Com a rápida expansão do zika em território brasileiro nos últimos anos, há um tempo pesquisas na Fiocruz tentam indicar se outros vetores -- além do Aedes aegypti -- são capazes de transmitir o vírus.

A desconfiança maior recaiu sobre o pernilongo Culex quinquefasciatus que, como o Aedes, é comum em áreas urbanas. A Fiocruz, então, foi investigar se o mosquito é capaz de transmitir o zika – e, agora, após o sequenciamento genético parcial do vírus encontrado no mosquito, pesquisadores afirmam que há dados consistentes capazes de sugerir que o Culex é transmissor do zika em Recife.

O estudo foi publicado nesta terça-feira (9) no "Emerging Microbes & Infections", publicação do grupo "Nature". "No Recife, a população de Culex é maior que a do Aedes. A hipótese era que, se o pernilongo fosse um vetor, isso poderia explicar o porquê do zika ter se espalhado com relativa rapidez aqui e no Brasil", aponta Gabriel Wallau, pesquisador da Fiocruz e um dos autores do artigo.

A Fiocruz já sequenciou genoma do zika coletado em humanos. O artigo foi publicado na revista "PLos" em 2016. Agora, a diferença foi que o vírus sequenciado foi obtido do mosquito coletados em Pernambuco. Semelhanças entre os dois sequenciamentos se somam ao corpo de evidências de que o Culex tem potencial para ser um vetor.

Além disso, cientistas descreveram evidências microscópicas de que o vírus está se replicando na glândula salivar do Culex. Eles também identificaram várias sequencias genéticas do vírus em diferentes tecidos do mosquito com técnicas de biologia molecular.

“Se a gente comparar com todos os artigos que saíram sobre o assunto, esse é o artigo mais completo, com o maior número de evidências", diz Wallau. O pesquisador aponta que é a primeira vez que se faz um sequenciamento genético do vírus a partir do Culex. O sequenciamento do Zika a partir do Aedes foi feito por um grupo nos Estados Unidos.

O achado pode influenciar políticas públicas voltadas para o controle do mosquito. A Fiocruz agora pretende mapear o comportamento do pernilongo no meio ambiente para entender se o Culex de fato tem o mesmo poder de transmissão que o Aedes.

Evidência anterior foi contraditória: Até agora, pesquisas sobre se o pernilongo seria um possível vetor do zika foram dúbias -- enquanto alguns estudos demonstraram que o Culex não transmite o vírus, um artigo recente publicado no mesmo periódico indicou que o pernilongo coletado em áreas urbanas da China foi infectado com cepas locais do vírus zika.

O pesquisador da Fiocruz explica que são muitas as razões para a inconsistência entre os estudos, e que diferenças na capacidade de um mosquito ser ou não vetor são comuns.

Confira cinco alimentos ideais para consumir antes de dormir

Muita gente fica com peso na consciência de comer antes de dormir, mas não é necessário passar fome após o jantar. Para “beslicar” antes

Anvisa aprova vacinação em farmácias

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta terça-feira (12) uma nova resolução que permite que qualquer

O sol de verão e a pele, um velho problema

Os raios solares podem trazer consequências danosas à pele, principalmente no verão quando as pessoas ficam mais expostas. Segundo a

Alcobaça: Centenas de pessoas foram atendidas no dia da cidadania

Alcobaça: Os moradores do bairro mais populoso de São José de Alcobaça foram atendidos neste sábado (02) no Dia da Cidadania (nome atribuído

STF decide que regras do programa Mais Médicos são constitucionais

O Supremo Tribunal Federal (STF) validou nesta quinta-feira (30) as regras do programa Mais Médicos, criado em 2013 na gestão da ex-presidente

Câncer: Prefeitura Apoia Ação de Prevenção do dia 10 de Dezembro

Nessa sexta-feira, dia 1º de dezembro, inicia-se, oficialmente o Dezembro Laranja, um mês dedicado à prevenção e combate precoce do câncer de

Teixeira: Campanha de Doação de Sangue Católica

A Diocese de Teixeira de Freitas/ Caravelas (BA), por meio dos jovens da Pastoral Universitária, Ministério Universidades Renovadas e Renovação

Saúde: Mais da metade dos brasileiros está infectada com HPV

Mais de metade da população brasileira está infectada pelo vírus HPV, apontou estudo divulgado nesta segunda-feira (27) pelo Ministério da

Moscas ajudam a transmitir bactérias que causam gastrite e úlcera

Um estudo revela que as moscas podem carregar centenas e diferentes espécies de bactérias prejudiciais aos seres humanos. A pesquisa foi

Após ameaça de paralisação, médicos do HMTF se reúnem com

Teixeira de Freitas: Nesta última semana, foi divulgado um comunicado dos médicos do HMTF, principalmente da Equipe de

Casa das Correias
New Impress
previcon
Lecão Car 2017
Connect Informática
Pitagoras Connect
Nossos Apoiadores: