Confirmando anúncio feito no início do mês, o presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quinta-feira, 25, decreto que encerra com o horário de verão. A medida foi tomada durante solenidade no Palácio do Planalto, que reuniu autoridades como o vice-presidente Hamilton Mourão, o ministro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Ao discursar, Bolsonaro fez um aceno aos parlamentares, afirmando que o governo está aberto para receber sugestões de medidas que possam ser implantadas através de decreto, reconhecendo a "dificuldade" de aprovar alguma lei no Congresso. "Muito difícil, quase como ganhar na mega sena. Um decreto tem um poder enorme, como esse assinado agora. A todos os senhores, aos demais, o governo está aberto, quem tiver qualquer contribuição para dar via decreto, nós estamos à disposição dos senhores", afirmou.

Criado com a finalidade de economizar energia e aproveitar o maior período de luz solar durante os meses mais quentes do ano - quando os dias também são mais longos - a medida foi adotada no Brasil pela primeira vez em 1931 e adotada em caráter permanente a partir de 2008.

De acordo com Bolsonaro, a decisão de acabar com a medida foi tomada após estudos que mostraram não haver mais razão do horário de verão, em função das mudanças no consumo de energia que ocorreram nos últimos anos.

Em 2008, ficou definido que o horário de verão começaria no primeiro domingo do mês de novembro de cada ano, até domingo do mês de fevereiro do ano subsequente, em parte do território nacional. Só haveria mudança em ano que houvesse coincidência entre o domingo previsto para o término da hora de verão e o domingo de carnaval.

Fonte: Atarde


Caravelas assina convênio para implantar programa Cidade

Caravelas: O convênio assinado pelo município com o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) implanta o Cidade

Teixeira de Freitas recebe Fórum Estadual de Turismo da Bahia

Um evento para discutir as perspectivas do turismo na Bahia. Nesta quarta-feira (22), o município de Teixeira de Freitas recebeu a lll Reunião

Guerra comercial EUA x China: como disputa atinge o Brasil

Embora os especialistas concordem que, a longo prazo, a guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo traz mais riscos que oportunidades,

Após críticas a decreto de armas, governo proíbe porte de fuzis a

O Palácio do Planalto publicou um novo texto sobre a posse e o porte de arma de fogo no Brasil nesta quarta-feira (22). Uma das alterações

Governadores divulgam carta aberta contra decreto de armas

Governadores de 13 estados e do Distrito Federal divulgaram nesta terça-feira (21) uma carta aberta contra o decreto de armas, editado pelo

Desigualdade de renda no Brasil atinge o maior patamar já registrado

A pesquisa também demonstra que as pessoas que ganham menos sofreram mais os efeitos da crise e estão demorando mais para se recuperar. A

Prefeito Temóteo Brito visita obra no cruzamento das avenidas

Teixeira de Freitas: Para acompanhar o andamento do trabalho realizado no cruzamento das avenidas Getúlio Vargas e São Paulo, o prefeito de

Começa pavimentação asfáltica no Trecho entre o posto Gef e Bahia

Teixeira de Freitas: Nesta segunda-feira (20), teve início a pavimentação asfáltica entre o posto Gef e a Bahia Motos. Esta é mais uma etapa

Prefeitura informa: Interdição do trânsito no cruzamento da Pão

Nesta segunda-feira (20) a obra no cruzamento entre avenida Getúlio Vargas e São Paulo, conhecida como antiga rotatória da Pão Gostoso, segue

Trump diz que não vai deixar China se tornar maior economia do mundo

Em entrevista à rede televisiva Fox News neste domingo (19), ele defendeu guerra comercial contra produtos chineses. O presidente dos Estados

UAI Brasil
Nossos Apoiadores: