A operação que a Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira (10) na sede da agência Propeg, em Salvador, ocorre no âmbito da 69ª fase da Lava Jato, batizada de “Mapa da Mina”. Se trata de uma cooperação com o Ministério Público Federal (MPF) e a Receita Federal com o cumprimento de 47 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e, como já citado, na Bahia.

Segundo informações do G1, os agentes investigam repasses do grupo Oi/ Telemar para uma empresa de Fábio Luis Lula da Silva, um dos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas não há detalhes sobre a operação.

Já a PF, em texto enviado à imprensa, acrescenta que o inquérito policial teve início a partir de evidências colhidas na 24ª fase da Lava Jato, a Alethéia. Deflagrada em março de 2016, a operação originária tinha como alvo principal o ex-presidente, que chegou a ser conduzido coercitivamente para prestar esclarecimentos à Justiça. Na época, a investigação buscava descobrir se empreiteiras e o pecuarista José Carlos Bumlai favoreceram o petista com o sítio de Atibaia e o triplex do Guarujá, ambos objetos de suas condenações.

Agora, a nova operação visa apurar os crimes de corrupção ativa e passiva, organização criminosa, tráfico de influência internacional e lavagem de dinheiro envolvendo contratos e/ ou acertos suspeitos que geraram repasses milionários a um grupo econômico integrado por pessoas físicas e jurídicas investigadas naquela fase.

De acordo com a assessoria de comunicação da corporação, os contratos sob investigação foram firmados com grandes empresas de internet, telefonia e TV por assinatura atuantes no Brasil e no exterior.  A PF segue os indícios de que os serviços contratados pelo grupo nos casos suspeitos foram realizados em patamares ínfimos ou nem foram prestados, mas os pagamentos foram recebidos integralmente. Até o momento, os repasses apurados chegam a R$ 193 milhões, registrados entre 2005 e 2016.

Além disso, a PF explica que o nome da operação foi retirado de um arquivo eletrônico de apresentação financeira do grupo, no qual eles chamavam de "mapa da mina" as fontes de recursos oriundas da empresa de telefonia investigada.

No caso da Propeg, em Salvador, o presidente do Conselho procurou o Bahia Notícias para explicar que a agência baiana não está entre os alvos da investigação. Segundo Fernando Barros, os mandados foram direcionados à Rede Interamericana, que era de propriedade de ex-sócios da Propeg.

Fonte: Bahianoticias

Homem é preso após escalar arranha-céu em Paris

Um homem foi preso na noite desta sexta-feira, 18, após tentar escalar sem o auxílio de cordas a Torre Montparnasse, arranha-céu mais alto da

Tiroteio entre bandidos e onda de 'fakes' assustam moradores

Carro de app usado por bandidos; motorista foi rendido Tiroteios entre bandidos, ocorridos no fim da noite de quinta-feira (17), em dois bairros

Professor de capoeira é morto a tiros em Vitória da Conquista

Um professor de capoeira foi morto a tiros na noite de quinta-feira (17), em Vitória da Conquista, cidade que fica no sudoeste da Bahia. Segundo

Dois jovens de Eunápolis morrem em troca de tiros na BR-367

Eunápolis: Dois adolescentes de 16 anos morreram, no fim da noite de quinta-feira (17), durante uma abordagem policial na BR-367, entre Vera Cruz

Dois são presos em casa com drogas, armas e R$ 9 mil

Porto Seguro: Dois homens foram presos em uma casa em Trancoso, município de Porto Seguro, no início da manhã desta sexta-feira (18). Segundo

Líder evangélico é condenado após estuprar menina de 13 anos

O bispo evangélico João Batista dos Santos foi condenado pelo juiz da Vara Criminal do Recanto das Emas, no Distrito Federal (DF), pelo estupro

Eunápolis: trio é acusado de liderar atentados a tiros em bairros

Três homens foram presos na ação policial As polícias civil e militar anunciaram, nesta quarta-feira (16), que desarticularam a cúpula de um

Dupla assalta joalheria e leva R$ 35 mil em produtos

Dois homens armados roubaram cerca de R$ 30 mil em produtos de uma joalheira localizada no centro de Eunápolis. Câmeras de segurança da empresa

Preso um dos suspeitos de matar PM; outros dois estão no hospital

Porto Seguro: Um dos suspeitos de ter participado do assassinato de um cabo da Polícia Militar, em Porto Seguro, já está preso na delegacia da

Suspeito de tráfico é preso com 11 tabletes de maconha

Um homem foi preso por policiais militares das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico, após ser flagrado com drogas, na madrugada desta

Nossos Apoiadores: