A mudança do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o Banco Central será feita via medida provisória (MP) pelo presidente Jair Bolsonaro. A informação foi confirmada nesta segunda-feira, 19, pelo porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros. Segundo o porta-voz, Bolsonaro conversou sobre o assunto tanto com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, quanto com o chefe da pasta da Economia, Paulo Guedes.

“[A transferência do Coaf] será executada por meio de medida provisória, colocando esse órgão no guarda-chuva do Banco Central e gerido por funcionários de carreira dessa instituição”, disse o porta-voz.

Segundo ele, o Coaf será uma “unidade de inteligência financeira” que não perderá o caráter colaborativo com outros órgãos e manterá o perfil de combate à corrupção. “Essa mudança não inviabilizará esse combate tão importante. Foi dentro desse contexto que o presidente fez, por meio do assessoramento dos ministérios da Economia e da Justiça, essas pequenas modificações a fim de, posicionando essa unidade de inteligência financeira, obter dela a mais eficiente e eficaz ação”, disse.

De acordo com Rêgo Barros, "há probabilidade de que [a MP] saia, sim, em curto prazo".

Criado em 1998, no âmbito do Ministério da Fazenda, o Coaf é uma órgão de inteligência financeira do governo federal que atua principalmente na prevenção e no combate à lavagem de dinheiro.

A reforma administrativa do governo do presidente Jair Bolsonaro previa a transferência do conselho para o Ministério da Justiça e Segurança Pública. A medida, no entanto, foi rejeitada pelo Congresso Nacional, que manteve o órgão subordinado ao Ministério da Economia.

Fonte: Agência Brasil


Bolsonaro embarca hoje para visita oficial à Índia

Presidente é convidado especial para comemorações do Dia da República O presidente Jair Bolsonaro embarca, na manhã de hoje (23), para a

Lei anticrime entra em vigor e pena máxima vai a 40 anos

Tempo de cumprimento foi uma das alterações de projeto da Câmara que aproveitou sugestões de Moro; texto muda saidinhas e progressão de

Rui Costa retorna aos trabalhos na Governadoria após cirurgia

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), retornou, nesta terça-feira (21), aos trabalhos na Governadoria, no Centro Administrativa da Bahia (CAB),

Regina Duarte aceita convite para 'período de testes' na Cultura

A atriz Regina Duarte aceitou nesta segunda-feira (20) a indicação para a Secretaria Especial de Cultura do governo de Jair Bolsonaro. Ela disse

"Políticos viraram chave de porta de cadeia", afirma Jaques Wagner

O senador Jaques Wagner (PT) fez um desabafo na porta da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, nesta quinta-feira, 16, ao ser

Toffoli suspende aplicação do juiz de garantias por 180 dias

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu nesta quarta-feira (15) a aplicação do chamado juiz de garantias

Grupo faz mobilização contra reforma da Previdência na Bahia

Na manhã desta segunda-feira, 13, aconteceu uma mobilização contrária à reforma da Previdência Social dos servidores públicos civis do

Reforma da Previdência pode economizar R$ 800 mi em 2020 na Bahia

O superintendente de Previdência do Estado da Bahia, Eduardo Matta, afirma que o déficit da Previdência Social estadual deve chegar a R$ 4,8

A NICA DA LIBERDADE 219

Ramiro Guedes O TEMPO Depois de um severo ataque de herpes e um exaustivo início de pneumonia, esse humílimo escriba volta às lides niqueanas.

Empossados os novos conselheiros tutelares de Caravelas

Caravelas: Flávia Paixão, Rosalva Rodrigues, Ivo Affonso, Kivia da Cruz e Talita Barros (titulares) e Ivete Oliveira, Jailton, Mayck, Alessandra

Nossos Apoiadores: