DJ dia das mães

Um parto ocorrido na maternidade da Santa Casa de Misericórdia e Hospital São Vicente de Paulo em Porteirinha, no Norte Minas, surpreendeu e chamou atenção dos médicos e funcionários da instituição. Nasceu no hospital um bebê do sexo feminino, saudável, com 6,126 quilos, praticamente o dobro da média de peso dos recém-nascidos, um caso raro. A menina, que recebeu o nome de Jennifer Eloá, nasceu com 58 centímetros. A mãe é a doméstica Luzia Ferreira de Oliveira, de 37 anos, moradora de Paciência, distrito do município.

Mãe e filha passam bem. Elas receberam alta do hospital nesta segunda-feira. Luzia teve o sétimo filho na última sexta-feira, dois dias antes do Dia da Mães. Jennifer Eloá veio ao mundo com um peso que, normalmente, so é alcançado por uma criança aos seis meses de vida.

O médico obstetra Antonio Carlos Mendes Silva, que assistiu ao parto, ressalta que um ponto que chamou a atenção foi que a mulher não apresentava nenhum problema de saúde, como diabetes, que poderia levar ao crescimento anormal do feto. Um aspecto importante é que, ressalta o médico, o parto ocorreu por cesariana, sem nenhuma sequela para a mãe e para o bebê.

“Me sinto honrado e abençoado pela oportunidade de proporcionar a felicidade e um momento especial para esta família. Cumpri o meu dever de trazer à vida e lutar pela vida”, afirmou o obstetra. “Em 28 anos de profissão, é a primeira vez que vi um caso desse”, admirou. Ele lembra que o peso “habitual” dos recém-nascidos fica em torno de 2,5 a 3,5 quilos.

De acordo com informações do hospital, Luzia teve os outros seis filhos por parto normal, todos nascidos com peso dentro dos padrões normais. 

Com Informações: Estado de Minas

Anvisa inicia discussão de plantio de maconha para uso terapêutico

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) dará, dentro de três semanas, o primeiro passo para a regulamentação do plantio da

Nara Almeida não resiste a câncer raro e morre

Morreu na madrugada desta segunda-feira a blogueira Nara Almeida em São Paulo em decorrência de um câncer de estômago, descoberto em 2017. Com

Número de embriões humanos congelados cresce 17% no Brasil

O Brasil registrou crescimento de cerca de 17% no número de embriões humanos produzidos pelas técnicas de fertilização in vitro

Alcobaça lança “Consultório Móvel” para atender comunidades

Alcobaça: O anúncio oficial foi feito nesta quinta-feira (17), quando já foram realizados os atendimentos na Comunidade Pequi (localidade

Número de casos de H1N1 sobe 14% na Bahia em seis dias

Em seis dias, os casos confirmados de H1N1 subiu de 100 para 114 na Bahia. O avanço representa um aumento de 14%, segundo dados divulgados pela

Ministro Gilberto Occhi quer planos de saúde alternativos

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, encomendou à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) a retomada da discussão sobre novos formatos de

Contrato do Ministério para testes rápidos de HIV é suspenso

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu suspender cautelarmente o contrato firmado pelo Ministério da Saúde com a empresa Orange Life

Paciente que estava internado com Guillain-Barré morre

Valdemir de Jesus dos Santos, de 53 anos, que estava internado após ser diagnosticado com a síndrome de Guillain-Barré, teve uma parada

Morre 5ª criança com suspeita de infecção por raiva humana

A Secretaria de Saúde Pública do Pará confirmou, na noite de sexta-feira (11), a morte da quinta vítima por suspeita de raiva humana na ilha

Em oito anos, Brasil perdeu 34 mil leitos hospitalares do SUS

O Brasil perdeu 34 mil leitos hospitalares em unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) nos últimos quatro anos. De acordo com levantamento feito

Nossos Apoiadores: