Menos de 24 Horas após homicídio Polícia Civil de Nova Viçosa elucida crime e prende autores

Nova Viçosa: Sob o comando da delegada Waldiza Fernandes, a equipe do S.I da Delegacia de Polícia Cívil de Nova Viçosa, liderada pelos investigadores Gisele e Marcos Vinícius, na manhã da última sexta-feira, 11 de agosto, logo após o homicídio ocorrido no Bairro Primavera, deram início às investigações. Trata-se de homicídio, que vitimou Nivaldo Constantino Conceição, 34 anos de anos, morto com requintes de crueldade. Os investigadores começaram a ouvir pessoas acerca do que teria motivado o crime e possíveis autores, e estiveram no local, onde após levantamentos, chegaram á motivação e autoria do crime.

Segundo as investigações, por volta de 01h30 da madrugada, já da sexta-feira, alguns moradores ouviram um barulho de briga, e então os vizinhos acionaram a Polícia Militar, pedindo socorro, mas, ao chegarem, Nivaldo já estava morto. Então, os investigadores, juntamente com a delegada, receberam uma informação anônima de que os autores do crime estariam em uma residência localizada na Rua das Rosas, no Bairro Jardim Primavera, em Posto da Mata. A delegada solicitou apoio da Polícia Militar e seguiu com os investigadores até o local denunciado, e após cerco foi identificado que no interior da residência existia 08 pessoas, que foram apreendidas e conduzidas à sede da Delegacia de Polícia Cívil. 



Após horas de oitivas e confrontamento de informações, foi descoberto que o crime foi praticado pelos indivíduos Jonas Monteiro Nunes, 19 anos de idade, o vulgo "Joninha", que reside na Rua Araras, no Bairro Morada dos Eucaliptos; Iuris Ferreira Conceição, 19 anos de idade, que reside na Rua das Flores, no Bairro Jardim Primavera e um adolescente de 17 anos de idade, que também reside no Bairro Jardim Primavera, um quarto suspeito de nome Lucas, também participou do crime, e está foragido.

Segundo as investigações, Jonas, Iuris, Lucas e o menor estavam bebendo em um bar, quando a vítima, Nivaldo, que era conhecido como "Tuinho", teria discutido com o menor. Durante a discussão, Nivaldo chamou o menor de "Porqueira" e logo depois da discussão, foram embora. Já na porta de casa, a vítima voltou a discutir com o menor, e disse que daria uma facada no menor, e então teve início a uma briga, que envolveu Nivaldo (vítima fatal), o adolescente Lucas, Jonas e Iuris. Os acusados então desferiram contra a vítima, socos, pontapés, e golpes com objetos contundentes (pau e pedra). A briga só parou após um morador chegar e separar os autores de perto da vítima, que ficou caída no chão. 



Momentos depois, Lucas e Jonas voltaram até o local e mataram Nivaldo, usando um pedaço de pau, uma lajota e um tronco de madeira, que foram usados para atingir o rosto e a cabeça da vítima. Os acusados foram ouvidos e Jonas confessou o crime, contando todos os detalhes. Com base nos depoimentos colhidos e nas provas apresentadas e colhidas pelos investigadores, a delegada flagranteou Jonas e Iuris por homicídio (artigo 121) combinado com o artigo (244-B). Já o adolescente foi indiciado por homicídio (artigo 121) combinado com o artigo (288) do CPB. Os indivíduos foram transferidos para a carceragem da 8ª COORPIN, onde continuam presos à disposição da Justiça.

Com isso, a resposta da Polícia Civil de Nova Viçosa foi rápida para os moradores de Posto da Mata. Enquanto a população ainda estava assustada com o crime, a Polícia trabalhava e prendia os autores e partícipes do crime. Em contato com a delegada Waldiza Fernandes, ela parabenizou pelo trabalho dos investigadores Gisele e Marcos, e agradeceu ao apoio irrestrito da Polícia Militar. A delegada falou ainda do apoio em toda a ação da 8ª COORPIN, na pessoa da coordenadora Valéria, que descolou uma equipe do N.H.T para a cidade e que ainda realizou a transferência dos autores.

Por: Rafael Vedra/LiberdadeNews

Matéria relacionada:

Homem é morto a golpes de pedra e pau em Posto da Mata 



AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.


Anuncie Aqui!

(73) 9972-7955 || (73) 3013-6687
liberdadenews@hotmail.com
Copyright © 2017 LiberdadeNews - A Força da Notícia. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0