Teixeira de Freitas: Na manhã desta quinta-feira, 20 de abril, um cliente cortava o seu cabelo em um salão, localizado na Avenida Padre Anchieta, no Bairro Universitário, quando 02 indivíduos a bordo de uma motocicleta pararam, invadiram o estabelecimento e executaram a vítima, que tentou correr, mas, foi atingida pelos disparos e caiu. Após o crime os criminosos fugiram e a Central de Polícia Militar foi acionada e informada do caso. Uma guarnição do 3° Pelotão se deslocou até o local onde confirmou o fato e tomou as primeiras providências, isolando o local e acionando a Polícia Civil.

O delegado plantonista, Júlio César Telles, e sua equipe, se deslocou até o local e realizou o levantamento cadavérico. A vítima foi identificada como sendo, Júlio Santos de Jesus, 21 anos de idade. O delegado solicitou perícia e o Departamento de Polícia Técnica, composto pelos peritos Danilo Bastos, Pedro Paulo e Ederson, esteve no local, onde realizou os trabalhos periciais. O corpo da vítima ficou caído na sala, já dentro da residência do proprietário do salão. No local, os peritos encontraram diversas marcas de tiros que atingiram a parede do salão e também a parede da residência.

Durante os trabalhos periciais, foi constatado que a vítima foi atingida nas costas e também na cabeça. Segundo o perito Danilo, não foi possível identificar a quantidade de perfurações, e aguardará a necropsia para saber quantos tiros atingiram a vítima. Foram recolhidos diversos projéteis próximo ao corpo e alguns retirados da parede. A vítima já possui passagem pela Polícia, onde foi preso em uma ação do PETO no Bairro Liberdade, em que foi encontrado com ele drogas e aparelhos eletrônicos. Na ocasião, ele foi preso em companhia de um adolescente.

Ao finalizar a perícia, o delegado autorizou remoção e o corpo da vítima foi encaminhado ao IML de Teixeira de Freitas, onde será submetido à necropsia, ainda nesta quinta-feira. O delegado ouviu algumas pessoas e após iniciar o inquérito irá encaminhar o caso para o Núcleo de Homicídio e Tráfico da 8ª COORPIN.

Por: Rafael Vedra/Liberdadenews

Matéria relacionada:

Dois são presos pelo PETO no Liberdade: drogas e aparelhos eletrônicos foram apreendidos

Autores de homicídio trocam tiros com PETO e RONDESP: 04 mortos,

Teixeira de Freitas: Na noite desta quarta-feira, 21 de fevereiro, policiais militares do PETO e da RONDESP Sul, receberam uma denúncia anônima,

Jovem é executado por tiros de 9mm dentro de oficina de motos na Av.

Teixeira de Freitas: Na tarde desta quarta-feira, 21 de fevereiro, a Central de Polícia Militar foi acionada e informada de um homicídio,

Mandante de homicídio ocorrido em 2017 é preso pela Polícia Civil

Caravelas: Nesta quarta-feira, 21 de fevereiro, a Polícia Civil de Caravelas, liderada pelo delegado Gilvan de Meireles, deu cumprimento ao

Estudante de 16 anos é achada morta dentro de saco após ficar mais

A adolescente de 16 anos que desapareceu em Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, no domingo (18), foi encontrada morta na manhã

Ex-presidiário é morto a tiros às margens da BR-367 em Coroa

Porto Seguro: Recém-saído da cadeia, Diego da Silva Nunes foi morto por volta das 21h de terça-feira (20), em Coroa Vermelha, município de

Vídeo: Criminoso armado invade, assalta a clínica São Lucas e foge

Teixeira de Freitas: Na manhã desta quarta-feira, 21 de fevereiro, a ousadia dos criminosos voltou a protagonizar momentos de tensão e pânico.

PETO contra o Tráfico: Quatro presos e apreensão de drogas, faca e

Teixeira de Freitas: Na tarde desta terça-feira, 20 de fevereiro, policiais militares do PETO, em combate ao tráfico de drogas, realizou uma

Ciclista é atropelado por caminhão em Teixeira: Vítima morre no

Teixeira de Freitas: Por volta das 07h00 da manhã desta terça-feira, 20 de fevereiro, um jovem identificado como sendo, Gabriel Costa da Silva,

Plantão Regional: Falta de investimento, sobrecarga, risco aos

Teixeira de Freitas: Nossa equipe de reportagem, que cobre diariamente reportagens policiais em todo o Extremo Sul da Bahia, vem recebendo há

Paraná Pesquisas: 64,6% da população é contrária à

A legalização da maconha não é aprovada por 64,6% da população brasileira, de acordo com levantamento do Paraná Pesquisas divulgado nesta

Nossos Apoiadores: