Vidro dianteiro foi quebrado; militantes do PCO e MST participaram de ação

Um carro do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) que transportava o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi atacado nesta quarta-feira (27), em Porto Seguro, Extremo sul da Bahia, por manifestantes que protestavam contra a concessão do Parque Nacional do Pau Brasil a uma empresa privada.

No ataque, realizado por militantes do Partido da Causa Operária (PCO) e do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), alguns dos quais estavam com facões, o veículo que levava o ministro acabou ficando com o vidro dianteiro quebrado.

Um vídeo e fotos do ataque, no qual estavam cerca de 40 pessoas, muitas delas com bonés do MST e bandeiras do PCO, além de índios pataxós, foram divulgados pelo próprio Salles nas redes sociais. Não houve feridos e ninguém foi preso por conta dos ataques.

Nas redes sociais, Salles escreveu: “Após uma bela e comemorativa agenda de concessão ao setor privado do Parque Nacional do Pau Brasil, em Porto Seguro (BA), fomos cercados e atacados por membros do MST e do PCO, que agrediram as pessoas e depredaram viaturas oficiais do MMA”.

Um dos manifestantes identificados é o engenheiro florestal Renato Farac Galata, que tentou ser candidato a prefeito de Piracicaba (SP) pelo PCO em 2012, mas teve a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral. No vídeo, ele bate com a mão no capô do carro que levada o ministro e diz: “Golpista, tira foto, desgraçado, tira foto”.

Barrados

Outro vídeo divulgado pelo PCO no site “Causa Operária”, mantido pelo partido, mostra o próprio Galata subindo no capô do carro que levava o ministro, e um outro manifestante subindo na carroceria do veículo. O PCO divulgou que havia cerca de 200 pessoas na manifestação.

“O acesso dos sem terra foi barrado, e eles foram marchando até o local. Relatos denunciam que ao chegar lá, o carro de comitiva do ministro se colocou contra os manifestantes. Os sem terra reagiram pulando em cima do carro do ICMBio. A Polícia Militar chegou para reprimir e perseguir a manifestação e os ativistas”, diz uma nota no site do jornal PCO.

O CORREIO tentou contato com a legenda de esquerda, mas ninguém atendeu as chamadas nos telefones disponibilizados tanto no site do jornal quanto do partido. Galata não foi localizado. O MST da Bahia, por sua vez, informou que não havia manifestação do movimento prevista para ocorrer.

“Isso ocorreu de forma espontânea pela população local, não teve nada programado”, afirmou Evanildo Costa, um dos coordenadores estaduais do movimento na Bahia. “As pessoas estavam lá em defesa dos indígenas e do parque nacional, protestando contra essa privatização, e os manifestantes não agiram com violência”, acrescentou.

A reportagem tentou contato com lideranças indígenas de aldeias dos pataxós que ficam nas proximidades do Parque Nacional do Pau Brasil, como Aldeia Velha e Pé do Monte, mas as chamadas ao celular não foram atendidas. O cacique Aruã, uma das lideranças locais, disse que só ficou sabendo da manifestação pelas redes sociais.

Entrada no parque será paga

O evento no qual o ministro Ricardo Salles participou em Porto Seguro é relativo a concessão do ICMBio à empresa Hope Recursos Humanos S/A, que de agora em diante ficará responsável pelos serviços de visitação ao Parque Nacional do Pau Brasil, criado em 20 de abril de 1999, com 19 mil hectares.

Antes gratuita, a entrada no parque passará a ser paga. Ainda não há informações do ICMBio sobre quanto será o valor do ingresso e nem a partir de quando a entrada será permitida mediante pagamento. O CORREIO não conseguiu contato com a Hope Recursos Humanos S/A.

De acordo com o ICMBio, a concessão tem validade de 15 anos e a empresa terá de fazer investimentos de R$ 7,2 milhões na estrutura da unidade. Os serviços a serem prestados incluem ainda turismo ecológico, interpretação ambiental e recreação.

O Parque Nacional do Pau Brasil possui diversas trilhas e mirantes, porém elas estão sem receber visitas no momento por falta de pessoal para atender a demanda – o ICMBio não informou a quantidade de visitantes anual do parque.

Outros parques ambientais de administração federal no Brasil estão seguindo o mesmo caminho. Isto está sendo possível com base na Lei n° 13.668/2018, que aprimorou a legislação para a concessão de serviços de apoio ao uso público nas unidades de conservação.

“O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros também terá os serviços de apoio aos visitantes concessionados. Os Parques Nacionais Serra dos Órgãos, Tijuca, Fernando de Noronha e Iguaçu já contam com serviços concessionados, sendo os mais visitados e com aprovação alta quanto a qualidade dos serviços ofertados aos visitantes”, diz o ICMBio.

Na lista para terem os serviços concessionados estão os Parques Nacionais dos Lençóis Maranhenses (MA), de Itatiaia (RJ), de Caparaó (MG) e da Serra da Bodoquena (MS). Todo o processo faz parte do Programa de Concessão de Serviços à Visitação nas unidades de conservação federais, que o ICMBio elaborou com estudos técnicos e realização de consultas públicas.

Fonte: Correio24h


Caravelas assina convênio para implantar programa Cidade

Caravelas: O convênio assinado pelo município com o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) implanta o Cidade

Teixeira de Freitas recebe Fórum Estadual de Turismo da Bahia

Um evento para discutir as perspectivas do turismo na Bahia. Nesta quarta-feira (22), o município de Teixeira de Freitas recebeu a lll Reunião

Guerra comercial EUA x China: como disputa atinge o Brasil

Embora os especialistas concordem que, a longo prazo, a guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo traz mais riscos que oportunidades,

Após críticas a decreto de armas, governo proíbe porte de fuzis a

O Palácio do Planalto publicou um novo texto sobre a posse e o porte de arma de fogo no Brasil nesta quarta-feira (22). Uma das alterações

Governadores divulgam carta aberta contra decreto de armas

Governadores de 13 estados e do Distrito Federal divulgaram nesta terça-feira (21) uma carta aberta contra o decreto de armas, editado pelo

Desigualdade de renda no Brasil atinge o maior patamar já registrado

A pesquisa também demonstra que as pessoas que ganham menos sofreram mais os efeitos da crise e estão demorando mais para se recuperar. A

Prefeito Temóteo Brito visita obra no cruzamento das avenidas

Teixeira de Freitas: Para acompanhar o andamento do trabalho realizado no cruzamento das avenidas Getúlio Vargas e São Paulo, o prefeito de

Começa pavimentação asfáltica no Trecho entre o posto Gef e Bahia

Teixeira de Freitas: Nesta segunda-feira (20), teve início a pavimentação asfáltica entre o posto Gef e a Bahia Motos. Esta é mais uma etapa

Prefeitura informa: Interdição do trânsito no cruzamento da Pão

Nesta segunda-feira (20) a obra no cruzamento entre avenida Getúlio Vargas e São Paulo, conhecida como antiga rotatória da Pão Gostoso, segue

Trump diz que não vai deixar China se tornar maior economia do mundo

Em entrevista à rede televisiva Fox News neste domingo (19), ele defendeu guerra comercial contra produtos chineses. O presidente dos Estados

UAI Brasil
Nossos Apoiadores: