Teixeira de Freitas: Nossa equipe de reportagem foi procurada pelo ex-prefeito de Caravelas, Jadson Ruas (PSL), o qual vem a público desmentir os boatos espalhados pelo atual prefeito de Caravelas, Silvio Ramalho (PMDB), que disse em entrevista a alguns órgãos da imprensa regional, que teria encontrado um rombo nos cofres da Prefeitura Municipal de Caravelas.

Segundo Silvio Ramalho, Jadson Ruas, deixou as contas da prefeitura zeradas, diversas contas de serviços básicos sem estarem quitadas, deixou a folha de pagamento dos servidores sem pagar, e alguns pagamentos só foram efetuados para os aliados do ex-prefeito. Ramalho disse ainda, que há diversos cheques emitidos, e que devem ultrapassar a cifra de quase R$ 4 milhões, sendo que nas contas da prefeitura o saldo deixado foi de R$ 300,00.

Além disso, o novo gestor fez várias outras acusações contra a administração de Ruas, inclusive acusando a antiga gestão de ter subtraído diversos aparelhos, máquinas e eletrônicos, deixando apenas os equipamentos que não estavam funcionando. O prefeito eleito de Caravelas ainda fez diversas outras acusações, e essas e outras foram as justificativas para que Ramalho emitisse um Decreto de Emergência, que dentre outras coisas, justifica contratos sem licitação.

“É uma politicagem desnecessária. Acusações infundadas, com objetivos escusos, sórdidos, com o único objetivo de manchar a minha reputação diante dos caravelenses e das cidades circunvizinhas. Encerro meu mandado de cabeça erguida, de consciência limpa. Paguei todo o funcionalismo, paguei o 13º salário, todos os fornecedores e não deixei nada a ser pago. Deixei mais de R$ 1 milhão em espécie nas contas da Prefeitura”, disse Jadson.

O ex-prefeito enviou para a nossa redação, extratos das contas da prefeitura com saldo em 31 de dezembro, em que desmente o valor de R$ 300,00 (trezentos reais) deixados e que foi divulgado por Silvio Ramalho. Jadson Ruas prometeu enviar novos documentos que comprovam a legalidade de suas contas, revelando que encerrou o seu mandato de forma honesta e honrosa, e de acordo com  o que orienta a Lei de Responsabilidade Fiscal e o Tribunal de Contas da União.

Os extratos são das contas do Fundo da Educação Básica (FEB), com crédito de R$ 172.117,45 (cento e setenta e dois mil, cento e dezessete reais e quarenta e cinco centavos); Fundo Municipal de Saúde (FMS), com crédito de R$ 24.675,15 (vinte e quatro mil seiscentos e setenta e cinco reais e quinze centavos); Fundo de Participação do Município, com crédito de R$ 650.701,69 (seiscentos e cinquenta mil setecentos e um reais e sessenta e nove centavos) e do Fundo Municipal de Recursos Próprios, com crédito de R$ 142.549,10 (cento e quarenta e dois mil quinhentos e quarenta e nove reais e dez centavos).

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Vestibular Pitagoras 2017.2
Casa das Correias
New Impress
previcon
Lecão Car 2017
Connect Informática
Nossos Apoiadores: