Uma nova epidemia de chikungunya poderá ocorrer no Brasil nos próximos dois anos, sendo o Nordeste e a faixa litorânea na região Sudeste as áreas mais afetadas. De acordo com a Agência Fapesp, a previsão foi feita pelo presidente da Sociedade Brasileira de Virologia, Maurício Lacerda Nogueira. Os estudos mostram que ocorrerá o máximo de ocorrências da chikungunya.

O surgimento dessa e de outras doenças transmitidas por mosquitos podem estar relacionados com a mudança climática global, além das variáveis sociais, como o tipo de instalação sanitária, a disponibilidade de água canalizada e o destino do lixo. "Convivemos há muitos anos com o Aedes aegypti e a dengue nas cidades. O que mudou nos anos recentes foi que entraram dois vírus novos: o zika e a chikungunya. E, no país, nenhum humano havia tido contato anteriormente com esses vírus.

A situação era favorável para que houvesse uma explosão de ocorrências da doença e, em seguida, uma diminuição", disse a coordenadora do Projeto Aedes Transgênico, Margareth Capurro. Na epidemia de 2015 a 2017, a dengue apresentou maior prevalência, com 2 milhões e 800 mil casos. Em seguida a chikungunya com 292 mil casos e a zika com 204 mil casos. A febre amarela, que há havia sido considerada uma doença extinta, voltou a incidir, registrando 3.190 casos entre dezembro de 2016 e maio de 2017. No Brasil, a região Sudeste foi a mais atingida, com destaque para o estado de São Paulo.


Quem dorme menos de 6 horas tem mais chances de ter problemas de

Quem dorme menos de 6 horas por noite tem maior risco de aterosclerose - um acúmulo de placas nas artérias por todo o corpo, diz pesquisa Um

A ultrassom portátil que promete revolucionar medicina

Um ultrassom portátil de baixo custo e que pode ser conectado ao smartphone é uma das novas apostas tecnológicas para revolucionar a medicina

Estudo mostra que exposição a ar poluído gera maior risco de

Mulheres grávidas expostas a altos níveis de poluição do ar - mesmo que por um curto tempo - têm uma chance bem maior de sofrer aborto

Febre amarela: 2 pessoas morrem e 6 estão internadas com suspeita

Sorocaba - Dois homens morreram em pouco mais de uma semana com suspeita de febre amarela, em Eldorado, no Vale do Ribeira, região sul do Estado

Funcionária de hospital fica ferida após explosão de equipamento

Uma funcionária do Hospital São José, em Ilhéus, ficou ferida após um equipamento de esterilização de utensílios explodir dentro do centro

Secretaria de Teixeira intensifica ações de combate a dengue

Teixeira de Freitas: A reunião técnica de planejamento para o enfrentamentos da Dengue, Zika e Chikunugya neste verão, aconteceu na sede da

As 11 dicas de Harvard para melhorar sua vida sexual

A comunicação pode ser uma grande aliada na cama Fazer esportes, subir escadas, dormir e... fazer sexo: nenhuma dessas coisas é igual aos 20 e

Saiba como se prevenir do sol forte e evitar câncer de pele

O bronzeado forte é sinal de agressão à pele. Cuidado no verão! O câncer da pele é o mais comum entre os variados tipos dessa doença. E o

As vacinas do calendário de adultos estão abaixo da meta

Desde 2004, Ministério da Saúde estabeleceu calendário de vacinação de adultos. Falta de informação e taxa de abandono são principais

Mais Médicos: termina nesta quinta prazo para brasileiros se

1.707 profissionais que escolheram locais de atuação devem comparecer às prefeituras. Termina nesta quinta-feira (10) o prazo para médicos

UAI Brasil
O teixeirão 2018
Connect Informática
Nossos Apoiadores: