Estima-se que 5 milhões de mortes por ano em países de média e baixa renda sejam resultado de atendimento médico precário, de acordo com o primeiro estudo para quantificar o impacto de sistemas de saúde de má qualidade em todo o mundo. O número ultrapassa as mortes por falta de acesso aos sistemas de saúde (3,6 milhões).

Os resultados foram publicados pelo jornal científico "The Lancet". Ela foi conduzida pela Comissão de Saúde Global de Alta Qualidade, um projeto do próprio jornal científico que tem duração prevista de dois anos. Financiada pela Fundação Bill e Melina Gates, ela reúne 30 acadêmicos, formuladores de políticas e especialistas em sistemas de saúde de 18 países que estudaram como medir e melhorar a qualidade dos sistemas de saúde em todo o mundo.

Embora muitos dos países de baixa e média renda tenham feito progressos significativos na melhoria do acesso aos serviços de saúde, o estudo mostra que o atendimento precário no sistema de saúde é agora responsável por um número maior de mortes do que a falta de acesso. Falta de respeito, consultas rápidas e falhas, e preconceito estão entre principais problemas listados pelos pesquisadores.

Estima-se que o número total de mortes por cuidados de baixa qualidade por ano seja cinco vezes maior do que as mortes globais anuais por HIV/AIDS (cerca de um milhão) e mais de três vezes maior que as mortes por diabetes (1,4 milhão).

"O direito humano à saúde não tem sentido sem um atendimento de boa qualidade. Sistemas de saúde de alta qualidade colocam as pessoas em primeiro lugar. Elas geram saúde, conquistam a confiança do público e podem se adaptar quando as necessidades de saúde mudam. Os países saberão que estão a caminho de sistemas de saúde de alta qualidade ​​quando os profissionais de saúde e os formuladores de políticas escolhem receber cuidados de saúde em suas próprias instituições públicas."


Chega a 104 confirmações de Covid-19 em Itamaraju: 02 pessoas

Itamaraju: A Secretaria Municipal de Saúde de Itamaraju informou nesta segunda-feira, 25 de maio, a constatação de mais 16 resultados positivos

Brasil registra 23.743 mortes por coronavírus e atinge 374.898 casos

Os números reais de infectados no país podem, inclusive, ser maior do que o dos Estados Unidos, único país que supera o Brasil em total de

Ministério divulga diretrizes para construção de hospitais de

Governo vai priorizar contratação de leitos de UTI privados Em entrevista coletiva no Palácio do Planalto hoje (25), a equipe do Ministério da

Teixeira continua com 71 confirmações de Covid-19: 17 casos

Teixeira de Freitas: A Secretaria Municipal de Saúde informa que Teixeira de Freitas registra, em 25/05/2020, 71 casos positivos para COVID-19. Em

Teixeira registra mais uma confirmação de Covid-19: Já são 71

Teixeira de Freitas: A Secretaria Municipal de Saúde informa que Teixeira de Freitas registra, em 24/05/2020, 71 casos positivos para COVID-19. Em

Bahia alcança 13.899 casos de coronavírus e tem 460 óbitos

A Bahia registra 13.899 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 15,82% do total de casos notificados no estado e 460

Funcionário da Assembleia Legislativa morre de Covid-19; ALBA diz

Morreu por coronavírus, na noite do último sávado (23), Cícero Clemente de Souza, funcionário da Assemble Legislativa do Estado da Bahia

Bahia alcança 13 mil casos de Covid-19 e supera marca de 400 óbitos

A Bahia alcançou neste sábado, 13, a triste marca de 13 mil casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 15,50% do total das

Salta para 70 o número de confirmações de Covid-19 em Teixeira: 12

Teixeira de Freitas: A Secretaria Municipal de Saúde informa que Teixeira de Freitas registra, em 23/05/2020, 70 casos positivos para COVID-19. Em

Covid-19: Brasil tem mil novas mortes e total chega a 21.048

O Brasil registrou 1.001 novas mortes, chegando ao total de 21.048. O resultado representou um aumento de 4,9% em relação a esta quinta-feira,

Nossos Apoiadores: