O juiz Ulisses Maynard, da 1ª Vara da Fazenda Pública, emitiu mais uma decisão  contra o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, em que o acusa de improbidade administrativa e como consequência  pede a suspensão dos direitos políticos e extinção do mandato do gestor do município.

Tal ação, de acordo com a defesa do prefeito, mostra perseguição para um fato que aconteceu em 1994. A defesa lembra que a suposta e inexistente violação, trata-se da contratação de dois servidores sem processo seletivo. Um ato, praticado, na época, pelos Secretários de Transporte e Trânsito e de Administração.

Segundo a defesa do prefeito, os processos só aparecem próximos às eleições e que não há como falar em responsabilidade do prefeito. "Pois o mesmo não cometeu qualquer conduta irregular. E mesmo que o fizesse, o teria feito por condução dos referidos prepostos, o que o afasta do dolo e da culpa, e inexistindo por consequência, qualquer acusação de negligência ou imprudência por parte do gestor do município de Itabuna", afirmou a defesa.

Comércio de Itabuna 

Devido a pandemia do novo coronavírus, o comércio permaneceu fechado por mais de 100 dias.  Após a ampliação dos leitos de UTI, o prefeito Fernando Gomes liberou a abertura do comércio no dia 8 de julho. Após 20 dias de comércio aberto, o mesmo juiz, Dr. Ulysses Maynard,  da 1ª Vara Fazenda Pública de Itabuna, determinou seu fechamento, por conta de uma ação civil pública do Ministério Público.

Dessa forma o juiz suspendeu parcialmente o decreto municipal 13.782.2020, fechando o comércio no dia  28 de julho. A determinação do fechamento, gerou revolta e protestos por parte dos lojistas da cidade.

A Procuradoria do município recorreu da decisão que determinava o fechamento do comércio, e no dia 29 de julho o  Tribunal de Justiça da Bahia decidiu pela reabertura dos estabelecimentos não essenciais de Itabuna.

Na decisão judicial, proferida pelo desembargador Raimundo Sérgio Sales Cafezeiro, "o município não está sendo precipitado, nem leviano nas medidas que estão sendo tomadas, havendo uma conjugação entre a necessidade de imprimir um fôlego à economia, sem que se negligencie a saúde da sua população".

Fonte: Atarde

Prova de vida de servidores aposentados é suspensa até 31/10

Quem teve benefício suspenso pode pedir para restabelecer pagamento Os servidores federais aposentados, pensionistas e anistiados políticos

Governo define metas para a mineração nos próximos anos

Programa define a agenda para o setor no período de 2020 a 2023 O presidente Jair Bolsonaro e ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque,

Marta Helena: Candidata a prefeita registra Boletim de Ocorrência e

Teixeira de Freitas: A candidata a prefeita pelo PSDB em Teixeira de Freitas, Marta Helena Leal, esteve na Delegacia Territorial de Teixeira de

Secom divulga informação incorreta sobre queimadas em 2020

Publicação foi feita no sábado (26) no perfil em rede social da Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República. A

Trump indica ultraconservadora para a Suprema Corte

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, oficializou neste sábado, 26, a sua escolha para a Suprema Corte norte-americana. Com

Lei prorroga incentivo fiscal para exportadores durante pandemia

Ampliação busca evitar redução na atividade econômica brasileira O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou hoje (24) a Lei n°

Mais de 517 mil pedidos de candidatura para eleições 2020 são

Desse total, 18.416, (3.83%) concorrem ao cargo de prefeito O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou até o momento 517.786 solicitações de

Juiz Marcus Aurelius da 183ª Zona Eleitoral de Teixeira faz

Teixeira de Freitas: O Juiz Marcus Aurelius Sampaio, encaminhou um vídeo direcionado aos pré-candidatos a vereadores e prefeitos, bem como a toda

De São Paulo, Temóteo envia vídeo mostrando que está bem e

Teixeira de Freitas: O prefeito municipal de Teixeira de Freitas, Temóteo Brito, enviou um vídeo informando à população teixeirense que ele

João Bosco garante na Justiça o direito de se candidatar às

Teixeira de Freitas: No último dia 21 de setembro de 2020, o juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública de Salvador, Dr. Pedro Rogério Castro Godinho,

Nossos Apoiadores: