O governador eleito Ronaldo Caiado ao votar no último domingo

Márcio Venicio/TV Anhanguera

O governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), viajará ao Rio de Janeiro nesta quarta-feira (10) para anunciar o apoio ao candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro.

Bolsonaro também deve receber nesta quarta-feira o apoio da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) do Congresso, conhecida como a "bancada ruralista".

Ao blog, Caiado antecipou a decisão de apoiar Bolsonaro. "Vou ao Rio de Janeiro para apoiar Bolsonaro. Ele me ligou hoje [terça, 9], no fim da tarde. No segundo turno, é preciso ter um lado. Tenho 24 anos de mandato parlamentar e nunca votei abstenção. Sempre tive lado", disse.

Questionado sobre o motivo de não ter apoiado Bolsonaro já no primeiro turno, Caiado explicou que tinha um palanque com 12 partidos e que os aliados deles apoiavam no primeiro turno várias candidaturas, como a de Ciro Gomes (PDT) e a de Alvaro Dias (Podemos).

Apesar de Caiado ser do DEM, ele não apoiou a candidatura do tucano Geraldo Alckmin (PSDB). Isso porque o ex-governador de Goiás Marconi Perillo, adversário político no estado, era o coordenador da campanha do PSDB.

Caiado fez críticas à situação que vai herdar no estado. “Tenho um governo do estado com sérias dificuldades. Dilapidaram com o estado de Goiás. O maior hospital de emergência está fechado”, disse o governador eleito.

Frente Agropecuária

Além de Caiado, Bolsonaro deve receber nesta quarta-feira vários representantes da Frente Parlamentar da Agropecuária.

A articulação com as bancadas temáticas tem sido feita pelo deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), apontado por Bolsonaro como novo ministro da Casa Civil num eventual governo.

"As conversas na Câmara rederam muito", disse Lorenzoni ao blog nesta terça. Ele estava a caminho da 26ª conversa do dia com parlamentares.

 

Editoria de Arte / G1

Câmara aprova medidas para vítimas de violência doméstica

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira, 9, o projeto de lei que estabelece medidas excepcionais para garantir às mulheres vítimas de

Bolsonaro promete anúncio de ministro da Educação nesta sexta

Presidente falou em uma pessoa "conciliadora" para o cargo O presidente Jair Bolsonaro deve anunciar o novo ministro da Educação nesta

Doria prevê vacina contra Covid-19 aprovada até dezembro

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), previu que, "se tudo correr bem", até dezembro a Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Programa Teixeira Asfaltada é ampliado como mais 93 ruas

Teixeira de Freitas: Em funcionamento desde 2017, o Programa Teixeira Asfaltada avança, alcançado mais ruas e atendendo ainda mais famílias. O

Petrobras anuncia reajuste de 5% para a gasolina nas refinarias

Novo valor entra em vigor nesta quarta-feira A Petrobras anunciou, nesta terça-feira (7), reajuste médio de 5% no preço do litro da gasolina

Cinco funcionários da Câmara de Itamaraju testam positivo para

Itamaraju: O presidente da Câmara Municipal de Itamaraju, vereador Adriano Pinaffo (PSD) resolveu nesta terça-feira, dia 7 de julho, interditar

Venda de refinarias: Ministérios defendem, após Congresso pedir

Pastas da Economia e de Minas e Energia emitiram nota A privatização de refinarias da Petrobras encontra aval em decisões recentes do Supremo

Afastamento de Ricardo Salles do Ministério do Meio Ambiente é

O Ministério Público Federal (MPF) pediu, na tarde desta segunda-feira, 6, o afastamento, em caráter de urgência, do ministro do Meio Ambiente,

Governo destinará R$ 500 milhões para proteger a Amazônia

O Ministério do Meio Ambiente criou nesta sexta-feira (3) o Programa Floresta+ para valorizar quem preserva e cuida da floresta nativa do país. O

INSS prorroga antecipação do BPC e auxílio-doença até outubro

Medida visa evitar aglomerações nas agências durante a pandemia O governo federal publicou um decreto autorizando o Instituto Nacional do

Nossos Apoiadores: