Valor do seguro para carros fica em R$ 5,21 e, para motos, em R$ 12,25

O  presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, voltou atrás e acolheu pedido do governo para extinguir sua própria liminar que suspendeu a resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) que reduziu os valores do seguro obrigatório Dpvat (sigla de Danos Pessoais por Veículos Automotores de Vias Terrestres).

Motocicletas

O preço do seguro para motocicletas caiu para R$ 12,25. Para automóveis, passou para R$ 5,21 - Arquivo/Agência Brasil

“Exerço o juízo de retratação e reconsidero a decisão liminar anteriormente proferida nesses autos”, escreveu Toffoli na Tutela Provisória na Reclamação 38.736.

O pedido foi feito pela pela Advocacia-Geral da União (AGU), sob o argumento de que “não era razoável a alegação da Seguradora Líder — consórcio de empresas que administra o seguro obrigatório — de que a redução dos valores torna o Dpvat economicamente inviável”.

Segundo nota da AGU, a seguradora que pediu a liminar “omitiu a informação de que há disponível no fundo administrado pelo consórcio, atualmente, o valor total de R$ 8,9 bilhões, razão pela qual, mesmo que o excedente fosse extinto de imediato, ainda haveria recursos suficientes para cobrir as obrigações do Seguro Dpvat”.

A AGU também informou ao presidente do STF que, no orçamento aprovado pela Superintendência de Seguros Privados (Susep) para as despesas do consórcio de seguradoras do Dpvat para o ano de 2020, houve supressão de R$ 20,3 milhões.

A nova decisão do STF tem efeito imediato, e o calendário de pagamento do Dpvat tem início nesta quinta-feira (9).

Com a reconsideração do ministro Toffoli, o preço pago pelo seguro cai. “O valor do seguro passa a ser de R$ 5,21 para carros de passeio e táxis e R$ 12,25 para motos, o que representa uma redução de 68% e 86%, respectivamente, em relação a 2019”, de acordo com a AGU.

Fonte: Agência Brasil

Lei prorroga incentivo fiscal para exportadores durante pandemia

Ampliação busca evitar redução na atividade econômica brasileira O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou hoje (24) a Lei n°

Mais de 517 mil pedidos de candidatura para eleições 2020 são

Desse total, 18.416, (3.83%) concorrem ao cargo de prefeito O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou até o momento 517.786 solicitações de

Juiz Marcus Aurelius da 183ª Zona Eleitoral de Teixeira faz

Teixeira de Freitas: O Juiz Marcus Aurelius Sampaio, encaminhou um vídeo direcionado aos pré-candidatos a vereadores e prefeitos, bem como a toda

De São Paulo, Temóteo envia vídeo mostrando que está bem e

Teixeira de Freitas: O prefeito municipal de Teixeira de Freitas, Temóteo Brito, enviou um vídeo informando à população teixeirense que ele

João Bosco garante na Justiça o direito de se candidatar às

Teixeira de Freitas: No último dia 21 de setembro de 2020, o juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública de Salvador, Dr. Pedro Rogério Castro Godinho,

Bolsonaro sanciona lei que amplia uso de assinatura digital

Lei cria dois novos tipos de assinatura eletrônica O presidente Jair Bolsonaro sancionou, com vetos, a lei de ampliação da assinatura digital

Guedes planeja cortes no Sistema S e no Simples Nacional

Dentro do pacote de medidas que inclui a criação de uma nova CPMF, o ministro da Economia, Paulo Guedes, trouxe de volta o plano de fazer um

Eunápolis: Novo decreto libera bares, boates e música ao vivo

Eunápolis: Com índices de contaminação por coronavírus e ocupação de leitos hospitalares em queda, a Prefeitura de Eunápolis vem

Câmara aprova auxílio emergencial para trabalhadores do esporte

O projeto de lei prevê o crédito de três parcelas no valor de R$ 600 e segue para sanção presidencial A Câmara dos Deputados aprovou, nesta

INSS vai aumentar capacidade de atendimento da Central 135

Atendimento pelo canal aumentará 30% O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informa que contratará mais uma central de atendimento para

Nossos Apoiadores: