Os três partidos elegeram quatro senadores cada um. Apesar de ter ficado em quarto lugar no total de votos, MDB teve maior concentração na votação e conseguiu eleger sete senadores. O PT e o PSDB seguem como campeões de votos para senador em todo o país, mas os dois partidos tiveram quedas de mais de 30% neste ano em comparação com 2010, quando 54 vagas também foram disputadas para o Senado, apontam dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Já o PSL desbancou o MDB e passou a ocupar o 3º lugar, com uma alta de mais de 4.200% no número de votos.

PT e PSDB são os partidos com mais votos para senador, mas tiveram queda em relação a 2010; já o PSL disparou e passou a ocupar o terceiro lugar

Juliane Souza/Arte G1

O PT de Fernando Haddad (no 2º turno da disputa presidencial) elegeu quatro senadores neste ano e teve uma queda de 37,1% no número de votos. Há oito anos, a sigla recebeu 39,4 milhões de votos nos candidatos a senador; já em 2018, foram 24,8 milhões. Mesmo assim, o PT se mantém como o partido que mais recebeu votos na disputa.

O PSDB, que ocupava a segunda posição em 2010 e continua a ocupar em 2018, também teve uma queda grande no número de votos: 34,3%. O partido também elegeu quatro senadores neste ano.

Já o PSL, do presidenciável Jair Bolsonaro, seguiu a tendência de maior participação partidária nestas eleições e teve uma alta de 4.247% no número de votos recebidos para senador. Em 2010, a sigla recebeu apenas 446,5 mil votos; já em 2018, foram 19,4 milhões. O partido elegeu quatro senadores.

O MDB, que em 2010 foi o terceiro partido a receber mais votos, teve uma queda de 46,7% e foi ultrapassado pelo PSL. Foram quase 24 milhões em 2010 contra 12,8 milhões em 2018.

Apesar de ter recebido bem menos votos que o PT, o PSDB e o PSL, porém, o MDB conseguiu eleger mais senadores que estes partidos: foram sete no total. Isso quer dizer que os votos dos outros partidos foram mais pulverizados entre seus candidatos que os do MDB, que teve uma maior concentração de votos em menos candidatos.

Média de votos por candidato

Um dos fatores associados à alta do PSL é o fato de que o partido teve um número muito maior de candidatos em 2018 que em 2010. Há oito anos, eram apenas quatro candidatos; agora, foram 22.

Esse movimento não aconteceu apenas entre os concorrentes para o Senado, mas entre todos os candidatos da sigla. Um levantamento do G1 publicado no final de setembro apontou que o número de candidatos do PSL passou de 680 em 2014 para 1.454 neste ano, uma alta de 113,8%. Com o aumento, o partido se tornou a sigla com mais candidatos nas eleições de 2018.

Entre 2010 e 2018, a média de votos por candidatos do PSL praticamente dobrou, passando de 444,5 mil votos por candidato para 882,5 mil.

Em relação ao PT, ao PSDB e ao MDB, o número de candidatos não mudou muito entre as eleições, mas a média de votos por candidato diminuiu consideravelmente. Com 22 candidatos, o PT teve 1,8 milhão de votos por candidato em 2010. Já em 2018, com 25 candidatos, a média caiu para 991,4 mil votos.

O PSDB aumentou o número de concorrentes de 17 para 23, mas acabou os pleitos com uma queda na média de votos por candidato de 1,8 milhão em 2010 para 883 mil em 2018.

Já o MDB teve 23 candidatos nas duas eleições, mas queda na média de votos de 1 milhão para 556,5 mil.

Initial plugin text


Ronaldo Cordeiro é o novo presidente eleito da Câmara Municipal de

Teixeira de Freitas: A Câmara Municipal de Teixeira de Freitas realizou na manhã desta quarta-feira (12/12), a última sessão ordinária do ano

Modernização do Trânsito em Teixeira: Prefeito Temóteo Brito

Teixeira de Freitas: Na manhã desta quarta-feira, 12 de dezembro, o prefeito Temóteo Alves de Brito e a secretária interina de Projetos

Pressão da oposição faz Coronel voltar atrás e encerrar sessão

Após conversa com representantes da oposição o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel, decidiu encerrar a sessão

Projeto Escola Sem Partido será arquivado

Projeto proíbe que professores manifestem posicionamentos políticos ou ideológicos e que discutam questões de gênero em sala de aula. Foi a 12ª

Cerca de 200 delegados entregam cargos em protesto contra PEC do teto

Decisão foi tomada em assembleia realizada nesta terça-feira com mais de 400 delegados Cerca de 200 delegados que integram a cúpula da Polícia

As 7 forças que mudarão o futuro da economia global

Atualmente, a produtividade econômica de algumas cidades da China é maior do que a de países inteiros A chegada da internet no início dos anos

'Vou tentar acalmar os ânimos', diz Bolsonaro sobre PSL

O presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou que se reunirá com o PSL na próxima semana e disse que irá acalmar o partido. "PSL é um partido

Paulo Guedes anuncia mais seis nomes da próxima equipe econômica

Futuro ministro definiu que Waldery Rodrigues será o secretário de Fazenda. O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, e o secretário-executivo

Moro escolhe superintendente do Paraná como diretor-geral da PRF

O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, anunciou nesta terça-feira (4) que Adriano Marcos Furtado será o diretor-geral da Polícia

Jurista protocola pedido de impeachment de Lewandowski

O jurista Modesto Carvalhosa vai protocolar um pedido de impeachment contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski nesta

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: