O Brasil criou uma força-tarefa para controlar o ingresso de venezuelanos em Roraima, medida anunciada em visita do presidente Michel Temer ontem a Boa Vista. De acordo com o plano, haverá aumento de 100 para 200 homens nos pelotões de fronteira no Estado e duplicação dos postos de fiscalização. O governo federal pretende aplicar R$ 15 milhões na contenção de novos refugiados – alguns dos quais são usados pelo crime organizado – e na ajuda para os que já chegaram.

Segundo a Polícia Federal, 42 mil imigrantes venezuelanos entraram em 2017 por via terrestre em Roraima e não saíram. Isso equivale a 10% da população do Estado, de 400 mil moradores. Depois do anúncio da assinatura de uma medida provisória decretando uma espécie de “estado de emergência social” na região, os ministros da Defesa, Raul Jungmann, do Gabinete de Segurança Constitucional (GSI), Sérgio Etchegoyen, e da Justiça, Torquato Jardim, detalharam algumas das medidas.

No que se refere ao Ministério da Justiça, 32 homens da Força Nacional que estão em Manaus serão deslocados para Roraima e oito caminhonetes, assim como motocicletas, serão levadas para ajudar no patrulhamento. Um hospital de campanha será montado em Pacaraima, cidade fronteiriça.

Novos centros de triagem devem ser instalados na região. O ministro da Justiça falou em R$ 700 mil iniciais para a instalação das unidades e anunciou nova reunião em 14 de março, para tratar especificamente da população indígena. Ele reiterou que após o carnaval um censo entre os venezuelanos definirá quais serão enviados para São Paulo, Paraná, Amazonas e Mato Grosso do Sul. Jungmann ressaltou a necessidade de distribuição dos imigrantes pelo País, salientando que “este é um problema nacional, que se dá pelo norte do País por uma questão de fronteiras”.

Temer, que não chegou a passar pelas ruas e praças de Boa Vista tomadas pelos imigrantes, listou o fluxo de refugiados para o Estado como um problema grave, que pode ter impacto em outras partes do País. “Todos os recursos necessários serão usados para solucionar a questão”, prometeu, indicando que pretende resolver a questão este ano. De acordo com o presidente, a governadora de Roraima, Suely Campos, mencionou que cidadãos do país vizinho estariam “tirando emprego de roraimenses”. “Temos milhares de venezuelanos em Roraima que demandam remédios e alimentação e não podemos e nem queremos fechar as fronteiras”, afirmou Temer. O presidente anunciou revalidação de diplomas para professores e médicos venezuelanos, como forma de aumentar a participação deles na assistência. Canadá, Estados Unidos e União Europeia já ofereceram ajuda para controlar o fluxo desordenado.

A governadora de Roraima entregou um documento com 11 sugestões, entre as quais está a atuação do Exército no policiamento ostensivo em Pacaraima. Ela afirmou que o crime organizado aproveita a vulnerabilidade dos venezuelanos para fazê-los transportar drogas e armas para o Brasil.

Fonte: Jornal O Estado de S. Paulo.


Voyage roubado com placa de Porto Seguro é recuperado pela PM de

Caravelas: Na tarde desta segunda-feira, 20 de agosto, por volta das 16h00, uma guarnição da 88ª CIPM se deslocou ao distrito de Ponta de Areia,

A NICA DA LIBERDADE 180

Ramiro Guedes SHINDLER, O HERÓI Final de semana sem Almoço à Brasileira (o programa está de férias), aproveito para ler “A Lista de

Campanha, debates e o dilema em não saber em quem votar

A campanha eleitoral começou oficialmente na última quinta-feira. No entanto, há tempos os candidatos jorram ideias e críticas aos adversários

José Dirceu participou de marcha por registro de Lula

O ex-ministro José Dirceu (PT) acompanhou parte da caminhada feita pela militância petista pelo registro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da

Uldurico Pinto desafia novamente a Justiça e usa Rádio para

Teixeira de Freitas: No último dia 08 de agosto, o Ministério Público Eleitoral, por meio da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) na Bahia

Comitê de Direitos Humanos da ONU recomenda que o Estado brasileiro

SÃO PAULO - O Comitê de Direitos Humanos da ONU acolheu, em caráter liminar, o pedido da defesa do ex-presidente Lula para que ele possa disputar

Preso, ex-deputado Eduardo Cunha quer Lula candidato

O ex-deputado federal Eduardo Cunha (MDB) voltou a se manifestar nesta sexta-feira (17), com uma ‘Carta à Nação brasileira’ publicada no

Propaganda eleitoral paga na internet terá que ser identificada

Com o começo oficial da campanha eleitoral, teve início também a divulgação de publicidade voltada à disputa de outubro. Além dos

Bahia tem 877 mil pessoas que deixaram de procurar emprego; esse é o

Bahia: Uma pesquisa divulgada pelo IBGE mostra que o número de baianos que deixaram de procurar emprego voltou a crescer e é o mais alto em

MP Eleitoral recomenda que emissoras baianas não promovam

A veiculação de propagandas políticas e a difusão de opiniões, durante as campanhas, é ilegal e desequilibra a disputa eleitoral. O

Nossos Apoiadores: