Você consegue se imaginar não ouvindo vozes? Nenhuma voz...de homens?

Alguns podem até ver nisso uma vantagem ou um sonho realizado, mas a verdade é que se trata de uma doença rara chamada perda auditiva de inclinação invertida ou deficiência auditiva de baixa frequência.

As pessoas que sofrem com essa condição deixam de ouvir sons de baixa frequência, como vozes masculinas, zumbidos de geladeiras, micro-ondas ou até mesmo de trovões, por exemplo.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 466 milhões de pessoas no mundo (5% da população) apresentam problemas auditivos incapacitantes. Acredita-se que 3 mil tenham essa doença apenas nos Estados Unidos e no Canadá.

No Brasil, segundo divulgou o Ministério da Saúde no final de 2018, com base em dados do IBGE, mais de 9,7 milhões de pessoas - ou 4,63% da população - têm deficiências auditivas.

Ausência de vozes masculinas

A condição rara dessa deficiência virou notícia este mês devido a um caso registrado na China.

Uma mulher chinesa, identificada apelas pelo sobrenome Chen, procurou um hospital afirmando que não conseguia ouvir a voz do namorado, segundo informações da agência de notícias AFP e da mídia local chinesa.

A perda auditiva de inclinação invertida é geralmente é hereditária, embora também possa ocorrer durante períodos de estresse.

Na noite que antecedeu sua ida ao hospital, a otorrinolaringologista Lin Xiaoqinga, que a atendeu na unidade, disse à mídia local que ela estava vomitando e sentindo um zumbido nos ouvidos.

A médica a diagnosticou com perda auditiva de inclinação invertida ao comprovar que ela ouvia sua voz, mas não as de homens - pacientes ou funcionários do hospital.

O que provoca a doença?

No caso de Chen, a médica disse que a doença foi causada por um conjunto de fatores que ia desde estresse e longas horas de trabalho a poucas horas de sono.

Com um período de descanso, sua capacidade auditiva deveria melhorar, segundo Xiaoqinga.

A perda auditiva de inclinação invertida geralmente é hereditária e relacionada a condições como a síndrome de Wolfram, que afeta pacientes com diabetes, ou à displasia Mondini, que afeta a cóclea, uma parte interna do ouvido próxima ao nervo auditivo.

A perda da capacidade auditiva geralmente afeta primeiro os sons de alta frequência, que começam a ser percebidos de maneira mais suave ou deixam de ser ouvidos completamente.

Essa perda auditiva também pode ser causada, em alguns casos, por uma mudança de pressão no líquido interno do ouvido ou uma abertura anormal neste órgão - como efeito colateral de uma anestesia geral, por exemplo.

As pessoas com perda auditiva de inclinação invertida podem ter dificuldade para ouvir vozes por telefone ou o barulho do motor dos carros.

O diagnóstico é difícil porque, geralmente, salvo em períodos de estresse em que a perda auditiva piora, as pessoas que sofrem com ela não percebem que ouvem sons de baixa frequência de forma diferente das pessoas com audição normal.

Fonte: BBC News


Começa hoje vacinação preventiva contra o sarampo

A partir desta quinta-feira, 22, as crianças de seis meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas contra o sarampo em todo o país. Segundo o

Os chips que podem diminuir uso de animais de laboratório

Ken-Ichiro Kamei segura um dos seus 'corpos em um chip' Quando Ken-Ichiro Kamei, engenheiro da Universidade de Kyoto, sai para beber com seus

Prefeitura de Teixeira intensifica vacinação contra o sarampo

A Prefeitura de Teixeira de Freitas está intensificando a vacinação contra o sarampo. Todas as salas de vacina do município estão realizando a

Como melhorar a alimentação dos adolescentes

Sobrepeso e obesidade são fatores de risco para doenças crônicas. Hábitos alimentares e formação do paladar começam na infância. Com o

Vacina contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças;

Doença é altamente contagiosa e há surto no Norte do Brasil. Na rede pública, vacina administrada é a tríplice viral: protege contra caxumba,

Mulher dá à luz siamesas unidas pelo abdômen

Santo Antônio de Jesus: Uma mulher de 35 anos deu à luz gêmeas siamesas na manhã desta quinta-feira (15), na cidade de Santo Antônio de

Como a vida moderna aumentou o estresse e como evitar

Com a mudança do trabalho físico para atividades que dependem mais da mente, o estresse crônico tem se tornado cada vez mais problemático -

Saiba o que é Fascite Plantar: causas, sintomas e tratamento

A fascite plantar é um doloroso processo inflamatório da fáscia plantar, o tecido conjuntivo na sola do pé, que pode acontecer em pessoas que

Renovação Carismática Católica de Luto: Morre Cláudio Totta, um

Teixeira de Freitas: No início da noite desta segunda-feira, 12 de agosto, veio a óbito no Hospital Sobrasa em Teixeira de Freitas, Cláudio

Por que fumar cigarro é hábito mais comum entre os mais pobres

Em média, fumantes compõem cerca de 10% da população brasileira - entre aqueles com menos anos de estudo, o percentual é maior Na meta de

Policia
Nossos Apoiadores: