Candidato do PSDB já foi prejudicado pela prática, mas agora tucanos dizem que 'votar em Bolsonaro é eleger o PT'. A estratégia é mostrar que Alckmin tem mais chances de vencer o PT no 2º turno. Nos últimos dias, Geraldo Alckmin (PSDB) passou a defender o voto útil como uma forma de chegar ao segundo turno, embora já tenha sido um crítico da prática. "Falar em voto útil é ser contra a democracia, porque evita o debate de ideias e tira do eleitor o direito de comparar as propostas dos candidatos", declarou o tucano, em agosto de 2000, quando era candidato a prefeito de São Paulo.

Hoje os tucanos são grandes entusiastas do voto útil, dizendo que "votar em Bolsonaro é eleger o PT". A ideia que passaram a defender é a de que Alckmin tem mais chances de vencer o PT no segundo turno que o candidato do PSL, Jair Bolsonaro. Segundo o presidenciável do PSDB, Bolsonaro é o "passaporte para a volta do PT".

As declarações têm como base as pesquisas de intenção de voto que o apontam com uma vantagem maior que o candidato do PSL na disputa contra o petista, Fernando Haddad, no segundo turno. De acordo com o último Datafolha, na disputa contra Fernando Haddad (PT), o tucano tem 43% das intenções de voto, contra 29% – uma diferença de 14 pontos porcentuais. Já Bolsonaro, na disputa com o PT, empata com Haddad, com o petista numericamente à frente dele (39% a 38%).

Alckmin mudou de opinião em relação ao voto útil, mesmo tendo sido prejudicado por esse tipo de campanha na eleição municipal de 2000. À época, ele era alvo de pedidos de voto útil, feitos pela candidata do PT, Marta Suplicy, que estava em primeiro lugar na disputa. Marta focava nos eleitores que rejeitavam o então candidato do PPB e ex-prefeito paulistano, Paulo Maluf, e que temiam, num segundo turno, a vitória dele em razão da rejeição ao PT. Marta passou a dizer que ela tinha condições de vencer a campanha já no primeiro turno e começou a pedir o voto daqueles que pretendiam escolher Alckmin. A estratégia não deu muito certo. Ela não teve votos suficientes para evitar o segundo turno. Teve de enfrentar – e derrotar – Maluf. Alckmin foi o grande lesado por essa estratégia do PT. Ficou em terceiro lugar, perdendo para Maluf a vaga no segundo turno por menos de 8 mil votos. Talvez, se a campanha pelo voto útil não tivesse ocorrido, com Marta recebendo parte dos seus votos, o tucano tivesse passado para a segunda etapa da eleição.

Pela esquerda, Ciro Gomes (PDT) também tem sido um defensor do voto útil, ao dizer que é o candidato com maiores condições de derrotar Bolsonaro no segundo turno. Pretende, assim, pegar votos de simpatizantes do PT que temem a eleição do candidato do PSL. Assim como Alckmin, ele também se ampara nas pesquisas que o mostram com 45% dos votos contra 35% de Bolsonaro no segundo turno - Haddad empata com o candidato do PSL.

 

Editoria de Arte/G1


Prefeito Temóteo se reúne com moradores de Cidade de Deus

Teixeira de Freitas: Na noite desta quinta-feira (19), o Prefeito Temóteo Brito esteve reunido com moradores do bairro de Cidade de Deus. A

Morre aos 71 anos o ex-prefeito de Guaratinga, Néu do Táxi

Guaratinga: O ex-prefeito de Guaratinga, Manoel Porto Martins, de 71 anos, conhecido como Néu do Táxi, morreu na noite de quinta-feira (19), na

Assembléia discute divisa entre Caravelas e Medeiros Neto

Caravelas: No centro dessa divisão territorial entre os dois municípios, está a área onde funciona a Usina de Álcool Santa Maria, que fica

TSE decide que candidaturas laranjas levam à cassação de toda a

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu na noite desta terça-feira (17) que a presença de candidaturas de laranjas para fraudar a cota

Trabalhadores encerram greve dos Correios após uma semana

Os trabalhadores dos Correios da Bahia e de todo o Brasil decidiram aceitar a proposta do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e encerrar a greve

Bolsonaro diz que sancionará projeto que amplia posse de arma no

O presidente Jair Bolsonaro chegou na tarde desta segunda-feira, 16, ao Palácio do Alvorada, residência oficial, após ter recebido alta, mais

Justiça rejeita denúncia contra Lula e irmão em derrota da Lava

O juiz Ali Mazloum, da 7ª Vara Federal Criminal em São Paulo (SP), rejeitou nesta segunda-feira (16) a denúncia apresentada

Prefeito Betão consegue pavimentação asfáltica da estrada que dá

Lajedão: O prefeito Humberto Carvalho Cortes, o "Betão", em sua luta incansável por melhorias no município de Lajedão, anuncia mais uma

Melhorias: Câmara de Lajedão aprova crédito de R$ 5,5 milhões

Teixeira de Freitas: O prefeito do município de Lajedão/BA, Humberto Carvalho Cortes, o “Betão”, no uso de suas atribuições, encaminhou no

Rui Costa assume pela primeira vez pré-candidatura à Presidência

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), assumiu pela primeira vez que poderá ser pré-candidato à Presidência da República em 2022. Reeleito

Nossos Apoiadores: