O ex-prefeito de Itagimirim, Rogério Andrade (PP), foi solto na tarde desta quinta-feira (18), após pagar a fiança R$ 90 mil. Segundo o delegado Moisés Damasceno, ele foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, já que no dia anterior, durante uma operação realizada a pedido do Ministério Público, foi apreendida uma espingarda calibre 12 em um de seus imóveis.

Andrade e quatro ex-secretários municipais foram levados coercitivamente para prestar depoimento na delegacia de Eunápolis. Segundo o promotor de justiça Helber Luiz Batista, eles são investigados por uma série de irregularidades na prefeitura. Na ação, que teve autorização da justiça, foram apreendidos documentos e diversos bens, dentre eles a cadeira do gabinete do prefeito. O material foi furtado no fim da gestão de Rogério Andrade. 

Na quarta-feira (17), os ex-secretários Rafael Amaral, Sérgio Murilo e Wesley Gonçalves foram ouvidos e liberados, mas Rilson Neres permaneceu detido, à disposição da justiça, pois a polícia apreendeu com ele munição de fuzil calibre 762, de uso restrito.

Fonte: Radar64

Vestibular Pitagoras 2017.2
Casa das Correias
New Impress
previcon
Lecão Car 2017
Connect Informática
Nossos Apoiadores: