Foi preso na quarta-feira, 13, em Paulo Afonso (a 470 km de Salvador), o ex-companheiro de Cíntia Maria da Silva. Segundo informações da Polícia Civil, o homem, que estava foragido há mais de um mês, estuprou e matou Cíntia, e ainda alterou a cena do crime para forjar um suicídio.

Cíntia foi assassinada no dia 10 de novembro de 2020, em seu apartamento, localizado no bairro Moxotó. Conforme a titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam/Paulo Afonso), Antônia Jane, familiares de Cíntia afirmaram que ela sofria maus tratos e agressões do companheiro, cujo apenas as iniciais do nome foram divulgadas (C. A. dos S), devido a ciúmes.

“Recentemente ela havia pedido a separação e começado num novo emprego, o que intensificou a violência do acusado”, salientou a delegada. Entre as provas colhidas para contestar a versão de suicídio apresentada pelo suspeito estão o laudo médico, as imagens das câmeras de segurança e o depoimento de vizinhos. A perícia no local do fato e no carro do suspeito também foram essenciais para desvendar o crime.

Conforme a investigação, o companheiro acionou a polícia informando que havia encontrado o corpo de Cíntia pendurado por um lençol, que ele supostamente havia cortado. No entanto, vizinhos afirmaram que o corpo dela estava deitado no chão quando chegaram ao local.

Imagens do circuito de segurança do condomínio onde a vítima morava mostraram ainda o ex de Cíntia transportando um colchão na mala do veículo. Manchas de sangue também foram descobertas no volante do carro, apreendido posteriormente.

Por fim, os exames médicos no corpo revelaram que as marcas de violência não eram compatíveis com suicídio e concluíram que Cíntia foi violentada e morta por estrangulamento.

Além de feminicídio, C. A. dos S responderá pelos crimes de estupro e fraude processual. A operação que resultou na sua prisão contou com apoio do Departamento de Polícia do Interior (Depin), da Superintendência de Inteligência da SSP e Delegacia Territorial (DT) de Paulo Afonso.

Fonte: Atarde

Quase meia tonelada de maconha é apreendida em carga de coco

Porto Seguro: A Polícia Rodoviária Federal apreendeu 480 quilos de maconha que eram transportados de Porto Seguro para Curitiba, no Paraná. A

DTE de Feira prende mulher com três quilos de cocaína

Feira de Santana: Policiais da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), de Feira de Santana, apreenderam três tabletes de cocaína, pesando

Envolvidos em homicídio de garoto autista são apreendidos

Mandados de busca e apreensão de dois adolescentes, de 15 anos, foram cumpridos por policiais da Delegacia Territorial (DT), de Itambé, na

Motorista é morto a tiros ao chegar em casa, em Eunápolis

Eunápolis: O motorista Antônio Marcos Ribeiro dos Santos, popular “Marquinhos” de 38 anos foi morto a tiros por volta das 19h30 da noite

Paulo Gustavo morre de Covid no Rio, aos 42 anos

O ator e humorista Paulo Gustavo morreu no Rio nesta terça-feira (4), aos 42 anos, de complicações da Covid-19. O criador de Dona

Policia prende homem investigado por crimes contra irmãos

Ilhéus: Policiais do Núcleo de Homicídios cumpriram mandado de prisão preventiva contra um homem de 28 anos, nesta segunda-feira, 3, no

Quatro veículos pegam fogo após acidente na BR-116

Jaguaquara: Três carretas e um carro pegaram fogo após colisão na BR-116 no trecho da Serra do Mutum, no município de Jaguaquara, no sudoeste

Pessoas são feitas reféns e policial é baleado durante operação

Cinco pessoas foram feitas reféns e um policial militar foi baleado durante operação no fim da manhã deste domingo (2), no bairro de Santa

Policial é preso por suspeita de participação em homicídio na

Um policial militar, que não teve sua identidade revelada, foi preso na madrugada desta terça-feira, 28, durante operação da Polícia Civil,

Mensaens: Defesa treinou mãe de Henry antes de depoimento

Um dia antes da professora Monique Medeiros e do vereador Dr. Jairinho (sem partido) prestarem depoimento à Polícia Civil, a mãe de Henry Borel

Nossos Apoiadores: