Prado: Na manhã desta quinta-feira, 18 de maio, a Polícia Civil do Prado, liderada pelo delegado Kleber Gonçalves, se dividiu em 02 equipes e saiu em diligências até o distrito de Cumuruxatiba, com a finalidade de cumprirem um mandado de busca e apreensão em duas residências, que eram usadas por um indivíduo de vulgo “Geo” e seus comparsas, para a comercialização e depósito de drogas.

Durante a chegada das equipes e buscas nos imóveis, foi encontrado em uma das residências alvo, o acusado Geovane Soares Amorim, o vulgo “Geo”, que estava portando 01 revólver Taurus, calibre 38, municiado. Com a chegada e o cerco montado pelos policiais civis, “Geo”, então largou a arma e evitou uma resistência e possível troca de tiros, sendo devidamente abordado e revistado pelos policiais.

Em ato contínuo, as equipes realizaram buscas em um dos imóveis e encontraram 01 porção de “maconha”, já preparada e pronta para venda ou consumo. Em outra residência encontraram 01 tablete de “maconha” prensada, além de vários objetos que são utilizados para embalar as drogas, tais como, sacos plásticos, papel filme e fitas adesivas.

Geovane Soares recebeu voz de prisão e foi conduzido à sede da Delegacia de Polícia Civil de Prado, onde foi ouvido e negou o crime de tráfico de drogas, dizendo estar desempregado. Porém, na revista, os policiais encontraram ainda US$291,00 (duzentos e noventa e um dólares), R$ 633,00 (seiscentos e trinta e três reais) e 20 Euros em posse do acusado.

Devido às contradições, investigações e provas colhidas, o acusado foi flagranteado por porte ilegal de arma de fogo e por tráfico de drogas, já que ele era monitorado há alguns meses pelo S.I da Polícia Civil de Prado. O delegado ainda apreendeu com o acusado uma caminhonete Chevrolet/S10, branca, licenciada em Itamaraju/BA, que  será submetida a buscas e também a uma  perícia.

Segundo a Polícia, Geovane possui uma extensa ficha criminal, por crimes como tráfico de drogas, roubo e posse de arma de fogo. O traficante é conhecido das polícias de Brasília/DF, Porto Seguro, Itabuna e Itamaraju e agora no Prado, onde teve sua "casa derrubada” pelo delegado Kleber Gonçalves e toda equipe da Polícia Civil.

Por: Rafael Vedra/Liberdadenews 

Vestibular Pitagoras 2017.2
Casa das Correias
New Impress
previcon
Lecão Car 2017
Connect Informática
Nossos Apoiadores: