Até esta terça-feira, 12, sete mil pescadores e marisqueiras que tiveram as atividades prejudicadas pelo óleo, que atingiu o Nordeste brasileiro, foram cadastrados pela Secretaria de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura da Bahia (Seagri) com apoio do Corpo de Bombeiros.

As informações serão enviadas ao Ministério da Agricultura, para que o Governo Federal desenvolva políticas compensatórias emergenciais. Dentre os municípios com cadastro realizado estão Entre Rios, Jandaíra, Lauro de Freitas, Lauro de Freitas, Camaçari, Salvador, Vera Cruz, Itaparica, Valença, Cairu, Nilo Peçanha e Camamu.

Em visita ao Grupo A TARDE nesta quarta-feira, 13, o titular da Seagri, Lucas Costa, o presidente da Bahia Pesca, Marcelo Oliveira, e o diretor da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), Maurício Bacelar, falaram das ações desenvolvidas pelo Estado para amenizar os impactos do desastre ambiental.

A orientação passada pelo Ministério da Agricultura no começo desta semana causou controvérsias por ter liberado o consumo de peixes, afastando o risco de contaminação por ingestão de pescados que tenham sido atingidos pelo óleo. Segundo Oliveira, o estudo do governo federal analisou somente duas amostras da Bahia: um dourado e uma lagosta do município de Alcobaça.

De acordo com o dirigente da Seagri, a Bahia Pesca vem realizando uma análise mais ampla de peixes coletados na costa baiana e deve divulgar o resultado até o dia 22 deste mês. “Os indícios de contaminação de peixes são poucos. No entanto, não recomendamos sequer a coleta de mariscos, porque a remoção do óleo dos mangues é mais difícil”, explicou. Os dados da avaliação serão encaminhados à Vigilância Sanitária estadual.

“A quantidade de coleta nossa é muito grande. A equipe toda nossa no laboratório está debruçada no caso. Só que tem reações que não tem como acelerar. E também tem a questão do volume de amostragem, estamos falando de uma quantidade razoável de mais de 240 indivíduos ao longo da costa baiana”, apontou Marcelo Oliveira.

O presidente da empresa baiana também afirma que houve demora por parte do governo federal em reagir à chegada do óleo no litoral nordestino. “A minha percepção é que, por alguma razão, não houve a preocupação com a dimensão do problema, não houve a agilidade necessária por parte do governo federal”, contextualizou.

A expectativa dos gestores é que o resultado do estudo baiano traga um cenário que tranquilize a vida do consumidor, dos pescadores e marisqueiras, do mercado e do setor do turismo.

Fonte: Atarde


Doméstica é estuprada e morta; neto da patroa confessa o crime

A empregada doméstica Jéssica Santiago dos Santos, de 29 anos, foi morta a facadas na madrugada deste domingo, 16, na casa onde trabalhava no

Mulher morre após ser atropelada por caminhão de coleta de lixo

Uma mulher morreu depois de ser atropelada por um caminhão de coleta do lixo, que estava dando ré, na manhã deste sábado (15), em Itabuna, no

Idoso é resgatado após cair em buraco no fim de ribanceira

Porto Seguro: Um idoso foi resgatado após cair em um buraco no fim de uma ribanceira, na manhã deste sábado (15), em Porto Seguro, cidade do

Operário baleado em obra pode ter sido confundido

    Eunápolis: Um operário da construção civil foi baleado no bairro Stela Reis, na cidade de Eunápolis, no início da tarde de

Entidades pedem esclarecimento de morte de jornalista

Entidades representativas emitiram notas após o assassinato do jornalista Lourenço Veras, conhecido com Léo Veras, na última quarta-feira, 12.

Eleita a lista-tríplice para novo chefe do MP

Foram eleitos ontem os promotores de Justiça Pedro Maia, Alexandre Cruz e Norma Angélica Cavalcanti para a lista tríplice de onde será

Mil comprimidos de ecstasy e 20 kg de maconha são apreendidos

Um jovem de 19 anos foi preso com 1,5 mil comprimidos de ecstasy e cerca de 20kg de maconha na tarde de quarta-feira (12), na BR-116, trecho da

Homem é torturado pelo tribunal do crime; polícia impede execução

    Eunápolis: Um homem de 20 anos foi torturado no bairro Moisés Reis, em Eunápolis, no fim da tarde de quarta-feira (13). Segundo

Justiça decreta interdição parcial de presídio por superlotação

Uma decisão da Justiça determinou a interdição parcial do Conjunto Penal de Juazeiro, no Sertão do São Francisco. O motivo foi a

DPT analisa escudo do Bope danificado em ação contra miliciano

Apoio: PMs relataram dois disparos com uma pistola austríaca, calibre 9mm, feitos por Adriano Magalhães da Nóbrega. O Departamento de

Nossos Apoiadores: