Política

Tiroteio em Itabuna deixam cinco Feridos

Um tiroteio ocorrido na madrugada desta quinta-feira (24) assustou moradores do bairro São Lourenço, na cidade de Itabuna – sul do estado. Segundo reportagem do Correio, cinco pessoas foram baleadas por um grupo de bandidos que entraram a atirar em uma festa de São João do município. Os atingidos foram encaminhados ao Hospital de Base de Itabuna e nenhum corre risco de morrer. Ninguém foi preso.

Eliminação da Itália na Copa gera desconforto político no país europeu

 

A eliminação da seleção italiana da Copa do Mundo de 2010 nesta quinta-feira, após a derrota para a Eslováquia, causou não apenas críticas dos cidadãos do país europeu, como discussões entre os políticos, que passaram a comentar o resultado da disputa.

"Se a seleção era a última coisa que garantia a unidade da Itália, o resultado deste Mundial deu o golpe de misericórdia", opinou o deputado Mario Borghezio, da Liga Norte.

Já o vice-presidente do Partido Democrata (PD, maior força de oposição do país), Giorgio Merlo, opinou que "uma derrota como a sofrida hoje para a Eslováquia nos lembra o tempo da eliminação na disputa com a Coreia, em 1966, com uma diferença: muitos tiveram a impressão ou a certeza de que desta vez havia quase a intenção de ser eliminados".

Por sua parte, o opositor Paolo Cento afirmou que "a eliminação da seleção italiana do Mundial de Futebol é uma grande desilusão que merece nas próximas semanas uma aprofundada reflexão por parte de todos do futebol italiano".

Mais cedo, o ministro para as Simplificações Normativas, Roberto Calderoli, expressou sua "vergonha" e afirmou que o jogo foi "simplesmente ridículo". Esta "prematura eliminação não é nada além do que o resultado de uma estúpida política desportiva", afirmou o político, que logo foi criticado.

"Calderoli irrita mais que uma vuvuzela", declarou o líder do Itália dos Valores (IDV) na Câmara dos Deputados, Massimo Donadi.

Por sua vez, o subsecretário do governo italiano Rocco Crimi afirmou que a Itália deverá agora analisar a situação com "a cabeça fria", para reencontrar a "tradição" do futebol italiano.

"Esperava encontrar a unidade na alegria da vitória e, em vez disso, encontramos a tristeza de uma derrota sem atenuantes", contou Crimi, representante da Presidência do Conselho de Ministros.

"Não devemos reagir com a emoção, mas com a cabeça fria, será preciso para fazer uma análise aprofundada, com o objetivo de reencontrar o papel que a nossa tradição nos dá. Conversei por telefone com o presidente do Coni [Comitê Olímpico Nacional Italiano, Gianni Petrucci] e nos encontraremos nos próximos dias", completou.

A derrota da seleção de Marcello Lippi na primeira fase da Copa do Mundo de 2010 foi duramente sentida no país europeu que já levou quatro títulos mundiais, incluindo o da última competição, disputada na Alemanha em 2006.

Com a pior campanha em um Mundial, os italianos voltam para a casa sem uma vitória, conseguindo apenas empates contra o Paraguai e a Nova Zelândia, além da derrota desta quinta-feira por 3 a 2.

DA ANSA, EM ROMA

SÃO JOÃO DE GEDDEL É POLÍTICO

 

 


O candidato do PMDB ao governo do Estado, Geddel Vieira Lima, não perdeu tempo nesta quinta-feira (24) de São João e matou o chamado “dois coelhos com um só tiro”. O peemedebista participou de uma das maiores caminhadas juninas do interior da Bahia: o Arrastão do Sabiá, na cidade de Gandu. É um festejo tradicional que referenda o santo, assim como é bastante explorado politicamente. Além de parte da “tropa de elite” do ex-ministro, como o senador César Borges (PR) e o deputado Leur Lomanto Jr. (PMDB), o deputado do DEM Jorge Khouri também foi presença marcante na cidade..

Lula sanciona lei do Monitoramento Eletrônico

O presidente Luís Inácio Lula da Silva sancionou o Projeto de Lei 175/07, do senador Magno Malta, que autoriza o monitoramento eletrônico de apenados nos casos de saída temporária no regime semiaberto ou de prisão domiciliar. A medida está prevista na Lei 12.258, já publicada no Diário Oficial da União, e causou muita polêmica. O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil já se manifestou e questionou a constitucionalidade da inovação.



BN >

Geddel fala como governo em convenção

O protagonista da convenção do PMDB, que ocorreu nesta segunda-feira (21), Geddel Vieira Lima, que disputa a eleição para governador da Bahia, fez um discurso inflamado no evento e já falou como gestor do Estado. O peemedebista tentou tranquilizar a sua aliada Dilma Rousseff sobre uma série de cogitações que andam a surgir no que se refere ao duplo palanque em que a petista terá de enfrentar nesta disputa eleitoral no Estado. “Falam por aí que a Dilma ficou em saia justa por causa dos palanques, mas você (Dilma) pode vir à Bahia quantas vezes quiser, que eu vou te levar aos cantos e recantos do estado como minha aliada e companheira”, confortou. Geddel explicou que a parceria entre eles continuará intacta, mesmo com as divergências existentes entre PMDB e PT na Bahia. “Homens, mulheres, filhos e filhas, todos estão conclamados a eleger Dilma presidente do Brasil”, finalizou.

BN >


Anuncie Aqui!

(73) 9972-7955 || (73) 3013-6687
liberdadenews@hotmail.com
Copyright © 2017 LiberdadeNews - A Força da Notícia. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0