Nesta sexta-feira(18), policiais civis da Região Norte, após reunião na Coordenadoria do Complexo Policial de Juazeiro, decidiram que não vão trabalhar nos carnavais de Salvador e Juazeiro devido os baixos valores que são pagos pelas diárias e horas extras durante a realização da festa momesca. Em aderência à campanha do SINDPOC, os policiais que trabalham nos  municípios que integram a Região Norte já assinaram o  "Requerimento de Desistência" referente à prestação de serviço de 2018 em protesto às escalas extraordinárias do carnaval de Salvador, micaretas e o carnaval antecipado de Juazeiro.    

Além dos valores pagos pelos dias trabalhados durante a festa carnavalesca, os servidores reivindicam o decreto de promoção, os reajustes lineares dos anos de 2016 e 2017 e o Projeto de Reestruturação das Carreiras encaminhado pelas entidades da Polícia Civil à SAEB.  Até o momento, o Governo do Estado não demonstrou disposição em negociar com os servidores.

O SINDPOC irá realizar reuniões e mobilizações em todas as Coordenadorias do interior baiano, nas  delegacias de Salvador e Região Metropolitana para discutir a possibilidade de não aderência à escala do carnaval. Está prevista  uma Assembleia e ato político, em Salvador, que vão  reunir os policiais civis de todo o Estado, em data ainda a ser definida.

O Presidente do SINDPOC, Marcos Maurício, esclarece que o Requerimento de Desistência não possui caráter  de greve e nem de paralisação. O sindicalista destaca que os policiais irão manter os serviços de acordo com a carga horária normal de 40 horas semanais. O impasse consiste na aderência à  escala do carnaval que é imposta pelo Governo do Estado. A categoria questiona  os valores pagos  pelas diárias e horas extras durante a festa carnavalesca. 

" Esse quadro reflete a gestão ruim da Secretaria de Segurança Pública que, atualmente, alega não possuir  recursos nem para comprar uma água mineral para as unidades policiais. O Governo do Estado deve rever a forma como administra a Segurança Pública e ter maior sensibilidade com os policiais  que diariamente doam suas   vidas em defesa da sociedade!", protesta Marcos Maurício.

O Vice-Presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes, denuncia que os  servidores que trabalham nos principais carnavais da Bahia são remunerados com  valores insuficientes que não conseguem cubrir as despesas de alimentação, hospedagem e transporte. " É um trabalho análogo ao da escravidão. No carnaval, os  servidores acabam dormindo em viaturas, abrigos e escolas. São  condições de trabalho  totalmente precárias!, critica o sindicalista.

Segundo Eustácio Lopes, devido  o baixo efetivo da Polícia Civil que, atualmente, encontra-se com menos de 7.500 servidores, e o ideal seria em torno de 15.000 policiais civis ativos, a categoria trabalha com cargas horárias excessivas chegando a 120 horas extras por mês. 

O carnaval da Bahia está previsto para ser realizado nos seguintes municípios: Caravelas, Prado, Mucuri, Alcobaça, Porto Seguro,Cabral,  Belmonte, Canavieiras, Ilhéus,Itacaré,Barra Grande, Morro de São Paulo, Itabuna, Valença, Juazeiro, Salvador e Região Metropolitana. Será protocolado, no final do mês de agosto, o Requerimento de Desistência dos policiais baianos, na sede da Polícia Civil, Praça da Piedade, centro da capital baiana.

ASCOM SINDPOC Jaqueline Barreto

 

193 mil baianos podem ter aposentadoria bloqueada

Comprovação de vida deve ser realizado por todos os aposentados que recebem o benefício até 28 de fevereiro Cerca de 193 mil baianos podem ter

Lava Jato já bloqueou US$ 44 milhões no exterior em 2018

O Brasil bloqueou neste ano US$ 44 milhões depositados em bancos suíços, decorrentes de investigações da Operação Lava Jato, de acordo com

Entrega da declaração do Imposto de Renda começa dia 1º de março

Segundo a Receita Federal, data limite para envio do IR é 30 de abril. Deve declarar quem recebeu mais de R$ 28.559,70 no ano passado. Secretaria

Segundo IBGE, falta trabalho para 26,4 milhões de brasileiros

Dados do 4º trimestre de 2017 incluem trabalhadores desocupados, mas que poderiam trabalhar, e também aqueles que trabalham menos de 40 horas por

Garotinho é internado com dores no peito, diz advogado

Rosinha afirma que o marido está bem e passa por exames. Em 2016, após Garotinho ser preso pela Polícia Federal, ele passou mal e chegou a ser

Candidatura de Temer enfrenta resistência no MDB

A possível candidatura do presidente Michel Temer a um segundo mandato enfrenta resistências não apenas em partidos da base aliada do governo,

PIS: Trabalhadores nascidos em março e abril começam a receber

Valores variam de R$ 80 a R$ 954 conforme o tempo de trabalho em 2016, de acordo com a Caixa Econômica Federal O pagamento do abono salarial PIS

STJ aceita denúncia, e Mário Negromonte vira réu por corrupção

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) aceitou nesta quarta-feira (21), por unanimidade, a denúncia da Procuradoria-Geral da

Trump fala em mudanças de regras sobre armas nos EUA

Os protestos na Flórida e em frente à Casa Branca de alunos da escola de Parksland, onde um jovem matou 17 pessoas e feriu 14 há uma semana,

Juiz que dirigiu Porsche de Eike é condenado a 52 anos de prisão

Três anos após ser flagrado dirigindo o Porsche que pertencia ao empresário Eike Batista e havia sido apreendido pela Justiça, o juiz federal

Nossos Apoiadores: