A operação que a Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira (10) na sede da agência Propeg, em Salvador, ocorre no âmbito da 69ª fase da Lava Jato, batizada de “Mapa da Mina”. Se trata de uma cooperação com o Ministério Público Federal (MPF) e a Receita Federal com o cumprimento de 47 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e, como já citado, na Bahia.

Segundo informações do G1, os agentes investigam repasses do grupo Oi/ Telemar para uma empresa de Fábio Luis Lula da Silva, um dos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas não há detalhes sobre a operação.

Já a PF, em texto enviado à imprensa, acrescenta que o inquérito policial teve início a partir de evidências colhidas na 24ª fase da Lava Jato, a Alethéia. Deflagrada em março de 2016, a operação originária tinha como alvo principal o ex-presidente, que chegou a ser conduzido coercitivamente para prestar esclarecimentos à Justiça. Na época, a investigação buscava descobrir se empreiteiras e o pecuarista José Carlos Bumlai favoreceram o petista com o sítio de Atibaia e o triplex do Guarujá, ambos objetos de suas condenações.

Agora, a nova operação visa apurar os crimes de corrupção ativa e passiva, organização criminosa, tráfico de influência internacional e lavagem de dinheiro envolvendo contratos e/ ou acertos suspeitos que geraram repasses milionários a um grupo econômico integrado por pessoas físicas e jurídicas investigadas naquela fase.

De acordo com a assessoria de comunicação da corporação, os contratos sob investigação foram firmados com grandes empresas de internet, telefonia e TV por assinatura atuantes no Brasil e no exterior.  A PF segue os indícios de que os serviços contratados pelo grupo nos casos suspeitos foram realizados em patamares ínfimos ou nem foram prestados, mas os pagamentos foram recebidos integralmente. Até o momento, os repasses apurados chegam a R$ 193 milhões, registrados entre 2005 e 2016.

Além disso, a PF explica que o nome da operação foi retirado de um arquivo eletrônico de apresentação financeira do grupo, no qual eles chamavam de "mapa da mina" as fontes de recursos oriundas da empresa de telefonia investigada.

No caso da Propeg, em Salvador, o presidente do Conselho procurou o Bahia Notícias para explicar que a agência baiana não está entre os alvos da investigação. Segundo Fernando Barros, os mandados foram direcionados à Rede Interamericana, que era de propriedade de ex-sócios da Propeg.

Fonte: Bahianoticias


Suspeitos de ordenar e executar homicídios são mortos pela polícia

Eunápolis: Dois homens acusados de assassinatos foram mortos em uma troca de tiros com a Polícia Militar, fim da tarde de domingo (16), no bairro

Três pessoas são baleadas durante passagem de blocos em SP

Segundo informações iniciais, um policial civil teria reagido a um assalto e disparou contra um homem. Duas mulheres ficaram feridas. Ao menos

Doméstica é estuprada e morta; neto da patroa confessa o crime

A empregada doméstica Jéssica Santiago dos Santos, de 29 anos, foi morta a facadas na madrugada deste domingo, 16, na casa onde trabalhava no

Mulher morre após ser atropelada por caminhão de coleta de lixo

Uma mulher morreu depois de ser atropelada por um caminhão de coleta do lixo, que estava dando ré, na manhã deste sábado (15), em Itabuna, no

Idoso é resgatado após cair em buraco no fim de ribanceira

Porto Seguro: Um idoso foi resgatado após cair em um buraco no fim de uma ribanceira, na manhã deste sábado (15), em Porto Seguro, cidade do

Operário baleado em obra pode ter sido confundido

    Eunápolis: Um operário da construção civil foi baleado no bairro Stela Reis, na cidade de Eunápolis, no início da tarde de

Entidades pedem esclarecimento de morte de jornalista

Entidades representativas emitiram notas após o assassinato do jornalista Lourenço Veras, conhecido com Léo Veras, na última quarta-feira, 12.

Eleita a lista-tríplice para novo chefe do MP

Foram eleitos ontem os promotores de Justiça Pedro Maia, Alexandre Cruz e Norma Angélica Cavalcanti para a lista tríplice de onde será

Mil comprimidos de ecstasy e 20 kg de maconha são apreendidos

Um jovem de 19 anos foi preso com 1,5 mil comprimidos de ecstasy e cerca de 20kg de maconha na tarde de quarta-feira (12), na BR-116, trecho da

Homem é torturado pelo tribunal do crime; polícia impede execução

    Eunápolis: Um homem de 20 anos foi torturado no bairro Moisés Reis, em Eunápolis, no fim da tarde de quarta-feira (13). Segundo

Nossos Apoiadores: