Os três partidos elegeram quatro senadores cada um. Apesar de ter ficado em quarto lugar no total de votos, MDB teve maior concentração na votação e conseguiu eleger sete senadores. O PT e o PSDB seguem como campeões de votos para senador em todo o país, mas os dois partidos tiveram quedas de mais de 30% neste ano em comparação com 2010, quando 54 vagas também foram disputadas para o Senado, apontam dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Já o PSL desbancou o MDB e passou a ocupar o 3º lugar, com uma alta de mais de 4.200% no número de votos.

PT e PSDB são os partidos com mais votos para senador, mas tiveram queda em relação a 2010; já o PSL disparou e passou a ocupar o terceiro lugar

Juliane Souza/Arte G1

O PT de Fernando Haddad (no 2º turno da disputa presidencial) elegeu quatro senadores neste ano e teve uma queda de 37,1% no número de votos. Há oito anos, a sigla recebeu 39,4 milhões de votos nos candidatos a senador; já em 2018, foram 24,8 milhões. Mesmo assim, o PT se mantém como o partido que mais recebeu votos na disputa.

O PSDB, que ocupava a segunda posição em 2010 e continua a ocupar em 2018, também teve uma queda grande no número de votos: 34,3%. O partido também elegeu quatro senadores neste ano.

Já o PSL, do presidenciável Jair Bolsonaro, seguiu a tendência de maior participação partidária nestas eleições e teve uma alta de 4.247% no número de votos recebidos para senador. Em 2010, a sigla recebeu apenas 446,5 mil votos; já em 2018, foram 19,4 milhões. O partido elegeu quatro senadores.

O MDB, que em 2010 foi o terceiro partido a receber mais votos, teve uma queda de 46,7% e foi ultrapassado pelo PSL. Foram quase 24 milhões em 2010 contra 12,8 milhões em 2018.

Apesar de ter recebido bem menos votos que o PT, o PSDB e o PSL, porém, o MDB conseguiu eleger mais senadores que estes partidos: foram sete no total. Isso quer dizer que os votos dos outros partidos foram mais pulverizados entre seus candidatos que os do MDB, que teve uma maior concentração de votos em menos candidatos.

Média de votos por candidato

Um dos fatores associados à alta do PSL é o fato de que o partido teve um número muito maior de candidatos em 2018 que em 2010. Há oito anos, eram apenas quatro candidatos; agora, foram 22.

Esse movimento não aconteceu apenas entre os concorrentes para o Senado, mas entre todos os candidatos da sigla. Um levantamento do G1 publicado no final de setembro apontou que o número de candidatos do PSL passou de 680 em 2014 para 1.454 neste ano, uma alta de 113,8%. Com o aumento, o partido se tornou a sigla com mais candidatos nas eleições de 2018.

Entre 2010 e 2018, a média de votos por candidatos do PSL praticamente dobrou, passando de 444,5 mil votos por candidato para 882,5 mil.

Em relação ao PT, ao PSDB e ao MDB, o número de candidatos não mudou muito entre as eleições, mas a média de votos por candidato diminuiu consideravelmente. Com 22 candidatos, o PT teve 1,8 milhão de votos por candidato em 2010. Já em 2018, com 25 candidatos, a média caiu para 991,4 mil votos.

O PSDB aumentou o número de concorrentes de 17 para 23, mas acabou os pleitos com uma queda na média de votos por candidato de 1,8 milhão em 2010 para 883 mil em 2018.

Já o MDB teve 23 candidatos nas duas eleições, mas queda na média de votos de 1 milhão para 556,5 mil.

Initial plugin text


Inflação acumula 4,53%, com pressão sobre Comida e combustível

Números são da prévia do IPCA de outubro e indicam alta dos preços de 0,58% no mês, puxada por alimentos e transportes mais caros O IPCA-15

Presidente do TJ-BA proíbe juízes de manifestar apoio a candidatos

O presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, o desembargador Gesivaldo Britto, e a corregedora Geral da Justiça do Estado da Bahia, a

Adriano Souza e Juvenal das Laranjas comemoram nova sinalização de

Teixeira de Freitas: A Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas começou a preparar a cidade com a devida infraestrutura base para receber a

É FAKE News: O vídeo mostra petistas chamando Haddad de traidor

Circula nas redes sociais mensagem afirmando que petistas gritaram 'Fora, Haddad' em evento. Vídeo foi tirado de contexto; gritos foram direcionados

BTG Pactual: Bolsonaro tem 60% dos votos válidos; diferença para

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, apresenta larga vantagem em relação ao adversário Fernando Haddad (PT),

DEM denuncia Rui à Justiça Eleitoral por captação ilegal de votos

O diretório do Democratas na Bahia vai entrar com uma ação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) contra o governador Rui Costa por abuso de

Presidente do PSL diz que acusações do PT são ataque à democracia

O presidente do PSL, Gustavo Bebianno, afirmou na noite desta sexta-feira (19) que as acusações feitas pelo PT contra a campanha de Jair

Dinheiro: Nascidos em outubro podem sacar o PIS a partir de hoje

Mais de 1,89 milhão de beneficiários receberão R$ 1,38 bilhão referentes ao calendário 2018/2019, ano-base 2017 Começa nesta quinta-feira

Só 4 das 50 imagens sobre as eleições, replicadas no WhatsApp são

Um estudo em conjunto da USP, UFMG e da Agência Lupa analisou o grau de veracidade de 50 imagens que mais circularam em grupos de WhatsApp entre

Canadá legaliza maconha para uso recreativo

O Canadá legalizou a partir desta quarta-feira, 17, o uso recreativo da maconha. Pela lei, os canadenses podem comprar e cultivar. A discussão se

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: