A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria nesta terça-feira, 22, para condenar o ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB) e seu irmão, o ex-deputado Lúcio Vieira Lima (MDB), pelo crime de lavagem de dinheiro no caso do bunker dos R$ 51 milhões em Salvador.

Até agora, os três ministros que já votaram - Edson Fachin, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski - defenderam a condenação dos irmãos por lavagem de dinheiro. No caso do crime de associação criminosa, no entanto, Lewandowski abriu divergência parcial dos colegas.

"Para que determinado indivíduo possa ser considerado sujeito ativo do crime, para que responda por essa infração criminal, é preciso que tenha consciência de que participa de uma organização que tenha como finalidade delinquir", observou Lewandowski.

"No presente caso, a permanência e estabilidade do vínculo entre os acusados decorre da relação familiar, caracterizada por laços de consanguinidade existente entre eles. No ponto, importa considerar que nada há nos autos que permita concluir que o relacionamento dos acusados se deva ao propósito de praticar ilícitos penais. Constituem uma família", completou Lewandowski.

Até a publicação deste texto, ainda faltavam votar os ministros Gilmar Mendes e Cármen Lúcia. Depois que todos votarem, os ministros ainda vão discutir a dosimetria da pena.

Geddel, preso desde 8 de setembro de 2017, Lúcio Vieira Lima e a mãe dos emedebistas, Marluce Vieira Lima, foram denunciados em dezembro de 2017, três meses após a deflagração da Operação Tesouro Perdido, que apreendeu, em 5 de setembro daquele ano, os R$ 51 milhões em dinheiro vivo - R$ 42,6 milhões e US$ 2,6 milhões - em um apartamento em Salvador, que fica a pouco mais de um quilômetro da casa da matriarca. No dinheiro, foram encontradas digitais de Geddel.

Para Marluce Vieira Lima, o processo foi desmembrado à primeira instância.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), no período de 2010 a 2017, os irmãos Vieira Lima e a mãe praticaram uma série de atos com a finalidade de ocultar valores provenientes de crimes: repasses de R$ 20 milhões pelo doleiro Lúcio Bolonha Funaro a Geddel por atos de corrupção na Caixa Econômica Federal; recebimento por Geddel e Lúcio de R$ 3,9 milhões do Grupo Odebrecht e apropriação de parte da remuneração paga pela Câmara dos Deputados a secretários parlamentares.

Segundo o MPF, os valores foram dissimulados por meio de empreendimentos imobiliários.

Fonte: Atarde

Governo destinará R$ 500 milhões para proteger a Amazônia

O Ministério do Meio Ambiente criou nesta sexta-feira (3) o Programa Floresta+ para valorizar quem preserva e cuida da floresta nativa do país. O

INSS prorroga antecipação do BPC e auxílio-doença até outubro

Medida visa evitar aglomerações nas agências durante a pandemia O governo federal publicou um decreto autorizando o Instituto Nacional do

Novo Decreto endurece normas de higienização e flexibiliza

Teixeira de Freitas: O Governo Municipal de Teixeira de Freitas publicou, nesta quinta-feira, (02) o Decreto nº 595/2020 com medidas de

Aeroporto de Teixeira de Freitas voltará a ter voos comerciais

Teixeira de Freitas: A nova previsão é que na primeira semana de Setembro, o Aeroporto de Teixeira de Freitas voltará a operar voos comerciais

Adiamento das eleições municipais para novembro é aprovado

PEC deve ser promulgada amanhã em sessão do Congresso A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (1º), em dois turnos, a Proposta de

Senado aprova texto base que pune fake news nas redes sociais

O Senado Federal aprovou na noite desta terça-feira, 30, o texto base do projeto de lei que pune o uso de fake news e o ataque à honra nas redes

Governo prorroga por 2 meses auxílio emergencial

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou nesta terça-feira (30) a prorrogação do auxílio emergencial, destinado a trabalhadores

Mesmo em tempo de Pandemia a Prefeitura de Caravelas realiza diversas

Caravelas: Melhoria da infraestrutura de ruas, avenidas, praças e prédios públicos, estão entre as ações realizadas em diferentes bairros.

Lucas Bocão é pré-candidato a prefeito de Teixeira e se afasta do

Teixeira de Freitas: O radialista Lucas Rocha, o "Lucas Bocão" se afastou do seu programa diário na Rádio Eldorado FM e que leva o próprio nome

Confira o calendário de pagamento do 3º lote do auxílio

Quem solicitou pelo app ou pelo site começa a receber neste sábado A Caixa Econômica Federal anunciou no último dia 26 a data de pagamento da

Nossos Apoiadores: