Durante a folia, banheiros públicos e banheiros químicos escondem inimigos que podem acabar com a sua festa; saiba como se proteger

Você está no meio do bloco e dá aquela vontade de fazer xixi. Qual é a melhor opção? Banheiro público ou banheiro químico? De acordo com a médica Carmem Manzione Nadal, da Sociedade Brasileira de Coloproctologia, as duas são ruins. Ela explica que esses tipos de banheiro nem sempre recebem uma higienização adequada, principalmente durante as festas, e que podem ser fonte de doenças de contato ou até mesmo algumas DST.

“Mulheres e crianças em especial não devem sentar no vaso sanitário sem utilizar um protetor. Caso a pessoa não tenha o protetor, pode forrar a tábua do vaso com papel higiênico ou papel toalha, desde que o assento não esteja molhado. É preciso tomar cuidado porque ainda não sabemos quanto tempo vírus como o HPV vivem fora do organismo”, afirma Carmen Manzione Nadal.

Os banheiros químicos exigem cuidado redobrado pela forma como funcionam e por passarem muitas vezes o dia inteiro sem receber higienização. A engenheira química da UFPE, Universidade Federal de Pernambuco, Angeles Perez Palha, explica que banheiros mal cuidados são fontes de  inúmeras doenças que são causadas pelos micro-organismos presentes nas fezes.

"Daí a necessidade insistente em lavar as mãos com água e sabão ou sabonete, preferencialmente, evitando-se desta forma contaminações de olhos, boca ou alimentos", explica Palha.

Quem vai viajar também precisa tomar cuidado. Banheiros de ônibus e de avião podem até ser higienizados, mas isso não significa que quem usa está livre do perigo. "No caso de banheiros de ônibus e avião, os problemas são os mesmos, mas decorrem do mau uso do banheiro, nem sempre da falta de limpeza do mesmo", explica a engenheira química.

Banheiros aparentemente limpos também guardam micróbios. O importante é sempre se certificar que o lugar tem água para lavar as mãos antes e após uso do banheiro.

Palha ainda dá outra dica: "Pegue em maçanetas de portas e pontos de descarga com papel.  De preferência leve em sua bolsa pacotinho com papel próprio para cobrir o aparelho sanitário. Evite contato entre sua pele e a louça de banheiros desconhecidos. Caso você esteja muito apertado e não tenha água para a higiene de suas mãos, leve sempre álcool gel".

Fonte: R7


Crianças são vacinadas contra Pólio e Sarampo em Teixeira

Teixeira de Freitas: Neste último sábado, dia 18 de agosto, as unidades de saúde do município estavam abertos para realizar o Dia D de

Fiocruz revela que vírus Zika veio do Haiti para o Brasil

O vírus Zika que chegou ao Brasil é proveniente do Haiti, revelou um estudo desenvolvido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Pernambuco.

Vacinação imuniza 10% das crianças contra pólio e sarampo

Na primeira semana da Campanha Nacional de Vacinação Contra a poliomielite e sarampo, 1,16 milhão de crianças se vacinaram contra a pólio e

Consumo excessivo de álcool aumenta risco de AVC e infarto

Pesquisa publicada no "Journal of American Heart Association" nesta sexta-feira (10) mostra que o consumo excessivo de bebidas alcoólicas em um

Secretário de Saúde visita Centro de Equoterapia de Teixeira

O Secretário Municipal de Saúde de Teixeira De Freitas, Max Almeida, visitou na tarde desta quinta-feira, 9 de agosto, o Centro de Equoterapia,

Diretoria da Policlínica apresenta dados e orienta sobre atendimento

Teixeira de Freitas: Nesta quarta-feira, dia 8 de agosto, a diretoria da Policlínica Regional do Extremo Sul reuniu a imprensa para apresentar

Turismo de saúde pode ser 3 vezes mais valioso que o convencional

O trânsito de pessoas entre cidades, estados e países para turismo é extremamente comum e lucrativo para os destinos visitados. Entretanto,

Menino de 2 anos coloca bateria no nariz em Medeiros Neto: Objeto foi

Medeiros Neto: Um menino de dois anos e sete meses de idade introduziu uma bateria dentro do nariz, no final da tarde da última sexta-feira (3),

Cresce número de médicos em busca de trabalho em Portugal

Nos últimos anos cresceu mais de oito vezes o número de médicos brasileiros em busca de trabalho em Portugal. De acordo com informações da

Mulher morre após esperar sete anos por vaga em hospital para

A dona de casa Josilene dos Santos, que aguardava por uma cirurgia cardíaca há sete anos, morreu na quinta-feira (2), em Juazeiro (BA).

Nossos Apoiadores: