Trabalhadores do movimento sem terra invadem prefeituras da região

Na manhã dessa quarta feira (23), trabalhadores do movimento sem terra (MST) ocuparam a sub prefeitura de Itabatã, distrito de Mucuri, são mais de 500 famílias nessa localidade, já na cidade de Itamaraju, também ocuparam a prefeitura cerca de 700 famílias. Segundo os trabalhadores eles reivindicam a pauta feita em 2012, onde os prefeitos prometeram melhorias no transporte, saúde, educação, infra estrutura e melhoria em geral nos assentamentos.

Como não tiveram respaldo dos prefeitos, eles resolveram fazer essa ocupação por tempo indeterminado, até que os gestores os recebam e que cheguem a um acordo.

Os integrantes do MST chegaram ás prefeituras com fogões, bolsas, colchões e alimentos suficientes para permanecer por um bom tempo. A Liderança fez questão de deixar claro que a manifestação é em prol da educação, construção ou reforma de escolas em vários assentamentos, melhoria no transporte escolar. Mas também aproveitaram para cobrar alguns benefícios na saúde e infra estrutura.

No ano passado também no mês de Janeiro aconteceu esse movimento com as mesmas reivindicações, onde os prefeitos os receberam e prometeram resolver os problemas, 1 ano depois segundo Cinair da Silva Paixão, Dirigente estadual do movimento  nada foi resolvido.

“Não podemos permitir que as aulas comecem nas mesmas condições do ano passado, a ocupação é a forma que o Movimento tem para cobrar dos gestores a realização de suas obrigações”. Enfatiza o dirigente estadual do movimento, Cinair da Silva Paixão. Segundo informações apenas as prefeituras de Mucuri e Itamaraju foram ocupadas até o momento, mas nos próximos dias mais 10 prefeituras entraram na lista.

Por: Mirian Ferreira/Liberdadenews

Foto: Sulbahianews



AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.


Anuncie Aqui!

(73) 9972-7955 || (73) 3013-6687
liberdadenews@hotmail.com
Copyright © 2017 LiberdadeNews - A Força da Notícia. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0