Depois da bebedeira, o corpo fica desidratado e precisa de tempo para metabolizar o álcool que está no sangue.

Que Carnaval é sinônimo de festa e diversão, todo mundo concorda. Mas, para algumas pessoas, os quatro dias de farra também significam exagero... Ou seja, dançar, pular e beber até cair. No outro dia, o que sobra é a ressaca e aquele desejo de que o mundo acabe —  e, com ele, a dor de cabeça, o enjoo, a dor de estômago e o mal-estar.

Mas o que é ressaca? A médica hepatologista Edna Strauss, da Sociedade Brasileira de Hepatologia, explica que quando uma pessoa ingere uma bebida alcoólica, o álcool passa pelo tubo digestivo, que absorve uma parte, mas 90% da substância vai para o fígado

O problema é que o fígado não consegue metabolizar tudo. Parte do álcool ingerido acaba indo para a corrente sanguínea e, assim, passa por todo o corpo, inclusive pelo cérebro. O que define uma ressaca mais ou menos forte é a sensibilidade de cada um, “quem bebe todos os dias, não sente tanto os efeitos da ressaca, o que não significa que o organismo não sofra as consequências do alto nível de álcool no sangue”, disse a Hepatologista.

O tipo de bebida também influencia na intensidade da ressaca, e isso não está ligado ao teor alcoólico do drink. A ressaca é causada pelo álcool e por outras substâncias que cada bebida tem. Algumas vodcas, por exemplo, chegam a ter mais de 80% de teor alcoólico, no entanto, de acordo com a Sociedade Brasileira de Hepatologia, as vodcas de boa qualidade são as bebidas que causam menos ressaca.

Por outro lado, o vinho tinto e o uísque podem causar as ressacas mais fortes. Isso acontece porque a vodca é feita apenas com etanol. Enquanto que as bebidas mais escuras possuem outros tipos de compostos biologicamente ativos que são produzidos durante o processo de fermentação. A regra diz que quanto mais escura for a bebida, maior a ressaca.

E o que fazer para curar a ressaca? De acordo com Edna Strauss, a única possibilidade é “descansar e esperar o organismo metabolizar o álcool que ainda está no sangue. Só assim os efeitos vão passar”. A médica explica que não adianta tomar remédio, os comprimidos, como a aspirina só vai sobrecarregar ainda mais o fígado - e a ressaca vai demorar mais para passar.

Mas a médica dá uma dica para quem não pode, ou não pretende, ficar o dia todo na cama: tomar muita água ou água de coco e se alimentar. “O ideal é comer alimentos leves, mesmo que a pessoa não tenha fome”, explica Strauss. Quem está realmente mal, pode apelar para o soro caseiro – em um copo de 200 ml de água, coloque uma colher de sopa de açúcar e uma colher de chá de sal. A receita não faz milagre, mas pode ajudar na recuperação.

Curar a ressaca com mais álcool? Acredite, não é uma boa ideia. Durante a ressaca o seu organismo está tentando metabolizar o álcool que ainda está na corrente sanguínea. Ingerir mais álcool vai fazer com que o processo leve mais tempo.

Fonte:R7

Veja como fortalecer a imunidade para as mudanças climáticas

O uso de vitamina C e de própolis está entre os mitos relacionados ao aumento da defesa do organismo contra as infecções, segundo

Vídeo: Projeto Equoterapia é lançado no 13° BEIC em Teixeira

Teixeira de Freitas: Na tarde desta quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018, o 13º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (BEIC), em

Brasil confirma mais 10 mortes por febre amarela em 4 dias

Desde julho, país tem 164 mortes e 545 casos. Na última atualização, Ministério da Saúde contabilizava 154 óbitos e 464 casos. O

Disfunções sexuais masculinas: As mais e menos recorrentes

O que caracteriza uma disfunção sexual? É quando há o bloqueio ou impedimento de uma resposta sexual, conforme o esperado. É uma incapacidade

13º BEIC iniciará projeto piloto de “Equoterapia” gratuita para

Será realizada no dia 22 de fevereiro, às 14 horas, no auditório do 13º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação, uma reunião

Consumir carboidratos à noite engorda: mito ou verdade?

Você já deve ter escutado que consumir carboidrato à noite engorda e que para emagrecer este item deve ser retirado do cardápio diário. Será

Bahia começa hoje vacinação fracionada contra febre amarela

A Secretaria de Saúde da Bahia inicia hoje (19) a vacinação fracionada contra a febre amarela. A meta é imunizar até o dia 9 de março pelo

Novo antibiótico encontrado na 'poeira' é combate superbactéria

Compostos naturais foram capazes de debelar uma série de doenças bacterianas que se tornaram resistentes à antibióticos Pesquisadores da

Nutrição: Mulheres grávidas precisam de calorias extras

O feto em formação exige do organismo da mãe um volume maior de nutrientes, que ainda ajudam na prevenção de doenças futuras Durante a

Felicidade: esta é a melhor decisão que você pode tomar na vida

Algumas pessoas possuem uma habilidade natural para reinterpretar experiências de um modo positivo Os cérebros conversam entre si sem que a

Nossos Apoiadores: