Durante a folia, banheiros públicos e banheiros químicos escondem inimigos que podem acabar com a sua festa; saiba como se proteger

Você está no meio do bloco e dá aquela vontade de fazer xixi. Qual é a melhor opção? Banheiro público ou banheiro químico? De acordo com a médica Carmem Manzione Nadal, da Sociedade Brasileira de Coloproctologia, as duas são ruins. Ela explica que esses tipos de banheiro nem sempre recebem uma higienização adequada, principalmente durante as festas, e que podem ser fonte de doenças de contato ou até mesmo algumas DST.

“Mulheres e crianças em especial não devem sentar no vaso sanitário sem utilizar um protetor. Caso a pessoa não tenha o protetor, pode forrar a tábua do vaso com papel higiênico ou papel toalha, desde que o assento não esteja molhado. É preciso tomar cuidado porque ainda não sabemos quanto tempo vírus como o HPV vivem fora do organismo”, afirma Carmen Manzione Nadal.

Os banheiros químicos exigem cuidado redobrado pela forma como funcionam e por passarem muitas vezes o dia inteiro sem receber higienização. A engenheira química da UFPE, Universidade Federal de Pernambuco, Angeles Perez Palha, explica que banheiros mal cuidados são fontes de  inúmeras doenças que são causadas pelos micro-organismos presentes nas fezes.

"Daí a necessidade insistente em lavar as mãos com água e sabão ou sabonete, preferencialmente, evitando-se desta forma contaminações de olhos, boca ou alimentos", explica Palha.

Quem vai viajar também precisa tomar cuidado. Banheiros de ônibus e de avião podem até ser higienizados, mas isso não significa que quem usa está livre do perigo. "No caso de banheiros de ônibus e avião, os problemas são os mesmos, mas decorrem do mau uso do banheiro, nem sempre da falta de limpeza do mesmo", explica a engenheira química.

Banheiros aparentemente limpos também guardam micróbios. O importante é sempre se certificar que o lugar tem água para lavar as mãos antes e após uso do banheiro.

Palha ainda dá outra dica: "Pegue em maçanetas de portas e pontos de descarga com papel.  De preferência leve em sua bolsa pacotinho com papel próprio para cobrir o aparelho sanitário. Evite contato entre sua pele e a louça de banheiros desconhecidos. Caso você esteja muito apertado e não tenha água para a higiene de suas mãos, leve sempre álcool gel".

Fonte: R7


Distúrbios na visão, o sintoma muitas vezes ignorado da enxaqueca

Sintoma mais comum de doença que afeta 15% da população é a dor de cabeça, mas o que muitos não sabem é que ela pode se manifestar por meio de

Fevereiro roxo: entenda o lúpus, doença que afeta Selena Gomez

Doença autoimune causa inflamações na pele, articulações e órgãos; apesar de não ter cura, o lúpus pode ser tratado e paciente pode ter vida

Brasil corre risco de perder selo de erradicação do sarampo

O Brasil corre o risco de perder o certificado de erradicação do sarampo, obtido há três anos. Sem conseguir controlar a transmissão da

Prematuros apresentam mais risco de hidrocefalia

Mesmo com os avanços na medicina neonatal, os bebês que nascem prematuros (pré-termo), ou seja, com idade gestacional inferior a 37 semanas e

Fim do horário de verão: Como adaptar o corpo a essa mudança

O horário de verão chega ao fim neste sábado. Quem vive nos dez Estados e no Distrito Federal onde os relógios tiveram de ser adiantados há

Como fazer isotônico caseiro e saudável

Nutricionista norte-americana passa uma receita simples, prática e saudável de isotônico para você fazer em casa Inicialmente projetado para

Como o álcool altera nosso DNA e nos faz querer beber ainda mais

O consumo de grandes quantidades de álcool pode causar mudanças no DNA das pessoas, levando-as a ter ainda mais vontade de beber, segundo um

Vacinação: 8 mitos que estão levando ao ressurgimento de doenças

A queda na cobertura vacinal em algumas regiões é apontada como causa para surtos de sarampo que têm sido observados em diversos países No dia

Agentes de Saúde usarão tablets nas visitas domiciliares em

Teixeira de Freitas: O trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e dos Agentes de Combate a Endemias (ACE) ganhou mais agilidade. Agora,

Novo estudo conclui que dormir pouco pode danificar o DNA

Pesquisadores estudaram médicos de Hong Kong que trabalhavam no turno da noite Ter uma boa noite de sono é fundamental para saúde do corpo, da

UAI Brasil
O teixeirão 2018
Connect Informática
Nossos Apoiadores: