Teixeira de Freitas: A redação  do Liberdade News foi procurada pela empresária da cidade de Alcobaça que esteve envolvida em uma recente polêmica abordagem da PM (Barreira Sanitária) no Trevo de Alcobaça. A empresária postou um vídeo da abordagem, que viralizou nas redes sociais. O comando da 88° CIPM emitiu nota sobre a abordagem, e a empresária solicitou o seu direito de resposta.

Segue a Nota na Íntegra:

Nota de esclarecimento

Fato: Abordagem policial

No trevo de Alcobaça/BA - 30/04/20

É de conhecimento geral da população de Alcobaça e região a desagradável situação vivida por mim, onde acompanhada de minha filha de 4 anos de idade e com uma amiga da família, portadora de necessidades especiais, fomos abordadas pelo um policial militar (sargento). Creio que depois de tanta repercussão e com tantas testemunhas presentes naquele momento e tantas outras vítimas da truculência desse indivíduo, não necessito de muitas explicações, porém, com a nota que foi emitida oficialmente pela 88ª CIPM/Alcobaça, me sinto obrigada a fazer alguns esclarecimentos:

1 - Minha indignação não foi decorrente do simples fato de ter sido abordada numa barreira sanitária (que na prática, tem sido muito mais usada como uma blitz policial perpétua do que como barreira sanitária). Já fui, como tantos outros condutores, abordada por policiais que cumpriam seu dever e que, ao contrário do cidadão citado, sabem diferenciar a abordagem de um cidadão de bem da de um vagabundo traficante.

2 - Meu IPVA estava PAGO desde o ano passado (inclusive já circula também nas redes sociais tanto o comprovante do pagamento quanto a certidão negativa de débito de ipva emitida pela secretaria estadual da fazenda) e eu aguardava a chegada da documentação, mas diante dos sucessivos feriados e da quarentena imposta pela pandemia, não achei estranho a demora da chegada do documento; o que seria percebido numa situação normal, onde eu teria ido ao Detran saber se restava alguma pendência, no caso, a taxa de licenciamento, que inclusive tem um valor irrisório quando comparado ao valor do IPVA. Todo mundo que tem um carro, mesmo o mais simples, sabe disso. Quando paguei o IPVA, emiti o boleto de pagamento na secretaria da fazenda, então achei que já estava tudo incluído no valor. Uma vez que paguei o que era mais caro, que era o IPVA, não haveria porque não pagar a taxa de licenciamento, a não ser pelo equívoco da pessoa que me atendeu na secretaria da fazenda em não incluir essa taxa tão pequena no boleto que seria pago. Ou seja, uma situação simplíssima de se resolver. Mas não era isso que esse cidadão queria, o que ele queria mesmo era abusar de sua autoridade, como faz todo santo dia quando ele está de plantão naquela barreira, seja um com um comerciante, profissional de saúde, autoridade religiosa, ou o que for. Com isso, declarou que tanto eu quanto meu veículo estávamos presos, não importava a circunstância;

3 - Gravei sim, o que estava acontecendo, e só depois disso ele passou a tentar disfarçar sua agressividade, porque sabia que estava sendo filmado. Eu precisava de mais uma prova material pra me defender, e quantas vezes forem necessárias, gravarei de novo, e recomendo que todo cidadão vítima de ABUSO DE AUTORIDADE, CRIME este sancionado ano passado, faça o mesmo; porque entre a palavra dele e a da vítima, apenas as PROVAS e TESTEMUNHAS podem mostrar a verdade;

4 - Ao contrário do que a nota da PM diz, não houve condescendência NENHUMA por parte desse indivíduo. Muito pelo contrário. Chegou a dizer que se eu quisesse, que ficasse lá no meio do mato com minha criança e com minha amiga portadora de necessidades especiais (tenho testemunhas). Só fui liberada porque imediatamente entrei em contato com meu advogado e com uma outra pessoa, que foi determinante para que eu saísse daquela situação vexatória (também tenho provas disso);

5 - A questão nunca se tratou por me sentir “desprestigiada”, o que é até ridículo de me acusar. Como a nota diz, sou sim empresária há anos em Alcobaça, vivo de forma simples e discreta, e emprego sim várias famílias, as quais são tratadas com zelo  e respeito (e muito me orgulho de poder proporcionar isso, mesmo diante de uma crise que já devastou mais de 9 milhões de empregos somente no último mês em todo o país); bem como o faz  toda minha família, que trabalha de sol a sol há anos como todo cidadão honesto faz, mas não é essa a questão. Prestígio não se exige, se conquista. E justamente por isso não preciso exigir NADA, porque a própria população de Alcobaça já decidiu se merecemos ou não prestígio. O que eu exijo é RESPEITO! Respeito que esse cidadão passou longe de ter com minha pessoa e com quem estava comigo, nos humilhando em via pública, ABUSANDO DE AUTORIDADE, com seu colega o tempo inteiro com o dedo no gatilho de seu FUZIL (como consta no vídeo divulgado), como se estivesse tratando com um bandido, querendo prender tanto a mim quanto ao meu veículo com minha filha dentro e a amiga que me acompanhava, por um motivo ridículo. Aliás, fica aqui uma pergunta: porque esses dois valentões não estavam nas ruas procurando assassino e traficante? Deve ser mesmo muito mais importante abordar com truculência uma cidadã pagadora dos impostos que ajuda inclusive a pagar o próprio salário desses SERVIDORES PÚBLICOS que não servem a ninguém, a não ser a si mesmos, do que procurar bandido na rua. Afinal, com cidadão é “fácil” de se abusar, não é mesmo?

5 - Que a sindicância seja mesmo feita com lisura, é o mínimo que se espera de uma corporação de autoridade como a PM. Mas para garantir, meu advogado também já está tomando todas as medidas para que esse ABUSO DE AUTORIDADE  não se repita com nenhum outro cidadão Alcobacence. O povo de bem de Alcobaça não merece ser oprimido desse jeito, muito menos por quem deveria ter a obrigação de zelar por nós. Vou até às últimas instâncias legais para garantir que isso jamais se repita, e com fé em Deus, nós triunfaremos.

6 - A nota termina orientando a não coadunar com “fakenews”. Concordo plenamente. Mas acima disso, não coadunem com o ABUSO, OPRESSÃO E INJUSTIÇA! Exijam seus DIREITOS! Exijam RESPEITO!

7 - Por fim, gostaria de salientar que o problema nunca foi a corporação em si. Tenho vários amigos policiais que cumprem exemplarmente o seu dever e zelam com sua própria vida para garantir o bem-estar de nossa Alcobaça. Sempre fui bem servida pelos serviços da Polícia Militar, e sem ela, nossa sociedade seria um caos. Entretanto, combater um câncer que se aloja no hospedeiro é fundamental para garantir que o corpo funcione como deve.

Deus abençoe a todos.

Estou com meus conterrâneos nessa luta!

Abraços

Por: Liberdadenews/Ascom

Materia relacionada

https://liberdadenews.com.br/policia/33318-88-cipm-emite-nota-de-esclarecimento-sobre-abordagem-a-empresaria-no-trevo-de-alcobaca-2

Familiares de Nayelle clamam por Justiça: "Não queremos vingança,

Teixeira de Freitas: Familiares de Nayelle Alves Ribeiro, 31 anos, procuraram o Liberdade News para clamar por justiça. Os familiares sabem que o

Funcionário da Bahiabeer é assassinado a tiros no Monte Castelo em

Teixeira de Freitas: O assassinato aconteceu por volta das 06h30 da manhã desta segunda-feira, 13 de julho, na Rua Nossa Senhora Aparecida, no

Vídeo: Homem executado a tiros por criminosos encapuzados no Ulisses

Teixeira de Freitas: O homicídio aconteceu por volta das 17h00 deste domingo, 12 de julho, na Rua Irlanda, no Bairro Ulisses Guimarães. A vítima

Jovem desaparecido em Teixeira é encontrado morto no Rio do Ouro em

Itamaraju: Na manhã deste domingo, 12 de julho, moradores da Rua Madeira, no Bairro Marotinho, avistaram um corpo boiando às margens do rio Rio

PM prende jovem que agrediu casal de idosos para roubar no interior

Mucuri: Na madrugada deste domingo, 12 de julho, Políciais Militares da 89ª Companhia Independente de Polícia Militar de Mucuri, foram

Jovem baleado no Bairro São Lourenço é socorrido ao HMTF e morre

Teixeira de Freitas: O fato aconteceu na noite deste sábado, 11 de julho, na Rua Jacó do Bandolim, no Bairro São Lourenço, na cidade de

Jovem é baleado no Bairro Bom Jesus e socorrido ao HMTF em Teixeira

Teixeira de Freitas: O fato aconteceu na manhã deste sábado, 11 de julho, na Rua Félix Ramos de Souza, no Bairro Bom Jesus, na cidade de

“Val da Sucata” nega ser mandante do crime e assassino conta

Teixeira de Freitas: Nossa equipe de reportagem ficou até o fim da noite desta sexta-feira, 10 de julho, na Delegacia Territorial de Teixeira de

Vídeo: Acusado de matar dona de ferro velho em Teixeira diz que

Teixeira de Freitas: Após o crime que aconteceu na tarde desta sexta-feira, 10 de julho, na Rua Rio Negro, no Bairro Monte Castelo, que assassinou

Dona de Ferro Velho é assassinada a tiros no Bairro Monte Castelo em

Teixeira de Freitas: O homicídio consumado aconteceu, na tarde desta sexta-feira, 10 de julho, na Rua Rio Negro, no Bairro Monte Castelo, quando

Nossos Apoiadores: