Teixeira de Freitas: A solicitação é do vereador Wildemberg Soares Guerra, o “Sargento Berg” (PSDB), 1º vice-presidente da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, que oficiou nesta quarta-feira, 25 de março, o novo secretário Municipal de Segurança Pública e Cidadania, coronel Raimundo Magalhães e o prefeito municipal, Timóteo Alves de Brito (PP), em proteção a necessidade da manutenção do serviço essencial de mobilidade urbana, o que inclui o serviço de transporte remunerado individual de passageiro, denominado de moto-táxi em consequência do atual enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus – (COVID-19).

O vereador Sargento Berg se baseou na Declaração de Emergência em Saúde Pública de Importância Internacional (ESPII) pela OMS – Organização Mundial da Saúde em 30 de janeiro de 2020, em decorrência da Infecção Humana pelo novo Coronavírus (COVID-19), reconhecida no Brasil em situação de pandemia.

Conforme o parlamentar, o município deve se mobilizar esforços junto ao chefe do Poder Executivo para que seja deliberado um ato normativo, no sentido de determinar a suspensão temporária do uso obrigatório do capacete, por parte do passageiro, que se utilizar do serviço de transporte remunerado individual de passageiro, denominado de Moto-Táxi, no âmbito municipal, excetuando-se às Rodovias Estaduais e Federais.

O ato normativo deverá vigorar pelo período em que perdurar as medidas de prevenção ao combate do avanço da contaminação pelo Coronavírus – (COVID-19), a partir deste momento em que o município sai da categoria de estágio 1, onde se encontrava com nenhuma caso confirmado e atingiu a categoria de estágio 2, onde foi oficialmente confirmado o primeiro caso de contaminação pela COVID-19, atendendo determinações dos setores da saúde em todo o país, assim como orientações da O.M.S – Organização Mundial da Saúde. Segundo o vereador Sargento Berg, a medida é necessária e importante, tendo em vista que o capacete do Moto-Taxi, especialmente, é utilizado por inúmeros passageiros por dia e, mesmo sendo esterilizado após o uso, à medida que se requer, serve de uma maior proteção e obedece a necessidade da prevenção neste atual momento.

Fonte: Sulbanews


Temóteo Brito muda os comandos das Secretarias de Infraestrutura e

Teixeira de Freitas: O prefeito Temóteo Alves de Brito (PP) promoveu na tarde desta última sexta-feira (03/04), uma cerimônia para anunciar

Mandetta bate-boca com Bolsonaro: "O senhor que me demita"

O clima esquentou entre o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e o Presidente Jair Bolsonaro. Em uma discussão por telefone, Bolsonaro teria

Presidente da Câmara de Lajedão vendeu terrenos que deveriam ser

Lajedão: Nossa equipe de reportagem recebeu uma denúncia que confirma a matéria publicada pelo Liberdade News, acerca dos terrenos que foram

Combate ao Coronavírus: Vereadores de Lajedão propõem redução de

Lajedão: Vereadores do município de Lajedão, que estão participando da Comissão de Gerenciamento de Crise no combate do

Bolsonaro volta a sugerir fim de isolamento com vídeo em rede social

O presidente Jair Bolsonaro voltou a sugerir o fim do isolamento social proposto por prefeitos e governadores em todo o país. Na manhã desta

Estado vai pagar conta de luz de 677 mil baianos pelos próximos

Bahaia: Um anúncio feito pelo governador Rui Costa, na sede da Governadoria, no fim da tarde desta quarta-feira (1º), garantiu duas boas

Vereadores doam 6,7 milhões em emendas no combate ao COVID-19 em

Teixeira de Freitas: Na sessão ordinária da Câmara Municipal na manhã desta quarta-feira (1º/04) sob a presidência do vereador Ronaldo Alves

Caravelas autoriza reabertura de estabelecimentos com exigência de

Caravelas: Atendimentos presenciais nos órgãos públicos continuam suspensos. As aulas na rede pública e particular também estão interrompidas

Decreto Municipal decreta suspensão do comércio varejista por 07

Teixeira de Freitas: Após orientação da Vigilância Epidemiológica, de que mediante o segundo caso confirmado de Coronavírus em Teixeira, cujo

Aras pede três dias para se posicionar sobre pedido de afastamento

O Procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou nesta terça-feira, 31, que em até três dias deve se posicionar sobre o pedido de

Nossos Apoiadores: