De acordo com o levantamento, 32% dos brasileiros avaliam a forma do militar reformado de governar como ótimo ou bom. Já uma fatia similar, de 30%, a vê como ruim ou péssimo e a desaprova

Pesquisa Datafolha divulgada, nesta segunda-feira (8/4), pelo jornal Folha de S. Paulo mostra que, nos primeiros três meses do ano, o presidente Jair Bolsonaro (PSL/RJ) tem seu governo aprovado por um terço da população. Enquanto que outro terço o reprova.

De acordo com o levantamento, 32% dos brasileiros avaliam a forma do militar reformado governar como ótimo ou bom. Já uma fatia similar, de 30%, a vê como ruim ou péssimo e a desaprova. Os demais entrevistados consideram o governo regular (33%) ou preferiram não opinar (4%).  Continua depois da publicidade

Em palestra, João Amôedo classifica governo Bolsonaro como regular

Entre os homens, a aprovação a Bolsonaro atinge 38%. Entre as mulheres, o número cai para 28%. Já com os que veem o governo de forma positiva, 36% possuem ensino superior e 29% apenas o fundamental. 35% dos que reprovam o governo possuem ensino superior.

Entre os mais pobres, que possuem renda de até dois salários, 26% aprovam o governo Bolsonaro. O índice sobe para 36% entre os que têm renda familiar de dois a cinco salários. 43% dos que recebem de cinco até dez salários aprovam o governo. Entre os mais ricos, o número sobe para 41%.

Nas regiões brasileiras, Bolsonaro tem índice de aprovação acima da média no Sul (39%) e no conjunto das regiões Centro-Oeste e Norte (38%). Na região Nordeste, o índice fica abaixo da média (24%), e no conjunto de estados do Sudeste é de 33%.

Comparação

De acordo com o Datafolha, Bolsonaro larga com menor popularidade e maior resistência que seus antecessores, desde Fernando Collor. O, hoje senador pelo Pros, era aprovado por 36% em junho, e 19% o desaprovavam.

Já Fernando Henrique Cardoso, no início de seu primeiro mandato, era aprovado por 39%, enquanto 16% consideravam seu governo ruim ou péssimo. Em abril de 2003, o governo recém-eleito de Lula era avaliado como ótimo ou bom por 43%, e 10% tinham opinião negativa sobre ele.

Enquanto que a primeira mulher eleita presidente, Dilma Rousseff era aprovada por 47% na segunda quinzena de março de 2011, e para 7% sua gestão era ruim ou pésima àquela altura.

O que se esperava

A pesquisa também quis saber dos brasileiros se o presidente fez mais ou menos do que se esperava. A maioria dos brasileiros (61%) acredita fez menos do que eles esperavam para o período. Enquanto que apenas 13% pensam o contrário. Já para 22%, Bolsonaro fez o que era esperado. 4% não opinaram.

 No levantamento realizado entre 2 e 3 de abril, o Datafolha ouviu 2086 pessoas em todo o Brasil, com idade de 16 anos ou mais, distribuídas em 130 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Fonte: Estado de Minas


Morre aos 71 anos o ex-prefeito de Guaratinga, Néu do Táxi

Guaratinga: O ex-prefeito de Guaratinga, Manoel Porto Martins, de 71 anos, conhecido como Néu do Táxi, morreu na noite de quinta-feira (19), na

Assembléia discute divisa entre Caravelas e Medeiros Neto

Caravelas: No centro dessa divisão territorial entre os dois municípios, está a área onde funciona a Usina de Álcool Santa Maria, que fica

TSE decide que candidaturas laranjas levam à cassação de toda a

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu na noite desta terça-feira (17) que a presença de candidaturas de laranjas para fraudar a cota

Trabalhadores encerram greve dos Correios após uma semana

Os trabalhadores dos Correios da Bahia e de todo o Brasil decidiram aceitar a proposta do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e encerrar a greve

Bolsonaro diz que sancionará projeto que amplia posse de arma no

O presidente Jair Bolsonaro chegou na tarde desta segunda-feira, 16, ao Palácio do Alvorada, residência oficial, após ter recebido alta, mais

Justiça rejeita denúncia contra Lula e irmão em derrota da Lava

O juiz Ali Mazloum, da 7ª Vara Federal Criminal em São Paulo (SP), rejeitou nesta segunda-feira (16) a denúncia apresentada

Prefeito Betão consegue pavimentação asfáltica da estrada que dá

Lajedão: O prefeito Humberto Carvalho Cortes, o "Betão", em sua luta incansável por melhorias no município de Lajedão, anuncia mais uma

Melhorias: Câmara de Lajedão aprova crédito de R$ 5,5 milhões

Teixeira de Freitas: O prefeito do município de Lajedão/BA, Humberto Carvalho Cortes, o “Betão”, no uso de suas atribuições, encaminhou no

Rui Costa assume pela primeira vez pré-candidatura à Presidência

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), assumiu pela primeira vez que poderá ser pré-candidato à Presidência da República em 2022. Reeleito

Temoteo Brito anuncia asfaltamento de 351 Ruas e convoca os líderes

O anúncio do asfaltamento foi feito durante coletiva realizada na manhã desta quinta-feira (12) no Gabinete da Prefeitura Municipal de Teixeira

Nossos Apoiadores: