Ainda não se sabe quando o presidente vai realizar a troca dos três ministérios

Um dia após afirmar que não iria mudar, "por enquanto", o ministro da Educação, cargo hoje ocupado por Abraham Weintraub, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) teria decidido não só tirá-lo do cargo, como também demitir os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; e do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. A informação exclusiva é do site jornalístico Vortex Media.

Em matéria assinada por Diego Escosteguy e Carla Araújo, a informação da troca dos três ministros foi confirmada ao Vortex nesta quinta-feira (21) "por dois interlocutores do presidente que acompanham de perto os novos rumos do governo."

Ainda segundo o site, a dúvida é saber quando o presidente Bolsonaro irá realizar a mudança dos três ministros, que não está sendo chamada de 'reforma ministerial' pelos aliados.

Por fim, de acordo com as fontes ouvidas pelo site, Bolsonaro iria promover tais mudanças somente no início de 2020. Contudo, a recente crise no PSL, seu antigo partido, e a criação do Aliança pelo Brasil, "podem acelerar a minirreforma".

As polêmicas com Turismo e Educação

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, é alvo de investigação de um suposto esquema de desvio de verbas do fundo eleitoral destinado a candidaturas femininas do PSL de Minas Gerais na eleição de 2018.

Em outubro, a Polícia Federal indiciou o pesselista por associação criminosa, apropriação indébita e falsidade ideológica eleitoral.

Já o ministro da Educação, Abraham Weintraub, se envolveu em uma polêmica nas redes sociais nesta semana, ao trocar insultos com uma seguidora de sua conta do Twitter.

A usuária escreveu que, caso o Brasil voltasse a ser uma monarquia, o ministro seria o “bobo da corte”. Em resposta a ela, Weintraub escreveu: “Uma pena, prefiro cuidar dos estábulos, ficaria mais perto da égua sarnenta e desdentada da sua mãe”.

Fonte: JC Online

Câmara aprova medidas para vítimas de violência doméstica

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira, 9, o projeto de lei que estabelece medidas excepcionais para garantir às mulheres vítimas de

Bolsonaro promete anúncio de ministro da Educação nesta sexta

Presidente falou em uma pessoa "conciliadora" para o cargo O presidente Jair Bolsonaro deve anunciar o novo ministro da Educação nesta

Doria prevê vacina contra Covid-19 aprovada até dezembro

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), previu que, "se tudo correr bem", até dezembro a Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Programa Teixeira Asfaltada é ampliado como mais 93 ruas

Teixeira de Freitas: Em funcionamento desde 2017, o Programa Teixeira Asfaltada avança, alcançado mais ruas e atendendo ainda mais famílias. O

Petrobras anuncia reajuste de 5% para a gasolina nas refinarias

Novo valor entra em vigor nesta quarta-feira A Petrobras anunciou, nesta terça-feira (7), reajuste médio de 5% no preço do litro da gasolina

Cinco funcionários da Câmara de Itamaraju testam positivo para

Itamaraju: O presidente da Câmara Municipal de Itamaraju, vereador Adriano Pinaffo (PSD) resolveu nesta terça-feira, dia 7 de julho, interditar

Venda de refinarias: Ministérios defendem, após Congresso pedir

Pastas da Economia e de Minas e Energia emitiram nota A privatização de refinarias da Petrobras encontra aval em decisões recentes do Supremo

Afastamento de Ricardo Salles do Ministério do Meio Ambiente é

O Ministério Público Federal (MPF) pediu, na tarde desta segunda-feira, 6, o afastamento, em caráter de urgência, do ministro do Meio Ambiente,

Governo destinará R$ 500 milhões para proteger a Amazônia

O Ministério do Meio Ambiente criou nesta sexta-feira (3) o Programa Floresta+ para valorizar quem preserva e cuida da floresta nativa do país. O

INSS prorroga antecipação do BPC e auxílio-doença até outubro

Medida visa evitar aglomerações nas agências durante a pandemia O governo federal publicou um decreto autorizando o Instituto Nacional do

Nossos Apoiadores: