Suzano large

Porto Seguro: A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE/BA) conseguiu em Porto Seguro, por meio de habeas corpus preventivo, uma autorização judicial para que uma mulher possa cultivar, para fins terapêuticos, a planta Cannabis Sativa, também conhecida como maconha, destinada ao tratamento de seu filho diagnosticado com autismo severo.

A decisão judicial foi fundamental para garantir o tratamento de saúde da criança de cinco anos de idade, que faz o uso do óleo de cânhamo desde dezembro de 2016, em razão de Transtorno do Espectro Autista – TEA, e hiperatividade (autismo severo). O uso do óleo de cânhamo gerou melhora significativa nos sintomas apresentados.

De acordo com o defensor público Matheus Mazzilli Fassy, autor do habeas corpus, o Estado não fornece o medicamento à base do Canabidiol, nunca regulamentou o seu fornecimento, mas, por outro lado, criminaliza a conduta de quem cultiva a planta Cannabis Sativa para fins medicinais. “Desta forma, a impetração do habeas corpus é medida paliativa apta a assegurar o direito à saúde e à vida digna da criança, pois a decisão judicial permitiu o cultivo de plantas suficientes para produção artesanal do óleo de cânhamo”, ressaltou.

Matheus Fassy explicou também que a concessão da ordem de habeas corpus é uma conquista para garantir o direito social à saúde. Serve também como divulgação para outras pessoas em situação semelhante, da possibilidade de atuação da Defensoria Pública na tutela dos direitos fundamentais. “A implementação da pesquisa, produção e fornecimento dos medicamentos à base dos fármacos da Cannabis Sativa é uma forma de ampliar a discussão com a superação de preconceitos”, avalia.

Atualmente, é notório que o vegetal possui componentes farmacológicos que são usados em diversos países do mundo para fins medicinais, como, por exemplo, nos EUA, Canadá, Israel, Portugal, Chile e Uruguai. Todavia, no Brasil, em que pese a ANVISA, desde 2016, autorizar a prescrição e a manipulação de medicamentos à base de cannabis, não há norma regulamentando o medicamento prescrito à criança e não há disponibilidade do medicamento no Sistema Único de Saúde.

Entenda o caso

O caso corre sob segredo de justiça e chegou ao conhecimento da instituição primeiramente, como demanda de saúde, através do defensor público José Renato Bernardes da Costa.

Apesar de a mãe da criança possuir autorização da Anvisa para importar o medicamento CIBDEX HEMP CBD, ela não possuía condições financeiras para arcar com a importação. Assim, a Defensoria Pública verificou que o medicamento não era fornecido pelo SUS e que havia precedentes judiciais no país para permitir o plantio. Após o relatório do assistente social da DPE/BA, Júlio Felipe S. Pinheiro, o caso foi encaminhado para a área criminal.

Fonte: Radar64


Número de casos de sarampo sobe para 20 na Bahia

Foram confirmados, nesta quinta-feira, 10, 11 novos casos de sarampo na Bahia. De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), cinco foram

Fechamento de maternidade leva à morte de bebês e caso para na

O fechamento da Maternidade Ester Gomes tem causado conflitos em Itabuna, a 317 quilômetros de Salvador. Na manhã desta quarta-feira, 9,

Começou nesta segunda a Campanha de Vacinação contra o sarampo.

Teixeira de Freitas: Começou nesta segunda-feira (7), a campanha nacional de vacinação contra o sarampo de 2019. A vacina tríplice viral, que

800 pessoas atendidas no mutirão de oftalmologia em Caravelas

Caravelas: A ação é uma parceria entre o município de Caravelas e o Governo do Estado da Bahia, por meio do Projeto Visão Sem Fronteiras.

Começa na segunda-feira (7) a campanha de vacinação contra o

Teixeira de Freitas: Começa na próxima segunda-feira (7), a campanha nacional de vacinação contra o sarampo de 2019. A vacina tríplice viral,

Policlínica anuncia suspensão de atendimentos para Conquista e

Atendimentos para moradores de Vitória da Conquista e Itapetinga, no sudoeste, devem ficar suspensos na Policlínica Regional de Saúde a partir

Especialista dá dicas sobre como cuidar da saúde cardiovascular

Neste domingo, 29, é lembrado o Dia Mundial do Coração. A data tem o objetivo de alertar e conscientizar a população sobre a importância de

Bahia é 8º no ranking de doação de órgãos

Com redução de 75% para 55% em negativa familiar para doações, nos últimos dois anos, e aumento de 13,39% no número de transplantes

ONU diz que cerca de 7 mil recém-nascidos morrem diariamente

Relatório divulgado por agências das Nações Unidas estima que quase 7 mil bebês morrem todos os dias antes de completar um mês de vida, e

A importância das proteínas para a saúde dos músculos

Quem acompanha personal trainers e influenciadores fitness nas redes sociais já deve ter reparado que, além de muitos exercícios físicos, a

Nossos Apoiadores: