Porto Seguro: A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE/BA) conseguiu em Porto Seguro, por meio de habeas corpus preventivo, uma autorização judicial para que uma mulher possa cultivar, para fins terapêuticos, a planta Cannabis Sativa, também conhecida como maconha, destinada ao tratamento de seu filho diagnosticado com autismo severo.

A decisão judicial foi fundamental para garantir o tratamento de saúde da criança de cinco anos de idade, que faz o uso do óleo de cânhamo desde dezembro de 2016, em razão de Transtorno do Espectro Autista – TEA, e hiperatividade (autismo severo). O uso do óleo de cânhamo gerou melhora significativa nos sintomas apresentados.

De acordo com o defensor público Matheus Mazzilli Fassy, autor do habeas corpus, o Estado não fornece o medicamento à base do Canabidiol, nunca regulamentou o seu fornecimento, mas, por outro lado, criminaliza a conduta de quem cultiva a planta Cannabis Sativa para fins medicinais. “Desta forma, a impetração do habeas corpus é medida paliativa apta a assegurar o direito à saúde e à vida digna da criança, pois a decisão judicial permitiu o cultivo de plantas suficientes para produção artesanal do óleo de cânhamo”, ressaltou.

Matheus Fassy explicou também que a concessão da ordem de habeas corpus é uma conquista para garantir o direito social à saúde. Serve também como divulgação para outras pessoas em situação semelhante, da possibilidade de atuação da Defensoria Pública na tutela dos direitos fundamentais. “A implementação da pesquisa, produção e fornecimento dos medicamentos à base dos fármacos da Cannabis Sativa é uma forma de ampliar a discussão com a superação de preconceitos”, avalia.

Atualmente, é notório que o vegetal possui componentes farmacológicos que são usados em diversos países do mundo para fins medicinais, como, por exemplo, nos EUA, Canadá, Israel, Portugal, Chile e Uruguai. Todavia, no Brasil, em que pese a ANVISA, desde 2016, autorizar a prescrição e a manipulação de medicamentos à base de cannabis, não há norma regulamentando o medicamento prescrito à criança e não há disponibilidade do medicamento no Sistema Único de Saúde.

Entenda o caso

O caso corre sob segredo de justiça e chegou ao conhecimento da instituição primeiramente, como demanda de saúde, através do defensor público José Renato Bernardes da Costa.

Apesar de a mãe da criança possuir autorização da Anvisa para importar o medicamento CIBDEX HEMP CBD, ela não possuía condições financeiras para arcar com a importação. Assim, a Defensoria Pública verificou que o medicamento não era fornecido pelo SUS e que havia precedentes judiciais no país para permitir o plantio. Após o relatório do assistente social da DPE/BA, Júlio Felipe S. Pinheiro, o caso foi encaminhado para a área criminal.

Fonte: Radar64


Como melhorar a alimentação dos adolescentes

Sobrepeso e obesidade são fatores de risco para doenças crônicas. Hábitos alimentares e formação do paladar começam na infância. Com o

Vacina contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças;

Doença é altamente contagiosa e há surto no Norte do Brasil. Na rede pública, vacina administrada é a tríplice viral: protege contra caxumba,

Mulher dá à luz siamesas unidas pelo abdômen

Santo Antônio de Jesus: Uma mulher de 35 anos deu à luz gêmeas siamesas na manhã desta quinta-feira (15), na cidade de Santo Antônio de

Como a vida moderna aumentou o estresse e como evitar

Com a mudança do trabalho físico para atividades que dependem mais da mente, o estresse crônico tem se tornado cada vez mais problemático -

Saiba o que é Fascite Plantar: causas, sintomas e tratamento

A fascite plantar é um doloroso processo inflamatório da fáscia plantar, o tecido conjuntivo na sola do pé, que pode acontecer em pessoas que

Renovação Carismática Católica de Luto: Morre Cláudio Totta, um

Teixeira de Freitas: No início da noite desta segunda-feira, 12 de agosto, veio a óbito no Hospital Sobrasa em Teixeira de Freitas, Cláudio

Por que fumar cigarro é hábito mais comum entre os mais pobres

Em média, fumantes compõem cerca de 10% da população brasileira - entre aqueles com menos anos de estudo, o percentual é maior Na meta de

Como a Lua afeta o seu humor?

Desde a antiguidade, diversas sociedades acreditaram na influência da Lua no humor; mas o que diz a ciência moderna? Aficcionado por resolver

Conheça as dez  dicas para o início do desfralde das crianças

O início do desfralde sempre gera grandes dúvidas nos pais. Esse deve ser um momento tranquilo que exige muita paciência e dedicação. Retirar

Prefeitura inicia reforma da UTI do HMTF

A Prefeitura de Teixeira de Freitas iniciou esta semana a reforma da UTI do Hospital Municipal de Teixeira de Freitas. Uma equipe de profissionais

Policia
Nossos Apoiadores: