, nos últimos dois anos e meio, a cidade expandiu 40% do seu território urbano, em todas as direções, fruto da criação de novos bairros, condomínios e centros empresariais. Acrescentando que a cidade é a grande metrópole da região onde de tudo é possível se realizar e encontrar, e serve atualmente de referência comercial, educacional e empresarial para três povos divisórios, baianos, mineiros e capixabas.

Por: Athylla Borborema


Irmã Dulce é canonizada no Vaticano e vira Santa Dulce dos Pobres

A missa de canonização de Irmã Dulce aconteceu na manhã deste domingo (13) no Vaticano, na Itália. O papa Francisco celebrou a missa, iniciada

Novo App de Mobilidade Urbana chega a Teixeira de Freitas

Iniciou as atividades está semana em Teixeira o PrimeCar, um aplicativo de mobilidade urbana, trazendo um serviço competitivo e de qualidade,

Festival Sabores 2019 é lançado em Teixeira de Freitas

Teixeira de Freitas: Uma noite de celebração da gastronomia teixeirense. Na noite desta quarta-feira (9) foi realizada a abertura do Festival

MWM Segurança emite Nota Pública esclarecendo o ocorrido no Parque

Teixeira de Freitas: A empresa MWM SEGURANÇA EM EVENTOS, representada neste ato por Vanio dos Santos e família, vem a público prestar

Teixeira ganha Núcleo Territorial do NEOJIBA nesta segunda (07)

O primeiro Núcleo Territorial do NEOJIBA (www.neojiba.org) no Extremo Sul da Bahia será inaugurado nesta segunda-feira (07/10), às 19h, no

Irmã Dulce se tornará a 37ª santa brasileira no próximo domingo

Quando os olhares do mundo religioso e político estiverem atentos ao Sínodo dos Bispos sobre a Amazônia, que ocorre de 6 a 27 de outubro no

Imperdível: Feira da Casa Própria movimenta Teixeira de Freitas e

Teixeira de Freitas: Até o próximo domingo, 13 de outubro, os interessados em adquirir imóveis residenciais, comerciais, casas, apartamentos, em

37ª Expo Teixeira: Stands destacam serviços da Prefeitura de

Teixeira de Freitas: Durante os dias 2 a 6 de outubro da 37ª Exposição Agropecuária de Teixeira de Freitas parte da programação conta com a

Final do Vozes emociona a plateia durante a 37ª Expo Teixeira

Teixeira de Freitas: Inserido na programação da 37ª edição da Expo Teixeira, a final do 3º Festival da Canção de Teixeira de Freitas –

Prefeitura de Teixeira de Freitas implanta o serviço de Alvará

Teixeira de Freitas: Após três meses de estudos e desenvolvimento e 15 dias de testes, a Prefeitura de Teixeira de Freitas, através da

Nossos Apoiadores: