O senador Jaques Wagner (PT) voltou a afirmar, nesta segunda-feira, 2, que não tem a pretensão de ser candidato ao governo da Bahia em 2022. O nome do petista vem sendo colocado pela militância como possível concorrente ao Palácio de Ondina, mas o congressista se apega ao discurso pela defesa da renovação política do partido.

Em entrevista ao programa Isso é Bahia, na Rádio A TARDE FM, Wagner disse não concordar com lançamento de nomes antigos no pleito de 2022. “Essa é uma crítica que eu faço, vejo uma carência de formação de novos quadros. Digo que não é a minha pretensão ser candidato em 2022. Mas se for para o bem do grupo, meu nome está a disposição”, ponderou.

No âmbito da eleição presidencial, o senador afirmou que, em caso de impedimento da candidatura de Lula, há nomes na fila. “O nome natural na fila é Fernando Haddad. Depois, temos o governador Rui Costa, Flávio Dino, governador do Maranhão”, elencou.

Eleições 2020

Um dos principais líderes políticos do grupo encabeçado pelo governador Rui Costa (PT), Jaques Wagner é enfático ao defender que partido decida o nome do PT para concorrer à prefeitura de Salvador.

“Acho que já estamos até atrasados (na definição do nome). Estamos com quatro, cinco ou mais nomes. No fim de semana, surgiu a novidade que foi a entrada do ex-ministro Juca Ferreira. Quem tem três, quatro, cinco, acaba não tendo nenhum. Tenho cobrado dos diretórios e das forças políticas que é preciso o partido se organizar”, disse Wagner.

Além de Juca Ferreira, o senador mencionou nomes colocados do PT já colocados na disputa como Robinson Almeida, Jorge Solla, Nelson Pelegrino, Valmir Assunção, Vilma Reis e Moisés Rocha.

Fora do PT, mas dentro do grupo aliado de Rui Costa, há nomes como o do Pastor Sargento Isidório (Avante), Bacelar (Podemos), Olívia Santana (PCdoB), Lídice da Mata (PSB) e o presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani (sem partido). “Na cesta, há muitos nomes, é preciso afunilar”, defendeu, frisando que o mais provável é que o PT tenha candidatura própria.

Fonte: Atarde


Bolsonaro embarca hoje para visita oficial à Índia

Presidente é convidado especial para comemorações do Dia da República O presidente Jair Bolsonaro embarca, na manhã de hoje (23), para a

Lei anticrime entra em vigor e pena máxima vai a 40 anos

Tempo de cumprimento foi uma das alterações de projeto da Câmara que aproveitou sugestões de Moro; texto muda saidinhas e progressão de

Rui Costa retorna aos trabalhos na Governadoria após cirurgia

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), retornou, nesta terça-feira (21), aos trabalhos na Governadoria, no Centro Administrativa da Bahia (CAB),

Regina Duarte aceita convite para 'período de testes' na Cultura

A atriz Regina Duarte aceitou nesta segunda-feira (20) a indicação para a Secretaria Especial de Cultura do governo de Jair Bolsonaro. Ela disse

"Políticos viraram chave de porta de cadeia", afirma Jaques Wagner

O senador Jaques Wagner (PT) fez um desabafo na porta da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, nesta quinta-feira, 16, ao ser

Toffoli suspende aplicação do juiz de garantias por 180 dias

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu nesta quarta-feira (15) a aplicação do chamado juiz de garantias

Grupo faz mobilização contra reforma da Previdência na Bahia

Na manhã desta segunda-feira, 13, aconteceu uma mobilização contrária à reforma da Previdência Social dos servidores públicos civis do

Reforma da Previdência pode economizar R$ 800 mi em 2020 na Bahia

O superintendente de Previdência do Estado da Bahia, Eduardo Matta, afirma que o déficit da Previdência Social estadual deve chegar a R$ 4,8

A NICA DA LIBERDADE 219

Ramiro Guedes O TEMPO Depois de um severo ataque de herpes e um exaustivo início de pneumonia, esse humílimo escriba volta às lides niqueanas.

Empossados os novos conselheiros tutelares de Caravelas

Caravelas: Flávia Paixão, Rosalva Rodrigues, Ivo Affonso, Kivia da Cruz e Talita Barros (titulares) e Ivete Oliveira, Jailton, Mayck, Alessandra

Nossos Apoiadores: