O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, é alvo de cobranças por parte da Receita Federal que chegam a R$ 17 milhões por sonegação de impostos. De acordo com o jornal O Globo, os autos são de 2017 e 2018 e os auditores fiscais afirmam que Nogueira omitiu seus rendimentos e deixou de pagar os valores correspondentes aos cofres públicos.

Nos autos de infração dos processos que são respondidos pelo novo ministro do governo Bolsonaro, um deles é sobre o suposto pagamento de propina de R$ 6,4 milhões que o progressista teria recebido da JBS e da UTC. O caso é investigado pelo STF Supremo Tribunal Federal (STF). O outro caso seria relacionado a supostas empresas do piauiense que não foram declaradas corretamente.

Seus recursos ao Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) ainda não foram julgados e o ministro contesta as multas do Fisco. As multas são baseadas em uma série de depósitos em dinheiro identificados na conta dele. Não há a identificação da origem dos recursos. Os auditores veem indícios de sonegação e lavagem de dinheiro.

Além disso, segundo o relatório da Receita Federal, o ministro fazia uso “recorrente” de pagamento em dinheiro. Também foi indicado que um imóvel foi registrado com o valor de compra de R$ 1 milhão, mas na verdade teriam sido pagos R$ 2,2 milhões.

Ciro Nogueira tem dois processos pendentes no STF relacionados à Operação Lava Jato. A primeira acusa o senador de receber R$ 7,3 milhões da Odebrecht em troca de apoio político a causas de interesse da construtora. A outra impõe ao congressista o crime de obstrução de Justiça, ao tentar pagar o silêncio de uma testemunha.

A defesa de Ciro Nogueira nega as acusações e diz que o congressista foi colocado sob investigação “num momento no qual havia, claramente, uma tendência de criminalização da política”.

Fonte: Atarde

Neto diz que fusão DEM-PSL busca formar 'o maior partido do Brasil'

A intenção da fusão entre o Democratas e PSL é formar “o maior partido do Brasil”, segundo o ex-prefeito de Salvador e presidente do DEM,

Vereador que tentou desobrigar uso de máscara morre de covid-19

O vereador Thiarles Santos (PSL), de Uberlândia, Minas Gerais, morreu nesta sexta-feira, 17, em decorrência da Covid-19. Com 34 anos, ele era um

Preço médio da gasolina sobe pela 7ª semana seguida nos postos

O preço médio da gasolina subiu pela 7ª semana nos postos do país, de acordo com levantamento realizado pela Agência Nacional do Petróleo,

Prefeito de Teixeira se reúne com vereadores, secretários e

Teixeira de Freitas: Na manhã desta sexta-feira (17), o prefeito de Teixeira de Freitas, Dr. Marcelo Belitardo, se reuniu a equipe da Gestão

Lula segue com vantagem e lidera corrida presidencial contra

Nova pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta sexta-feira, 17, pela Folha de S.Paulo, revela os índices de intenção de voto para a

Datafolha: reprovação do governo Bolsonaro atinge 53%

Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta quinta-feira, 16, pela Folha de S.Paulo, revela que a reprovação do governo Jair Bolsonaro segue

Rui nomeia Pelegrino como conselheiro do TCM

A nomeação de Nelson Pelegrino para o cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) foi publicada em edição do Diário

Teixeira: Eujácio Dantas dá mais um passo na política e é o novo

Teixeira de Freitas: Eujácio Dantas, considerado por muitos um dos melhores Secretários de Saúde da história de Teixeira de Freitas, é o novo

Morre, aos 69 anos, a jornalista e marqueteira política Bete

A jornalista, publicitária e marqueteira política Bete Rodrigues faleceu às 21h deste domingo (13), em casa, na Praia do Canto,

STF e TSE não devem recuar após declaração de Bolsonaro

O Supremo Tribunal Federal (STF) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não têm a intenção de recuar nas agendas de trabalho após a

Nossos Apoiadores: