Lajedão: O prefeito Betão se consolida como o prefeito da Bahia que mais transferiu votos para seus candidatos a deputados (Federal e Estadual). Fruto de um excelente trabalho realizado no pequeno município de Lajedão, em que a administração municipal tem números expressivos de aprovação. “Estamos trabalhando na base da confiança e dos serviços prestados, com muitas obras concluídas e em progresso, além de vários projetos em andamento. Trabalho diuturnamente pela melhoria desse município que amo”, disse o prefeito Betão.

Segundo os números dos votos válidos, o prefeito Betão conseguiu uma média de 50% dos votos para os seus dois deputados, sendo eles Cláudio Cajado (Federal) e Zé Cocá (Estadual. Foi uma surra de votos do prefeito Betão contra o seu principal oponente na cidade, Carlos Sena, que concorreu contra Betão nas eleições municipais, ao cargo de prefeito. Carlos Sena apoiou os deputados Ronaldo Carletto (Federal) e Larissa Oliveira (Estadual). O federal de Betão obteve 1.480 votos contra 261 de Ronaldo Carleto, o federal de Carlos Sena.

Já o estadual do prefeito Betão, Zé Cocá, obteve 1.381 votos (eleito), contra 295 votos da candidata Larissa Oliveira (candidata de Carlos Sena), que não conseguiu se reeleger. O povo de Lajedão mostrou nas urnas a gratidão pela excelente gestão do prefeito Betão, bem como gratidão pelos deputados que realmente vem trabalhando pelo município. “Foi massacrante a diferença dos deputados do prefeito Betão, contra a dos deputados do opositor, quase 80% de diferença de votos. Parabéns Betão”, disse um eleitor da cidade.

O prefeito Betão conseguiu também através de sua articulação política, prestígio, confiança e amizade, diversos outros votos na região extremo sul para os seus candidatos. “Agradeço a confiança dos nossos eleitores, amigos, de lideranças políticas de nosso município, de vereadores parceiros e do nosso secretariado. Cada apoio foi importante nessa vitória, que não foi uma vitória minha, mas, uma efetiva vitória do povo de Lajedão, pois nossos candidatos já têm serviços prestados por nossa cidade e farão muito mais. O trabalho não para”, disse Betão.

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews


STF vai adiar julgamento de suspeição de Moro no caso Lula

Gilmar Mendes concluiu que não haveria como debater o caso de Moro O julgamento da suspeição de Sergio Moro na condenação de Lula no caso

STF e Câmara podem analisar decreto das armas nesta semana

O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), informou ao blog que a Corte deve começar a julgar nesta quarta-feira (26) o

Bolsa Família: frequência escolar deve ser enviada até

Secretarias municipais de educação de todo o país devem enviar o registro de frequência escolar de beneficiários do Programa Bolsa Família ao

A NICA DA LIBERDADE 208

Ramiro Guedes LITURA RECOMENDADA Recomendar “Crime e Castigo”, de Dostoiévski, é recomendar um mergulho no mais profundo da alma humana em

Prefeito e vereadores do município de Caravelas viajam à Salvador

Caravelas: Na viagem, realizada à capital do estado da Bahia, levaram as demandas para abertura de poços artesianos e tratores. Silvio Ramalho

Presidente dos Correios anuncia que vai se afastar do cargo

Na semana passada, Jair Bolsonaro afirmou que já havia decidido demitir o general Juarez Cunha. "Hoje me afasto dos Correios. Foram 7 meses de

Isenção de visto para cidadãos de EUA, Canadá Japão e Austrália

A isenção de visto de visita para estrangeiros da Austrália, do Canadá, dos Estados Unidos e do Japão, já passou a valer. Determinada por

Maia diz que comissão pode aprovar Previdência na semana que vem

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (17) que a reforma da Previdência pode ser aprovada pela comissão

Governo suspende exigência de aulas para tirar habilitação das

Depois desse período, número de aulas práticas para obter ACC vai cair de 20 para 5. Decisão passa a valer daqui 90 dias. O Conselho Nacional

Auxílio-reclusão e pensões podem ser inferiores ao salário

O relatório da reforma da Previdência, entregue nesta quinta-feira, 13, pelo deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), estabelece que o

Nossos Apoiadores: