O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira, 7, que o Brasil pretende manter as relações comerciais com o Irã e afirmou que repudia o terrorismo. "Nós repudiamos o terrorismo em qualquer lugar do mundo e ponto final. Temos comércio com o Irã e vamos continuar esse comércio", disse, ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã desta terça-feira.

Na semana passada, o governo brasileiro manifestou seu apoio "à luta contra o flagelo do terrorismo". A nota do Ministério das Relações Exteriores foi divulgada um dia após a ação ordenada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter matado Qassem Soleimani, principal general iraniano e considerado por muitos analistas como o segundo homem mais poderoso do governo iraniano. O ataque ocorreu nas proximidades do Aeroporto de Bagdá, capital do Iraque. O Itamaraty, entretanto, não comentou a morte do general iraniano, mas condenou o ataque à embaixada dos Estados Unidos em Bagdá, ocorrido dias antes.

Nesta semana, o Ministério das Relações Exteriores do Irã convocou os representantes diplomáticos brasileiros a comparecerem à chancelaria iraniana para explicar o teor da nota divulgada no último dia 3. A convocação foi atendida pela encarregada de Negócios do Brasil em Teerã, Maria Cristina Lopes.

Bolsonaro também disse hoje que vai conversar com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, sobre a possibilidade de pedir uma reunião com os diplomatas iranianos no Brasil. Para o presidente, o governo tem que ter a capacidade de se antecipar a problemas.

No final da manhã, Bolsonaro esteve reunido com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, e com os comandantes das Forças Armadas, no Ministério da Defesa. Em conversa rápida com jornalistas depois da reunião, Azevedo disse que a pauta do encontro foi aberta e que conversaram sobre a conjuntura internacional, regional e nacional, mas não especificou o que foi tratado sobre as relações com o Irã.

Fonte: Agência Brasil

Prova de vida de servidores aposentados é suspensa até 31/10

Quem teve benefício suspenso pode pedir para restabelecer pagamento Os servidores federais aposentados, pensionistas e anistiados políticos

Governo define metas para a mineração nos próximos anos

Programa define a agenda para o setor no período de 2020 a 2023 O presidente Jair Bolsonaro e ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque,

Marta Helena: Candidata a prefeita registra Boletim de Ocorrência e

Teixeira de Freitas: A candidata a prefeita pelo PSDB em Teixeira de Freitas, Marta Helena Leal, esteve na Delegacia Territorial de Teixeira de

Secom divulga informação incorreta sobre queimadas em 2020

Publicação foi feita no sábado (26) no perfil em rede social da Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República. A

Trump indica ultraconservadora para a Suprema Corte

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, oficializou neste sábado, 26, a sua escolha para a Suprema Corte norte-americana. Com

Lei prorroga incentivo fiscal para exportadores durante pandemia

Ampliação busca evitar redução na atividade econômica brasileira O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou hoje (24) a Lei n°

Mais de 517 mil pedidos de candidatura para eleições 2020 são

Desse total, 18.416, (3.83%) concorrem ao cargo de prefeito O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou até o momento 517.786 solicitações de

Juiz Marcus Aurelius da 183ª Zona Eleitoral de Teixeira faz

Teixeira de Freitas: O Juiz Marcus Aurelius Sampaio, encaminhou um vídeo direcionado aos pré-candidatos a vereadores e prefeitos, bem como a toda

De São Paulo, Temóteo envia vídeo mostrando que está bem e

Teixeira de Freitas: O prefeito municipal de Teixeira de Freitas, Temóteo Brito, enviou um vídeo informando à população teixeirense que ele

João Bosco garante na Justiça o direito de se candidatar às

Teixeira de Freitas: No último dia 21 de setembro de 2020, o juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública de Salvador, Dr. Pedro Rogério Castro Godinho,

Nossos Apoiadores: